segunda-feira, 1 de dezembro de 2014

Quero uma imprensa livre, mesmo com defeitos

Muitos veículos de comunicação se tornaram porta-vozes dos anseios da sociedade em momentos importantes da nossa história. Ainda que criticados por essa mesma sociedade em certas ocasiões, e com toda razão em grande parte, a maioria desses veículos de comunicação continuam sendo importantes aliados dela (sociedade). A democracia permite que as pessoas se posicionem e pensem de forma diferente a respeito de qualquer coisa. Com a imprensa não poderia ser diferente. Um veículo de comunicação tem o direito de manifestar-se em defesa de suas próprias ideias também, mesmo quando essas não expressam o pensar da sociedade em sua maioria. Contudo, o que não pode é distorcer a verdade dos fatos em razão disso. É a conduta no trato com a notícia que define se um veículo de comunicação é merecedor de credibilidade ou não. Por tanto, ter atenção e obediência à verdade dos fatos são princípios fundamentais para isso. Mesmo com defeitos, quero uma imprensa livre. Muito se fala atualmente em controle social da mídia. Isso me preocupa bastante. A sociedade precisa ficar bem atenta a isso. Uma imprensa livre, mesmo com seus defeitos, é a mais perfeita tradução do direito a liberdade de expressão de um povo. É a minha opinião.
Comentário(s)
8 Comentário(s)

8 comentários :

  1. Controle social da mídia é de uma desfaçatez inadmissível. Se estamos na democracia temos nossos direitos e deveres sim. Portanto, cabe aos responsáveis pela boa conduta da mídia em geral, observar quem e como foge dos padrões de direitos e deveres. Sermos responsabilizados pelo que, na oralidade ou na escrita, nos expomos, é uma coisa bem diferente de sermos "marionetes" nas mãos de alguns poderosos. Há falhas na imprensa? Então vamos colaborar com exemplos dignos de uma boa aprendizagem de como se faz, e não com proibições.
    Abraço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tem toda razão, querida Célia. Um beijo no seu coração.

      Excluir
  2. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  3. Eu também,PC!
    Mesmo com todas falhas,a imprensa não pode ser calar.Não pode ter seu caminhar cerceado.Não há sentindo em controle social se a sociedade somos nós.Então querem nos controlar?Isso não é Democracia.

    Beijão!Dani.

    ResponderExcluir
  4. OI PAULO CESAR!
    CONCORDO, POR MAIS QUE EM NOSSO PAIS A IMPRENSA SEJA MANIPULADA POR INTERESSES DE MINORIAS E SE ESTAMOS NUMA DEMOCRACIA, ENTÃO QUE SEJA LIVRE.
    ABRÇS
    http://zilanicelia.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Olá, PC! A mídia ainda precisa evoluir bastante para veicular as notícias sem maquiagens, apresentando os fatos como são, sem medo de retaliação. Um abraço!

    ResponderExcluir
  6. Oi, Paulo!
    A imprensa puxa a sardinha para o lado que lhe convém movida pelos próprios interesses. Difícil encontrar uma mídia independente que não necessite defender seus interesses até à título de sobrevivência. Numa sociedade capitalista, as pessoas são manipuladas a todo instante e safa-se dessa quem não se atrela ao que apenas lê na imprensa, por isso a necessidade de diversificar a forma de acolher a notícia, pensando e comparando as várias fontes de informações para se posicionar e entender que fazemos parte do que resulta a comunicação de massa, pois não é a mídia que manipula o cidadão e sim o cidadão que coordena os caminhos que a mídia tem a seguir.
    A liberdade de imprensa acompanha a globalização no sentido da liberdade de escolha, talvez pq agora o cidadão comum esteja mais exposto e consegue expor a sua opinião de forma mais livre e por caminhos outrora inexistentes. Quem faz a notícia circular são as pessoas por livre escolha. Talvez essa seja a verdadeira liberdade de imprensa.

    ResponderExcluir
  7. Oi Pczão. Como sempre sua opinião é perfeita! Parabéns pela lucidez.

    ResponderExcluir

Gostou do blog? Volte sempre que desejar. Dúvidas, sugestões, críticas ou qualquer outro assunto, entre em contato: detudoumpoucominhaopinião@yahoo.com.br

Números telefônicos de utilidade pública no Brasil

  • Delegacias Regionais do Trabalho - 158
  • Informações sobre oferta de emprego (Sine) – 157
  • Serviço Municipal – 156
  • Serviço Estadual – 155
  • Detran – 154
  • Guarda Municipal – 153
  • Ibama – 152
  • Procon – 151
  • Vigilância Sanitária – 150
  • Justiça Eleitoral – 148
  • Governo Federal – 138
  • Transporte Público – 118
  • Energia Elétrica – 116
  • Água e Esgoto – 115
  • Serviços ofertados pelas prestadoras dos Serviços de Comunicação Eletrônica de Massa – 106
  • Serviços oferecidos por prestadoras de serviços móveis de interesse coletivo – 105
  • Serviços ofertados por prestadoras de serviço telefônico fixo – 103
  • Defesa Civil – 199
  • Polícia Rodoviária Estadual – 198
  • Polícia Civil – 197
  • Polícia Federal – 194
  • Corpo de Bombeiros – 193
  • Ambulância – 192
  • Polícia Rodoviária Federal – 191
  • Polícia Militar – 190
  • Disque- Denúncia – 181
  • Delegacias especializadas no atendimento à Mulher – 180
  • Serviços de Emergência no âmbito do Mercosul – 128
  • Secretaria dos Direitos Humanos - 100