quarta-feira, 21 de novembro de 2012

Sob controle de quem governador?

Reprodução/ Rede Globo
A onda de violência em São Paulo não acabou e, infelizmente, nem sequer diminuiu. O governador Geraldo Alckmin até tem tentado com suas declarações sem sentido, amenizar o fato. Primeiro; repetia sempre que a situação estava sob controle. De quem governador? A realidade, ao contrário do que afirmara, tem desmentido isso. Também tentou justificar essa onda de violência dizendo que os casos registrados são compatíveis com o tamanho da população de São Paulo. Honestamente; teria sido melhor o governador ter ficado quieto, a falar tamanha bobagem. E por fim; Alckmin culpou a mídia noticiosa, quando disse que a imprensa estava fazendo muito alarde sobre o assunto, criando pânico nas pessoas. Entretanto, mesmo depois de ter dito que tudo estava sob controle, o governador demitiu o secretário de segurança Antônio Ferreira Pinto. Fato é que, até aqui, o governo paulista ainda não logrou êxito nessa batalha contra o crime. Eu lamento muito pelos policiais que tem morrido nessa violência sangrenta, como lamentei também nas outras publicações que fiz a esse respeito pelas muitas pessoas que já morreram até aqui. Espero que o estado apoie e ampare as famílias desses briosos homens da polícia de São Paulo; eles que morreram por serem representantes desse mesmo estado, na segurança e na defesa do cidadão. E por favor, não se prendam ao argumento da conduta dos maus policiais para analisar uma classe inteira. Os maus policiais existem sim; é fato, mas não representam, ainda bem, a maioria dos homens de bem que usam os distintivos das polícias civil e militar. Na minha opinião, todos se tornaram vítimas dessa absurda e cruel realidade que São Paulo vive no momento, incluindo a própria polícia.
Comentário(s)
5 Comentário(s)

5 comentários :

  1. Nossa, Paulo César, não sei o por quê (?) mas cada vez que assisto ao governador acima citado me vem na mente o "Gepeto e seu Pinóquio"... Pelo jeito ele ainda acredita em papai-noel, duendes, coelhinho da páscoa...
    Para ele e demais autoridades que andam de jatinho particular e seus helicópteros, escoltados, está tudo sob controle mesmo!
    [ ] Célia.

    ResponderExcluir
  2. Oi Paulo,

    Tudo bem? A frase que é normal para o tamanho da população é nazista e digna de um ditador. Tudo que vi até agora é achismo, pouca ação e transferência de responsabilidade.

    beijos.

    ResponderExcluir
  3. Oi PC
    Mais um belo post, daqueles que me encantou desde os primeiros que eu vi na blogosfera. Só tenho uma palavra para o Sr. Governador que não foi eleito por mim,ainda bem, como diria Boris Casoy: Isso é uma vergonha!
    Bjão. Fique com Deus!

    ResponderExcluir
  4. Essa onda de matança por parte do crime organizado a policiais e civis mostra que a bandidagem está afrontando esse sistema falho, corrupto num todo, onde mostra a fragilidade dos governantes, o lado podre de uma polícia que há tempos andou lado a lado com os bandidos, e hoje estão pagando o preço por essa conivência. Infelizmente os policiais que estão morrendo são soldados rasos, e caso fossem assassinados sargentos, tenentes, coronéis e oficiais de alta patente, garanto que providências mais enérgicas teriam sido tomadas.

    Abração pra ti PC.

    ResponderExcluir
  5. O pior é que se o governador não segurar as rédeas URGENTEMENTE o crime organizado vai abraçar e dai não será uma pacificação que vai dar jeito. Não sei o que pensar... ta difícil... bora encomendar uns coletes a prova de bala... sei la, pode ajudar né... af!

    bjsMeus
    Catita

    ResponderExcluir

Gostou do blog? Volte sempre que desejar. Dúvidas, sugestões, críticas ou qualquer outro assunto, entre em contato: detudoumpoucominhaopinião@yahoo.com.br

Números telefônicos de utilidade pública no Brasil

  • Delegacias Regionais do Trabalho - 158
  • Informações sobre oferta de emprego (Sine) – 157
  • Serviço Municipal – 156
  • Serviço Estadual – 155
  • Detran – 154
  • Guarda Municipal – 153
  • Ibama – 152
  • Procon – 151
  • Vigilância Sanitária – 150
  • Justiça Eleitoral – 148
  • Governo Federal – 138
  • Transporte Público – 118
  • Energia Elétrica – 116
  • Água e Esgoto – 115
  • Serviços ofertados pelas prestadoras dos Serviços de Comunicação Eletrônica de Massa – 106
  • Serviços oferecidos por prestadoras de serviços móveis de interesse coletivo – 105
  • Serviços ofertados por prestadoras de serviço telefônico fixo – 103
  • Defesa Civil – 199
  • Polícia Rodoviária Estadual – 198
  • Polícia Civil – 197
  • Polícia Federal – 194
  • Corpo de Bombeiros – 193
  • Ambulância – 192
  • Polícia Rodoviária Federal – 191
  • Polícia Militar – 190
  • Disque- Denúncia – 181
  • Delegacias especializadas no atendimento à Mulher – 180
  • Serviços de Emergência no âmbito do Mercosul – 128
  • Secretaria dos Direitos Humanos - 100