segunda-feira, 26 de novembro de 2012

Quanta falta de criatividade!

Fuleco; é esse o nome escolhido para o mascote da Copa do Mundo de 2014 no Brasil. Foram colocados em votação os seguintes nomes: Zuzeco, Amijubi e Fuleco, o vencedor, com 48% dos votos. Desses nomes, não sei dizer qual é o mais terrível. Pior que isso, como se fosse possível, foi a desculpa que a FIFA deu para o nome. De acordo com a entidade máxima do futebol, Fuleco é a união de futebol e ecologia. Pensando bem, a escolha não poderia ter sido mais feliz. É bem apropriado para o momento. Afinal de contas, Fuleco é um nome que soa muito bem como expressão para classificar o que não é do nosso agrado. Alguns exemplos: o futebol da nossa seleção é fuleco demais. Os homens que administram o nosso futebol, com raríssimas exceções, são dirigentes fulecos, e os campeonatos regionais são o que sabemos, fulecos também. Eu já posso Imaginar alguém dizendo, daqui há 10 ou 20 anos; lembram, daquela Copa do Mundo fuleca no Brasil? Como podem perceber, o meu texto está carregado de uma boa dose de ironia. Me desculpem; mas é a forma que encontrei para protestar contra a tamanha falta de atributo criativo de quem elaborou as opções de nomes, acima citados, para o público votar. Fuleco, me perdoem, é forte demais. Quanta falta de criatividade!
Comentário(s)
6 Comentário(s)

6 comentários :

  1. Simplesmente AFFFFFFFFFFFFFFFFFFFF



    rs
    bjsMeus
    Catita

    ResponderExcluir
  2. Sinceramente...Nossas crianças dariam nomes bem mais sugestivos que esse! É tamanho o descaso que se percebe claramente outros interesses, menos o de projetar um país sério e que valoriza o que sabe fazer... bem pelo menos sabia, não é mesmo?
    Abraço, Célia.

    ResponderExcluir
  3. Paulo,

    Tudo bem? Penso que o nome escolhido não alcançará posicionamento mercadológico, mas espero que esteja errada.

    Beijos.

    ResponderExcluir
  4. PC, esse nosso Brasil é um blefe mesmo, além de atrasar e superfaturar os investimentos para a Copa, ainda escolhem um nome estúpido e sem criatividade como esses.

    Abração pra ti.

    ResponderExcluir
  5. Olá, amigo Paulo César!
    Rapaz, também achei estranho esse nome porque é parônimo de "furreco", que significa algo de pequeno ou nenhum valor; insignificante, reles. Ironicamente, realmente, como bem citou, descreve a administração e organização futebolística brasileira.
    Nossa sorte é que os estrangeiros não conhecem esse verbete.
    A intenção foi boa, mas o corolário não correspondeu a ela.

    Abraços.

    ResponderExcluir
  6. Queria saber quem foi a mente "brilhante" que sugeriu esse nome,e a mente MAIS "brilhante" que aceitou.Tá tudo fuleco mesmo nesse país,sabe.Eu me sinto constrangida de falar essa palavra,aff!!Espero que a participação do Brasil na copa não seja fuleca.

    Beijão,PC!Dani.

    ResponderExcluir

Gostou do blog? Volte sempre que desejar. Dúvidas, sugestões, críticas ou qualquer outro assunto, entre em contato: detudoumpoucominhaopinião@yahoo.com.br

Números telefônicos de utilidade pública no Brasil

  • Delegacias Regionais do Trabalho - 158
  • Informações sobre oferta de emprego (Sine) – 157
  • Serviço Municipal – 156
  • Serviço Estadual – 155
  • Detran – 154
  • Guarda Municipal – 153
  • Ibama – 152
  • Procon – 151
  • Vigilância Sanitária – 150
  • Justiça Eleitoral – 148
  • Governo Federal – 138
  • Transporte Público – 118
  • Energia Elétrica – 116
  • Água e Esgoto – 115
  • Serviços ofertados pelas prestadoras dos Serviços de Comunicação Eletrônica de Massa – 106
  • Serviços oferecidos por prestadoras de serviços móveis de interesse coletivo – 105
  • Serviços ofertados por prestadoras de serviço telefônico fixo – 103
  • Defesa Civil – 199
  • Polícia Rodoviária Estadual – 198
  • Polícia Civil – 197
  • Polícia Federal – 194
  • Corpo de Bombeiros – 193
  • Ambulância – 192
  • Polícia Rodoviária Federal – 191
  • Polícia Militar – 190
  • Disque- Denúncia – 181
  • Delegacias especializadas no atendimento à Mulher – 180
  • Serviços de Emergência no âmbito do Mercosul – 128
  • Secretaria dos Direitos Humanos - 100