terça-feira, 4 de setembro de 2012

Imagem congelada tem mais ibope que horário eleitoral

A jornalista Keila Jimenez noticiou recentemente em sua coluna/Blog, "Outro Canal", na Folha de S.Paulo, um dado interessante e até curioso a respeito da audiência da propaganda política que é exibida na televisão durante o horário eleitoral. Segundo Keila, o curioso fenômeno, como a própria diz, tem como base a audiência da Record News. A emissora de notícias opera em canal aberto na cidade de São Paulo, mas com sua geradora no interior do estado. Daí ocorre que, em razão disso, não precisa transmitir a propaganda para a capital. Em seu lugar, a emissora deixa um slide na cor azul, avisando ao telespectador que aquele horário é reservado à propaganda eleitoral.

Imagem ilustrativa/ internet
Por tanto, é como se estivesse fora do ar. Porém, nesse caso, é aí que se dá o grande fenômeno. Com a tela "congelada" por meia hora, duas vezes ao dia, tempo de duração da propaganda política, o canal tem obtido uma audiência maior do que a do horário eleitoral que é exibido em emissoras como a Rede TV, Cultura e Gazeta. Talvez isso explique bem o fato de como o eleitor na sua grande maioria é insatisfeito com a forma de como o processo eleitoral é conduzido no Brasil, principalmente no que tange a obrigatoriedade do voto, o que na minha opinião, deveria ser um ato de nossa livre e espontânea vontade.
Comentário(s)
5 Comentário(s)

5 comentários :

  1. Concordo quando diz sobre a obrigatoriedade do voto.
    Afinal estamos ou não uma democracia, aqui no Brasil tudo é ao contrário se i lá entende (?
    Pressa. Dá tua Opinião m no meu post,
    Você é a favor da Copa do Mundo aqui?
    Beijoão

    ResponderExcluir
  2. Olá, Paulo César! Com as pessoas que interajo, percebo também a indiferença, o descrédito com os políticos em geral. Vejo isso como uma situação desastrosa, pois o fato de ignorarmos não nos salvará da mesmice corruptiva que hoje vivemos. O valor de uma opinião, de um voto tem um prazo de validade que interferirá em nosso dia a dia. E, ficar parado diante de uma tela azul da TV é total falta de opinião inteligente. Um livro. Uma música. Um diálogo... ítens opcionais de mentes abertas.
    [ ] Célia.

    ResponderExcluir
  3. Recentemente eu ouvi a seguinte piada, Daqui a pouco o melhor programa de humor na TV, tirando o horário político.
    Admito também não sou muito fã de assistir o horário político, prefiro ver os debates, a respeito da imagem congelada, prefiro ler um bom livro, ou até mesmo as notícias na net.
    Grande abraço.

    ResponderExcluir
  4. Não entendo como o Brasil está tão avançado no que tange ao processo eleitoral de urnas eletrônicas, onde no mesmo dia, uma eleição, seja pra presidente, governador ou prefeito, o resultado sai com a maior garantia e eficiência, mas essa obrigatoriedade de se interromper a programação da TV para uma propaganda onde a grande maioria rechaça,continua sendo empurrado goela a baixo na população, é uma democracia parcial.

    Abração Paulo.

    ResponderExcluir
  5. Hahahahahahahhahahahahha isso não pode ser verdade! Hahahahahahahaha.

    ResponderExcluir

Gostou do blog? Volte sempre que desejar. Dúvidas, sugestões, críticas ou qualquer outro assunto, entre em contato: detudoumpoucominhaopinião@yahoo.com.br

Números telefônicos de utilidade pública no Brasil

  • Delegacias Regionais do Trabalho - 158
  • Informações sobre oferta de emprego (Sine) – 157
  • Serviço Municipal – 156
  • Serviço Estadual – 155
  • Detran – 154
  • Guarda Municipal – 153
  • Ibama – 152
  • Procon – 151
  • Vigilância Sanitária – 150
  • Justiça Eleitoral – 148
  • Governo Federal – 138
  • Transporte Público – 118
  • Energia Elétrica – 116
  • Água e Esgoto – 115
  • Serviços ofertados pelas prestadoras dos Serviços de Comunicação Eletrônica de Massa – 106
  • Serviços oferecidos por prestadoras de serviços móveis de interesse coletivo – 105
  • Serviços ofertados por prestadoras de serviço telefônico fixo – 103
  • Defesa Civil – 199
  • Polícia Rodoviária Estadual – 198
  • Polícia Civil – 197
  • Polícia Federal – 194
  • Corpo de Bombeiros – 193
  • Ambulância – 192
  • Polícia Rodoviária Federal – 191
  • Polícia Militar – 190
  • Disque- Denúncia – 181
  • Delegacias especializadas no atendimento à Mulher – 180
  • Serviços de Emergência no âmbito do Mercosul – 128
  • Secretaria dos Direitos Humanos - 100