segunda-feira, 11 de novembro de 2013

É certo ou errado?

Lendo um determinado site esportivo, um leitor me chamou a atenção pelo modo errôneo que escrevia o seu comentário a respeito do fato que estava sendo abordado ali. O assunto em questão era a demissão do técnico Vanderlei Luxemburgo do Fluminense. Concluindo o seu pensamento a respeito do que estava lendo, esse leitor finalizou assim: "nao devia nem ter vindo o (serto) seria ney franco". Observem que o nome de Ney Franco aparece escrito em letras minúsculas somente. Notem também que, (não), aparece escrito assim; (nao). Alguém mais atento ao erro de escrita tentou corrigir o desatento leitor, autor do erro: "SERTO está errado, CERTO?". Aí, logo em seguida, o cidadão saiu com essa para retrucar quem havia corrigido o seu erro: "(SERTO) mesmo, coisas de escrita gamer tu está por fora mesmo". Reconheço que constantemente cometemos erros de português, principalmente na escrita. A língua portuguesa, falada ou escrita, é realmente muito difícil. Não há como cobrar perfeição de ninguém em relação a isso. É o que penso. Só os experts são capazes. Porém, os chamados erros grotescos são imperdoáveis. Esse que acabei de citar se encaixa perfeitamente nesse sentido. Depois dessa, desisti de continuar lendo o que os internautas comentavam ali a respeito do assunto e me desconectei. 

Comentário(s)
4 Comentário(s)

4 comentários :

  1. Tudo muito lamentável realmente, meu caro Paulo César! Há muito já pensei em "rasgar" meus diplomas! Triste fim da nossa língua portuguesa!
    Abraço.

    ResponderExcluir
  2. Alguns erros são de nos deixar de cabelo em pé! Vejo a internet como uma super aliada para muitas coisas(não vivo sem!), mas para certas pessoas ela se tornou uma forma de "emburrecimento"! O pessoal usa o "internetês" como desculpa pra justificar erros que são medonhos(e inaceitáveis)! Tentam mostrar que isso é normal! Enfim... muito complicado!

    JoicySorciere => CLIQUE => Blog Umas e outras...

    JoicySorciere => CLIQUE => Blog Umas e outras...

    ResponderExcluir
  3. São tantas coisas bizarras em relação com nossa famigerada Língua Portuguesa,que se forem citadas aqui,o mundo acaba e não termino.Pessoas que escrevem assim,nem sabem o que estão escrevendo ou pensando;são analfabetos funcionais.E pensar que toda essa promiscuidade linguística se inicia na Escola,o que é o mais triste.

    Beijão,PC!Dani.

    ResponderExcluir
  4. Essa questão é mesmo complicada... a escrita exige um mínimo de bom senso. Um abraço!

    ResponderExcluir

Gostou do blog? Volte sempre que desejar. Dúvidas, sugestões, críticas ou qualquer outro assunto, entre em contato: detudoumpoucominhaopinião@yahoo.com.br

Números telefônicos de utilidade pública no Brasil

  • Delegacias Regionais do Trabalho - 158
  • Informações sobre oferta de emprego (Sine) – 157
  • Serviço Municipal – 156
  • Serviço Estadual – 155
  • Detran – 154
  • Guarda Municipal – 153
  • Ibama – 152
  • Procon – 151
  • Vigilância Sanitária – 150
  • Justiça Eleitoral – 148
  • Governo Federal – 138
  • Transporte Público – 118
  • Energia Elétrica – 116
  • Água e Esgoto – 115
  • Serviços ofertados pelas prestadoras dos Serviços de Comunicação Eletrônica de Massa – 106
  • Serviços oferecidos por prestadoras de serviços móveis de interesse coletivo – 105
  • Serviços ofertados por prestadoras de serviço telefônico fixo – 103
  • Defesa Civil – 199
  • Polícia Rodoviária Estadual – 198
  • Polícia Civil – 197
  • Polícia Federal – 194
  • Corpo de Bombeiros – 193
  • Ambulância – 192
  • Polícia Rodoviária Federal – 191
  • Polícia Militar – 190
  • Disque- Denúncia – 181
  • Delegacias especializadas no atendimento à Mulher – 180
  • Serviços de Emergência no âmbito do Mercosul – 128
  • Secretaria dos Direitos Humanos - 100