sexta-feira, 14 de setembro de 2012

Político ou politiqueiro?

É revoltante a politicagem que se faz nesse país. Na maioria das vezes ou quase sempre, infelizmente, o mandato tem sido usado como simples projeto de interesse particular de um político ou de seu partido. Numa eleição municipal por exemplo: o cidadão que se elege prefeito, graças aos que acreditaram nas suas promessas, resolve depois de algum tempo abdicar do mandato, pois o que passa a lhe interessar é o governo do estado. Esquece assim dos votos que o elegeram prefeito, cometendo com isso uma verdadeira traição ao seu eleitor. Quando se elege governador, repete o mesmo ato de desrespeito e traição contra a população. Novamente deixa um cargo sem concluir todo o mandato. Agora quer ser presidente. Esse é o retrato fiel da imagem e da conduta de muitos políticos desse país; politiqueiros na verdade. Não consigo enxergar esse tipo de gente como políticos. Fazer uma carreira política é importante, não há dúvida quanto a isso. Porém, há de se ter o mínimo de discernimento ético e moral com um mandato. Ao deixar o cargo sem concluí-lo, o político traí seu eleitor. Nesse caso, o que passa a valer mais é o interesse pessoal ou de seu partido. Essa é mais uma questão que deveria ser tratada com uma profunda e total reforma nesse sistema político e eleitoral brasileiro. Essa é a minha opinião.
Comentário(s)
2 Comentário(s)

2 comentários :

  1. Além de todo o assunto exposto muito bem por você, há ainda aqueles que ao se elegerem levam a família toda a tirar proveito da situação,o famoso nepotismo, popular cabide de empregos. Realmente, é decepcionante nossa participação enquanto "cidadãos éticos"!
    [ ] Célia.

    ResponderExcluir
  2. Oi Paulo,

    Gostei do texto! Ontem cometei sobre isso com um amigo. Aqui temos o Fernando Collor que não é candidato, é senador, mas está ameaçando a se lançar como prefeito. Não há lições de aprendizagem na história e, mais uma vez, prevalece-se a imposição, tão natural na terra de caetés.

    Bom final de semana!

    ResponderExcluir

Gostou do blog? Volte sempre que desejar. Dúvidas, sugestões, críticas ou qualquer outro assunto, entre em contato: detudoumpoucominhaopinião@yahoo.com.br

Números telefônicos de utilidade pública no Brasil

  • Delegacias Regionais do Trabalho - 158
  • Informações sobre oferta de emprego (Sine) – 157
  • Serviço Municipal – 156
  • Serviço Estadual – 155
  • Detran – 154
  • Guarda Municipal – 153
  • Ibama – 152
  • Procon – 151
  • Vigilância Sanitária – 150
  • Justiça Eleitoral – 148
  • Governo Federal – 138
  • Transporte Público – 118
  • Energia Elétrica – 116
  • Água e Esgoto – 115
  • Serviços ofertados pelas prestadoras dos Serviços de Comunicação Eletrônica de Massa – 106
  • Serviços oferecidos por prestadoras de serviços móveis de interesse coletivo – 105
  • Serviços ofertados por prestadoras de serviço telefônico fixo – 103
  • Defesa Civil – 199
  • Polícia Rodoviária Estadual – 198
  • Polícia Civil – 197
  • Polícia Federal – 194
  • Corpo de Bombeiros – 193
  • Ambulância – 192
  • Polícia Rodoviária Federal – 191
  • Polícia Militar – 190
  • Disque- Denúncia – 181
  • Delegacias especializadas no atendimento à Mulher – 180
  • Serviços de Emergência no âmbito do Mercosul – 128
  • Secretaria dos Direitos Humanos - 100