domingo, 16 de outubro de 2011

Reportagem da revista "Veja" denuncía ministro

Reportagem publicada ontem (sábado- 15/10) pela revista "Veja", coloca o ministro do Esporte, Orlando Silva, que é do PCdoB como alvo de uma denúncia.
Foto: VEJA.com
Segundo a revista, que entrevistou o policial militar João Dias Ferreira, preso no ano passado acusado de fazer parte de um esquema supostamente organizado pelo partido comunista para desviar dinheiro público usando ONGs como fachada, Orlando Silva teria recebido dinheiro das mãos de uma espécie de faz-tudo do esquema, Célio Soares Pereira. Segundo a entrevista do policial militar à "Veja", o esquema pode ter desviado mais de R$ 40 milhões nos últimos oito anos. Segundo ele diz à reportagem, "As ONGs só recebiam os recursos mediante o pagamento de uma taxa previamente negociada, que podia chegar a 20% do valor dos convênios. O partido indicava desde os fornecedores até pessoas encarregadas de arrumar notas fiscais frias para justificar despesas fictícias". Só para lembrar, cinco ministros já caíram até aqui no governo Dilma, sendo quatro por conta de suspeitas de corrupção. Os peemedebistas Pedro Novais (ex-Turismo), Nelson Jobim (ex-Defesa) e Wagner Rossi (ex-Agricultura), Alfredo Nascimento (ex-Transportes), do PR e o petista Antonio Palocci (ex-Casa Civil). Ressaltando que no caso de Jobim, sua saída não foi por envolvimento em qualquer tipo de denúncia. Por sinal, em todas essas denúncias ou em boa parte delas, a revista "Veja" se destaca por ser o órgão de imprensa com absolta exclusividade sobre esses fatos. Essa reportagem cai como uma bomba, principalmente nesse momento crucial para o país que organiza dois eventos esportivos colossais, a Copa de 2014 e a Olimpíada de 2016 no Rio de Janeiro. Quanto à nos, cidadãos, só nos resta aguardar e ver o desenrolar dos fatos nos próximos dias para formarmos uma opinião mais abalizada sobre o assunto
Comentário(s)
10 Comentário(s)

10 comentários :

  1. Paulo César, toda vez que a máscara cai, leva junto seu dono.
    O que motiva esses meliantes, além da impunidade, é o caixa-dois para alimentar os partidos políticos.
    O que me consola um pouco é que a Dilma absolve os culpados como o Lula fazia.

    Boa matéria!

    Abraços!

    ResponderExcluir
  2. Paulo César, voltei para ti dizer que fui ler sua entrevista no blog da Emiliana.
    Foi uma das melhores que li por lá em razão da lucidez e sabedoria de tua parte.
    Tuas respostas têm o equilíbrio que demonstra em teus artigos.

    Parabéns pela sabedoria!

    Tenho orgulho de tê-lo como amigo!

    Abraços!

    ResponderExcluir
  3. Grato Bento. Não mereço tal destaque em uma entrevista. Sou um simples, humilde e modesto blogueiro. A Emília é de uma docilidade que encanta.

    ResponderExcluir
  4. Paulo César! Afinal, conheci um blog responsável e atualizado com o momento que vivemos. Na entrevista com a Emiliana, parabenizo-os. Agora, lendo o seu blog, confirmo meu comentário. Em especial, hoje, que aborda mais um caso de corrupção... que havia lido na internet pois bombou como fora único caso! Difícil é comprometermo-nos com um país assim entregue em mãos "caixa dois", e ainda termos a obrigação de elegermos nossos representantes? Quem? Difícil escolha! Abraço da Célia.

    ResponderExcluir
  5. Menos 1 "farta" ainda algumas dúzias.Grande abraço.

    ResponderExcluir
  6. Paulo, infelizmente isso é reflexo da corrupção que está entranhada em todas as áreas de nossa sociedade, o que dizer do João Havelange e o Ricardo Teixeira, que estão ai roubando e não acontece nada.

    Tua entrevista na Emilia ficou muito boa, já passei por lá, e acabo de mandar as perguntas da nossa entrevista para o teu e-mail, é só ir lá e conferir, não tem pressa para retornar, ok?

    Abração pra ti.

    ResponderExcluir
  7. Vim do blogue da Emiliana. Gostei da sua entrevista, quis conhecer o seu espaço. Li com atenção este tema. Corrupção politica é o pão nosso de cada dia por cá. Por causa disso estamos numa situação critica, e o governo acaba de anunciar medidas ainda mais gravosas para os trabalhadores.
    Um abraço e uma boa semana

    ResponderExcluir
  8. Paulo, meu amigo!
    Estou na pressa, e te peço desculpas...
    vim aqui apenas para dizer que tua entrevista na Emiliana está maravilhosa,meu amigo!!!
    Te admirei mais ainda!
    Sou sua fã, fique sabendo querido amigo!
    Tens muita credibilidade comigo!!!!!!!!

    Beijos e ótima semana :)

    ResponderExcluir
  9. Boa noite!
    Até quando vamos ver estas coisas, ladrões de colarinho branco, pilantragem na nossa chamada política “limpa!”
    Onde é pura invenção da mídia, no senado não tem ladrão!
    Na câmara dos deputados não tem ladrão!
    Mentira somos todos palhaços com nariz de bolinha vendo e dando risadas enquanto tiram de nosso bolso e fazem caixas 2 com o dinheiro publico.
    Agradeço por visitar-nos
    Amandio relações publicas Clube dos Novos Autores.
    http://clubnovosautores.blogspot.com
    Obrigado!

    ResponderExcluir
  10. Se acham que esse é o maior problema, ainda não viram nada, essa é só a ponta do Iceberg, tente acessar o site do Ministério dos esportes, se conseguir veja a relação dos projetos e repare nos valores concedidos aos clubes de futebol. depois sente e chore.

    ResponderExcluir

Gostou do blog? Volte sempre que desejar. Dúvidas, sugestões, críticas ou qualquer outro assunto, entre em contato: detudoumpoucominhaopinião@yahoo.com.br

Números telefônicos de utilidade pública no Brasil

  • Delegacias Regionais do Trabalho - 158
  • Informações sobre oferta de emprego (Sine) – 157
  • Serviço Municipal – 156
  • Serviço Estadual – 155
  • Detran – 154
  • Guarda Municipal – 153
  • Ibama – 152
  • Procon – 151
  • Vigilância Sanitária – 150
  • Justiça Eleitoral – 148
  • Governo Federal – 138
  • Transporte Público – 118
  • Energia Elétrica – 116
  • Água e Esgoto – 115
  • Serviços ofertados pelas prestadoras dos Serviços de Comunicação Eletrônica de Massa – 106
  • Serviços oferecidos por prestadoras de serviços móveis de interesse coletivo – 105
  • Serviços ofertados por prestadoras de serviço telefônico fixo – 103
  • Defesa Civil – 199
  • Polícia Rodoviária Estadual – 198
  • Polícia Civil – 197
  • Polícia Federal – 194
  • Corpo de Bombeiros – 193
  • Ambulância – 192
  • Polícia Rodoviária Federal – 191
  • Polícia Militar – 190
  • Disque- Denúncia – 181
  • Delegacias especializadas no atendimento à Mulher – 180
  • Serviços de Emergência no âmbito do Mercosul – 128
  • Secretaria dos Direitos Humanos - 100