sexta-feira, 28 de janeiro de 2011

OS CARPENTERS NA SAUDADE QUE FICOU

Os Carpenters estouraram nas paradas de sucessos no ano de 1970, com a música, They long to be Close to you. Vários foram os sucessos que mantiveram a dupla nas paradas do no início dessa década. "For All We Know", "Rainy Days and Mondays", Superstar", "Hurting Each Other", "It's Going to take some time", "Goodbye to Love", "Sing" Yesterday Once More", entre outras tantas. A popularidade dos Carpenters frequentemente confundia os críticos. Com suas baladas doces e suaves, muitos diziam que o som do duo era meigo, piegas e meloso, enquanto a indústria fonográfica os premiava com Grammys (foram três). No meio da década de 70, o excesso de turnês e as longas sessões de gravação começaram a cobrar caro da dupla o esforço e contribuíram para as dificuldades profissionais enfrentadas no final dessa década. Karen fazia dietas obsessivamente e desenvolveu anorexia nervosa, a qual se manifestou pela primeira vez em 1975, quando uma exausta e enfraquecida Karen foi forçada a cancelar apresentações no Reino Unido e no Japão. Richard, enquanto isso, desenvolveu dependência de soníferos, que começaram a afetar seu desempenho no final dos anos 70 e levaram ao fim das apresentações ao vivo da dupla em 1978 e à sua internação em uma clínica. Em 4 de fevereiro de 1983, Karen sofreu uma parada cardíaca na casa de seus pais em Downey e teve sua morte declarada no Hospital Memorial de Downey aos 32 anos. Entre os que foram ao seu funeral estavam suas melhores amigas, Olivia Newton John e Dionne Warwick. Na minha opinião, Karen Carpenter era uma das mais belas vozes da música internacional de todos os tempos. Eu vim a descobrir os Carpenters muito tempo depois de seu fim, infelizmente. Mesmo assim me tornei um fã dessa saudosa e talentosa dupla.
Comentário(s)
3 Comentário(s)

3 comentários :

  1. The Carpenters é uma das minhas bandas preferidas, tenho a discografia completa deles.

    Abraços e bom final de semana!

    ResponderExcluir
  2. Uma dupla que realmente fez um enorme sucesso, principalmente nos anos 70. Várias músicas de caíram no gosto popular. Me lembro bem, a Karen foi um dos primeiros casos "grandes" de anorexia divulgados intensamente na imprensa.
    Ficou a obra da dupla registrada para a eternidade.
    Abraço

    ResponderExcluir
  3. Amo essa dupla,aprendi a gostar deles com meu irmão,nas aulas que ele me dava de inglês.Sempre que posso assisto um dvd deles com coletâneas das melhores músicas,lindíssimo.Começa com a canção:ticket to ride,amo.Também gosto muito da letra de this masquerade,e tantas outras.São canções que ultrapassam gerações,deve ter sido uma época realmente muito boa,visto pelas músicas.
    Agradecendo aqui PC,o selo que tu me ofereceu,sempre me incentivando.Muito feliz.Sempre bom ter um ânimo a mais para continuar.Obrigada!
    Uma ótima semana pra ti.Fique com Deus.Bjs!Dani.

    ResponderExcluir

Gostou do blog? Volte sempre que desejar. Dúvidas, sugestões, críticas ou qualquer outro assunto, entre em contato: detudoumpoucominhaopinião@yahoo.com.br

Números telefônicos de utilidade pública no Brasil

  • Delegacias Regionais do Trabalho - 158
  • Informações sobre oferta de emprego (Sine) – 157
  • Serviço Municipal – 156
  • Serviço Estadual – 155
  • Detran – 154
  • Guarda Municipal – 153
  • Ibama – 152
  • Procon – 151
  • Vigilância Sanitária – 150
  • Justiça Eleitoral – 148
  • Governo Federal – 138
  • Transporte Público – 118
  • Energia Elétrica – 116
  • Água e Esgoto – 115
  • Serviços ofertados pelas prestadoras dos Serviços de Comunicação Eletrônica de Massa – 106
  • Serviços oferecidos por prestadoras de serviços móveis de interesse coletivo – 105
  • Serviços ofertados por prestadoras de serviço telefônico fixo – 103
  • Defesa Civil – 199
  • Polícia Rodoviária Estadual – 198
  • Polícia Civil – 197
  • Polícia Federal – 194
  • Corpo de Bombeiros – 193
  • Ambulância – 192
  • Polícia Rodoviária Federal – 191
  • Polícia Militar – 190
  • Disque- Denúncia – 181
  • Delegacias especializadas no atendimento à Mulher – 180
  • Serviços de Emergência no âmbito do Mercosul – 128
  • Secretaria dos Direitos Humanos - 100