sexta-feira, 25 de maio de 2012

E a CBF continua a mesma; ou seja, nada mudou

Eu quero muito acreditar que, a notícia divulgada sobre um aumento que o atual presidente da CBF( Confederação brasileira de futebol), José Maria Marin teria dado a ele mesmo, como também para os principais integrantes da cúpula da entidade, tenha sido um mero equívoco na hora de divulgadas as cifras. Me recuso a crer que, em menos de dois meses no cargo, o senhor José Maria Marin tenha cometido tal absurdo. Embora me recusando a crer nessa desfaçatez, a realidade dos fatos parece não deixar dúvidas, pois nenhum desmentido a esse respeito por parte da entidade futebolística foi anunciado. Enquanto nossos clubes estão mergulhados em dividas, embora esse seja o resultado das péssimas administrações dos mesmos, a CBF, que se beneficia deles, está cada vez mais rica. Ricardo Teixeira, antecessor de Marin, ganhava R$ 98 mil, agora, com o anunciado aumento, o atual presidente passa receber R$ 160 mil mensais. O assessor especial da presidência, Marco Polo Del Nero, dirigente da Federação Paulista de Futebol passa ganhar com esse aumento, um salário de R$ 130 mil por mês da entidade. Para os que tinham a doce ilusão que com a saída de Ricardo Teixeira as coisas mudariam na CBF e no futebol brasileiro também, a dolorosa e frustrante realidade dos fatos nos mostram que não. Essa é a minha opinião.
Comentário(s)
4 Comentário(s)

4 comentários :

  1. Olá, vim lhe convidar para visitar meu blog. Talvez goste, assim como gostei do seu! Aproveito para lhe desejar um final de semana magnífico.

    ResponderExcluir
  2. Eu acho que a CBF não continua a mesma: agora ela odeia os times do Rio Grande do Sul e Rio de Janeiro. Todas as benesses, agora, são de São Paulo.

    ResponderExcluir
  3. Olá, amigo Paulo César!
    Lendo seu magnífico artigo, lembrei-me da frase do cantor-humorista, Falcão, parodiando Michelangelo:
    "Nada é tão ruim que não possa ser piorado".
    Estamos confirmando isso hoje, para nossa tristeza, na CBF.
    Parece que ninguém pode fazer alguma coisa para mudar essa situação.
    Enquanto isso, as obras para copa estão mais do que atrasadas.

    Abraços!

    ResponderExcluir
  4. E... Viva a Festa do País do Futebol... do Carnaval... e da Roubalheira! O chavão deve ser: "todos roubam... roubo também..." Valores morais, éticos foram pra lata de lixo, sem direito à reciclagem! E, o povo que se lixe sem transportes digno, sem saúde, sem educação... e sonha com a COPA... enquanto em sua casa, a "copa" está sombria, a geladeira vazia, o esgoto à céu aberto na porta da casa... mas, tudo bem... A COPA!!! (abstenho-me de um palavrão...)
    Abraço, Célia.

    ResponderExcluir

Gostou do blog? Volte sempre que desejar. Dúvidas, sugestões, críticas ou qualquer outro assunto, entre em contato: detudoumpoucominhaopinião@yahoo.com.br

Números telefônicos de utilidade pública no Brasil

  • Delegacias Regionais do Trabalho - 158
  • Informações sobre oferta de emprego (Sine) – 157
  • Serviço Municipal – 156
  • Serviço Estadual – 155
  • Detran – 154
  • Guarda Municipal – 153
  • Ibama – 152
  • Procon – 151
  • Vigilância Sanitária – 150
  • Justiça Eleitoral – 148
  • Governo Federal – 138
  • Transporte Público – 118
  • Energia Elétrica – 116
  • Água e Esgoto – 115
  • Serviços ofertados pelas prestadoras dos Serviços de Comunicação Eletrônica de Massa – 106
  • Serviços oferecidos por prestadoras de serviços móveis de interesse coletivo – 105
  • Serviços ofertados por prestadoras de serviço telefônico fixo – 103
  • Defesa Civil – 199
  • Polícia Rodoviária Estadual – 198
  • Polícia Civil – 197
  • Polícia Federal – 194
  • Corpo de Bombeiros – 193
  • Ambulância – 192
  • Polícia Rodoviária Federal – 191
  • Polícia Militar – 190
  • Disque- Denúncia – 181
  • Delegacias especializadas no atendimento à Mulher – 180
  • Serviços de Emergência no âmbito do Mercosul – 128
  • Secretaria dos Direitos Humanos - 100