quarta-feira, 23 de maio de 2012

Xuxa

Foto/reprodução UOL
Maria da Graça Meneghel, a Xuxa, depois do emocionante relato pessoal de sua vida, dado ao programa Fantástico da Rede Globo de televisão no domingo passado (20/05), se tornou assunto principal dos noticiários, aqui no Brasil e fora também. Respeito toda e qualquer opinião que possa não coincidir com a minha em relação a esse assunto. Que bom que assim seja, afinal, uma sociedade madura e inteligente é aquela que sabe debater ideias, ao contrário de cada um querer incutir as suas como verdades absolutas, desprezando todas as manifestações contrárias a um único ponto de vista. Dito isto e, feito esse exórdio, rendo com louvor o posicionamento da mulher Maria da Graça Meneghel, que usando de sua fama, respaldada num exemplar trabalho que exerce há bastante tempo à frente de sua fundação, voltada para a criança, fez um desabafo corajoso e, ao mesmo tempo, comovente, quando tocando na sua ferida, cicatrizada pelo tempo, mas sem jamais ter apagado suas marcas, contribuiu sobremodo para o alerta de uma realidade tão dolorosa, perversa, nojenta e covarde, o abuso sexual que muitos menores ainda sofrem, infelizmente. Xuxa, se até aqui, nada do que apresentaste ao longo de sua carreira tivesse sido levado em consideração, esse fato somente já teria validado o seu trabalho num todo. Os que pensam diferente, por favor, sintam-se à vontade para nessa tribuna discordarem de mim quantas vezes julgarem necessário; essa é só a minha opinião, nada mais. A verdade não pertence a mim, somente a razão é sua dona. Com quem está a razão é um julgamento que não pertence unicamente a esse que escreve e, sim, a todos que, como eu, também tem opinião. 
Contato: detudoumpoucominhaopiniao@yahoo.com.br
Comentário(s)
8 Comentário(s)

8 comentários :

  1. Olá estimado Paulo César,

    Xuxa continua uma mulher muito bonita.
    Em Portugal, ela é bem conhecida, e eu já sabia que se estava dedicando às crianças.
    Abuso sexual de criança, aí ou em outro lugar é um crime hediondo.

    Resto de boa semana.
    Beijos da Luz.

    ResponderExcluir
  2. Se ela foi realmente abusada sexualmente quando criança a gente não sabe. Isso só cabe a ela saber se é verdade ou não. Mas realmente ela sempre fez um bom ttrabalho com as crianças e isso é inegável. Se bem que algumas expressões que ela sempre usou com os "baixinhos", são de muito mal gosto, mas aí é uma outra história!

    ResponderExcluir
  3. Ainda com reservas, concordo em parte, com o posicionamento da Xuxa. Ela tem toda uma escolta enquanto profissional com os meios televisivos abertos em sua imagem. Mulher bonita. Bem sucedida. Soube aplicar em investimentos próprios e de solidariedade que lhe abriram uma tranquilidade social e financeira dando-lhe condições de se expor com "méritos". Apenas, penso nas crianças, mulheres e homens sem tais condições, e que agora passam pelo mesmo problema, teriam eles as mesmas oportunidades? A lei os favorecem? Seriam protegidos? Teriam acesso a eficientes advogados? A mídia lhes dariam o suporte necessário? Ela, é uma pessoa pública, bem orientada e situada socialmente. Apenas, espero que use disso para desfraldar a bandeira na luta contra pedófilos e outros imorais que deturpam nossa civilização futura. Sem dúvida alguma, uma ação corajosa relatar sua intimidade.
    Abraço, Célia.

    ResponderExcluir
  4. Olá, amigo Paulo César!
    Que bom que está de volta.
    As revelações da Xuxa foram deveras chocantes.
    Creio que não tem razão para forjar essa história, pois não precisa recorrer a tal baixeza. Vi a verdade em seus olhos. Minha percepção foi racional e não timocêntrica.
    Precisa mesmo de muita coragem para tal ato, uma vez que poderia comprometer sua imagem.
    Nunca é tarde para denunciar esses crimes horrendos.
    Já vimos o caso da nadadora Fernanda Maranhão, que também sofreu abuso na infância e somente agora teve coragem de revelar, temendo incompreensão.

    É por essas e outros que admiro seu trabalho.

    Abraços!

    ResponderExcluir
  5. Gosto da Xuxa, já a vi pessoalmente, "sei um pouco do que ela faz pelas crianças carentes, sei do carinho dela pelos baixinhos; acho que o seu depoimento em Rede Nacional, pelo menos serviu como "alerta" . Ela não precisa "aparecer dessa maneira, se expor tanto, se fez "foi por uma boa causa...
    Concordo com você, sobre esse caso já li e vi "muita gente ironizando e blá blá blá
    Também a admiro.
    Beijo
    Mery

    ResponderExcluir
  6. Oi Paulo,

    Tudo bem? Não achei sensata a reportagem em sua totalidade, mesmo tendo a questão do abuso que é um tema complexo e importante. Penso que o interesse comercial foi o mais relevante e por isso a entrevista foi tão questionada. No entanto, não faço juízo de valor, pois não entendo que cabe a qualquer um de nós realizar tal feito.

    Beijos.
    Lu

    ResponderExcluir
  7. Paulo, meu amigo, tudo bem?
    Não assisti a tal entrevista, acredita? Pois é, desta forma não tenho como julgar, no entanto, apenas pensei porque ela não disse tudo que disse antes...
    Grande beijo!

    ResponderExcluir
  8. Ainda que não fosse uma mulher de talento é concerteza uma mulher de coragem.
    Um abraço

    ResponderExcluir

Gostou do blog? Volte sempre que desejar. Dúvidas, sugestões, críticas ou qualquer outro assunto, entre em contato: detudoumpoucominhaopinião@yahoo.com.br

Números telefônicos de utilidade pública no Brasil

  • Delegacias Regionais do Trabalho - 158
  • Informações sobre oferta de emprego (Sine) – 157
  • Serviço Municipal – 156
  • Serviço Estadual – 155
  • Detran – 154
  • Guarda Municipal – 153
  • Ibama – 152
  • Procon – 151
  • Vigilância Sanitária – 150
  • Justiça Eleitoral – 148
  • Governo Federal – 138
  • Transporte Público – 118
  • Energia Elétrica – 116
  • Água e Esgoto – 115
  • Serviços ofertados pelas prestadoras dos Serviços de Comunicação Eletrônica de Massa – 106
  • Serviços oferecidos por prestadoras de serviços móveis de interesse coletivo – 105
  • Serviços ofertados por prestadoras de serviço telefônico fixo – 103
  • Defesa Civil – 199
  • Polícia Rodoviária Estadual – 198
  • Polícia Civil – 197
  • Polícia Federal – 194
  • Corpo de Bombeiros – 193
  • Ambulância – 192
  • Polícia Rodoviária Federal – 191
  • Polícia Militar – 190
  • Disque- Denúncia – 181
  • Delegacias especializadas no atendimento à Mulher – 180
  • Serviços de Emergência no âmbito do Mercosul – 128
  • Secretaria dos Direitos Humanos - 100