segunda-feira, 13 de novembro de 2017

O comentário racista de William Waack

Negar o óbvio é bem próprio dos imbecis. Pasmem, há quem procure politizar o que nem com política tem a ver. O comentário do jornalista apresentador do Jornal da Globo William Waack, entendo que até pode ser classificado como uma infeliz observação que ele fez a respeito de uma pessoa ao dizer "É coisa de preto.". Mesmo assim, o que disse o jornalista denota um explícito comportamento racista de sua parte. Aí surge nas redes sociais os idiotas de sempre flertando entre sis com um discurso sem pé e nem cabeça, do tipo: "Ah, isso é coisa de quem é da esquerda". Julgam com isso que não há nada de racismo no comentário do jornalista. Mas como imbecilidade pouca é bobagem, teve gente querendo comparar racismo com aquilo que hoje chamamos de bullying. Ora, as duas coisas em nada são parecidas. Não estou defendendo o bullying, é bom que se diga, mas dizendo que há diferença entre uma coisa e outra. Mas voltando ao comentário do Waack, o que foi dito por ele só pode ser interpretado como uma atitude puramente racista e nada mais diferente disso. Transcrevo aqui o que disse Waack em um vídeo de 30 segundos: "Tá buzinando por quê, seu merda do cacete? Não vou nem falar, porque eu sei quem é... É preto. É coisa de preto.". Eu não acredito que William Waack seja de fato um racista, embora o que ele tenha dito possa nos causar essa impressão. Creio mais que tenha sido uma infelicidade sua, talvez levado por uma irritação exacerbada com a pessoa que buzinava um carro próximo de onde ele estava para exercer seu trabalho para o telejornal que apresenta. Isso explica, mas é claro que não justifica. O xingamento, mesmo não sendo algo que se aprovove, a gente até releva, mas o que vem depois, não se pode relevar. Demitir o jornalista em razão disso, penso que não é para tanto, mas adverti-lo como fez a Globo ao afastá-lo, me parece razoável. Se for inteligente, e imagino que ele seja, logo vai se retratar publicamente pedindo desculpas e retornar ao seu trabalho na emissora; o que o faz com extrema competência. E a partir daí, vida que segue. O que passou, que fique como lição, aprendizado. É a minha opinião.
Comentário(s)
1 Comentário(s)

Um comentário :

Gostou do blog? Volte sempre que desejar. Dúvidas, sugestões, críticas ou qualquer outro assunto, entre em contato: detudoumpoucominhaopinião@yahoo.com.br

Números telefônicos de utilidade pública no Brasil

  • Delegacias Regionais do Trabalho - 158
  • Informações sobre oferta de emprego (Sine) – 157
  • Serviço Municipal – 156
  • Serviço Estadual – 155
  • Detran – 154
  • Guarda Municipal – 153
  • Ibama – 152
  • Procon – 151
  • Vigilância Sanitária – 150
  • Justiça Eleitoral – 148
  • Governo Federal – 138
  • Transporte Público – 118
  • Energia Elétrica – 116
  • Água e Esgoto – 115
  • Serviços ofertados pelas prestadoras dos Serviços de Comunicação Eletrônica de Massa – 106
  • Serviços oferecidos por prestadoras de serviços móveis de interesse coletivo – 105
  • Serviços ofertados por prestadoras de serviço telefônico fixo – 103
  • Defesa Civil – 199
  • Polícia Rodoviária Estadual – 198
  • Polícia Civil – 197
  • Polícia Federal – 194
  • Corpo de Bombeiros – 193
  • Ambulância – 192
  • Polícia Rodoviária Federal – 191
  • Polícia Militar – 190
  • Disque- Denúncia – 181
  • Delegacias especializadas no atendimento à Mulher – 180
  • Serviços de Emergência no âmbito do Mercosul – 128
  • Secretaria dos Direitos Humanos - 100