sexta-feira, 31 de agosto de 2012

A infeliz declaração do advogado de Bruno

Peço que ouçam por favor e com atenção, o áudio de uma reportagem da Super Rádio Tupi do Rio de Janeiro, em que o advogado de Bruno, numa infeliz declaração, compara uma carta que teria sido escrita pelo primo do atleta, assassinado recentemente, com aquilo que em suas palavras ele classificou como mulher de favela. A infeliz comparação, usada no sentido de desqualificar o teor da referida carta, foi na minha opinião, deselegante e preconceituosa. Mesmo que essa não tenha sido a sua real intenção, como até creio que não; ainda assim, jamais deveria ter proferido esse absurdo. O advogado ainda fala do sonho em ver Bruno de volta ao Flamengo e chegando na seleção brasileira para disputar a Copa do Mundo. Até ai, levo na boa; mas a infeliz comparação que fez, essa não deu para engolir.
 
Comentário(s)
5 Comentário(s)

5 comentários :

  1. Amigo Paulo César,
    Certamente o advogado do Bruno está apelando pelo desespero de não conseguir provar a inocência de seu cliente.
    Está mais fácil inocentar todos os Mensaleiros que o Bruno, pois, há muitas provas contra ele.

    Abraços!

    ResponderExcluir
  2. Não me espanta em nada tais declarações! O brasileiro é extremamente preconceituoso "enrustido"... da boca pra fora diz que NÃO, mas em seu interior classifica tudo, inclusive, as pessoas em "classes sociais, raça, cultura, local de moradia, grifes de roupas, carros, escolas e por ai vai as "cotas diferenciadoras"... Agora, inocentar Bruno que jamais quis assumir a paternidade? Só pode ser profissional desqualificado no quesito "humano".
    [ ] Célia.

    ResponderExcluir
  3. Não bastasse o nível desses réus,o nível do advogado também não fica atrás.
    Um crime bárbaro,primitivo,por motivo bobo..Sinceramente,espero que apodreçam atrás das grades.O que tenho mais pena nessa história macabra é da criança que não tem culpa de nada.

    Beijão,PC!Dani

    ResponderExcluir
  4. Paulo,querido amigo!
    Coisa feia isso, além de preconceito contra o pobre, a mulher, também é atestado de incompetência.
    Beijos e ótimo fim de semana!

    ResponderExcluir
  5. Um idiota esse advogado! Infelizmente ele acredita no que falou meu amigo!

    ResponderExcluir

Gostou do blog? Volte sempre que desejar. Dúvidas, sugestões, críticas ou qualquer outro assunto, entre em contato: detudoumpoucominhaopinião@yahoo.com.br

Números telefônicos de utilidade pública no Brasil

  • Delegacias Regionais do Trabalho - 158
  • Informações sobre oferta de emprego (Sine) – 157
  • Serviço Municipal – 156
  • Serviço Estadual – 155
  • Detran – 154
  • Guarda Municipal – 153
  • Ibama – 152
  • Procon – 151
  • Vigilância Sanitária – 150
  • Justiça Eleitoral – 148
  • Governo Federal – 138
  • Transporte Público – 118
  • Energia Elétrica – 116
  • Água e Esgoto – 115
  • Serviços ofertados pelas prestadoras dos Serviços de Comunicação Eletrônica de Massa – 106
  • Serviços oferecidos por prestadoras de serviços móveis de interesse coletivo – 105
  • Serviços ofertados por prestadoras de serviço telefônico fixo – 103
  • Defesa Civil – 199
  • Polícia Rodoviária Estadual – 198
  • Polícia Civil – 197
  • Polícia Federal – 194
  • Corpo de Bombeiros – 193
  • Ambulância – 192
  • Polícia Rodoviária Federal – 191
  • Polícia Militar – 190
  • Disque- Denúncia – 181
  • Delegacias especializadas no atendimento à Mulher – 180
  • Serviços de Emergência no âmbito do Mercosul – 128
  • Secretaria dos Direitos Humanos - 100