domingo, 29 de maio de 2011

A Fórmula1 não atrai tanto o brasileiro como antes

Eu não sei se o brasileiro em particular perdeu o interesse pela Fórmula1 mais a realidade é que há muito tempo a atração que a competição exercia sobre nós não é a mesma. Na realidade não sei se por coincidência ou não mais esse fato acontece desde que perdemos Ayrton Senna. De lá para cá a sensação que eu tenho é que o Brasil tenta fabricar ídolos nesse esporte. E vou mais além, se não surgir um piloto diferenciado que possa nos preencher essa lacuna, porque substituir o Senna é quase impossível, eu acredito que a tendência é que esse interesse diminua mais ainda. Os próprios números de audiência de tv não é mais os mesmos. Acabar o interesse de vez, acredito que não acabe, até porque o brasileiro gosta de automobilismo, mais penso que irá diminuir bastante. Quem sabe não surja um super grande novo talento brasileiro e reacenda essa chama novamente dentro de nós. É possível!
Foto: globoesporte.com
Comentário(s)
5 Comentário(s)

5 comentários :

  1. Que pena, ele para mim era dos melhores do mundo!

    ResponderExcluir
  2. Fala aí PC,
    Nunca gostei de Fórmula 1. Não acompanho, acho chato e sem sentido. Uns torcem pelos pilotos, os italianos pela escuderia, falcatruas atrás de falcatruas. Já escrevi um pouco sobre isso no meu blog algum tempo atrás.
    Ao lado do Tênis, são esportes insuportáveis.
    Airton Senna foi um grande ídolo mesmo, sem dúvida, mas conheço alguns comentaristas de esporte que dizem sem qualquer dúvida que Nelson Piquet foi bem melhor.
    É isso aí amigo, um grande abraço e ótimo domingo.

    ResponderExcluir
  3. Esse esporte não é tão popular aqui pelo fato de ser elitizado. Vi uma reportagem uma vez contando a vida de um piloto, e o muleke tem que ter grana para investir. Nos tempos de Nelsom Piquet e Senna, pelo fato de eles vencerem muita coisa e estarem no topo, o grande público brasileiro só acompanhava mesmo pelo nacionalismo, não pelo esporte em si, tanto é que hoje em dia, mesmo tendo alguns brasileiros em situação mediana concorrendo, a popularidade não é a mesma de antes.

    Um abração pra ti Paulo.

    ResponderExcluir
  4. Olá Paulo, saudade do seu cantinho.
    É como sempre,suas postagens sempre muito interessantes.
    Pois é Paulo, eu tb acho que esta havendo um disinteresse muito grande pela fórmula1
    Para muitos brasileiros, após a morte de Ayrton Senna, em 1994, a Fórmula 1 realmente deixou de ser interessante.
    Vamos torcer para que apareça algum piloto que nós faça reavivar esse interesse.
    MEU QUERIDO,TD DE BOM É MUITO SUCESSO PRA VC.
    BEIJOS.

    ResponderExcluir
  5. EU GOSTO MUITO DE FORMULA1, MAIS GOSTO MAIS AINDA DA FORMULA INDY,QUEM ASSISTIU ONTEM AS 500MILAS DEINDIANAPOLIS VIU UM VERDADEIRO E COMPETITIVO SHOW DE AUTOMOBILISMO, FANTÁSTICO. TALVEZ A FORMULA1 TEM PERDIDO O PRAZER PELO FATO DE NÃO TER COMPETITIVIDADE, O VETTEL JÁ GANHOU 5 EM 6.
    OS BRASILEIROS CONTINUA SEM SORTE BARRICHELLO MARCOU SEUS PRIMEIROS PONTOS NA COMPETIÇÃO, JÁ MASSA CONTINUA SEM SORTE ORAS O CARRO, ORAS A EQUIPE NOS BOX, E DESSA VEZ UM CERTO PILOTO LOUIS HAMILTON. FAZER O QUE.

    TENHA UMA SEMANA ABENÇOADA. ABRAÇO.

    http://marcospauloemacao.blogspot.com/

    ResponderExcluir

Gostou do blog? Volte sempre que desejar. Dúvidas, sugestões, críticas ou qualquer outro assunto, entre em contato: detudoumpoucominhaopinião@yahoo.com.br

Números telefônicos de utilidade pública no Brasil

  • Delegacias Regionais do Trabalho - 158
  • Informações sobre oferta de emprego (Sine) – 157
  • Serviço Municipal – 156
  • Serviço Estadual – 155
  • Detran – 154
  • Guarda Municipal – 153
  • Ibama – 152
  • Procon – 151
  • Vigilância Sanitária – 150
  • Justiça Eleitoral – 148
  • Governo Federal – 138
  • Transporte Público – 118
  • Energia Elétrica – 116
  • Água e Esgoto – 115
  • Serviços ofertados pelas prestadoras dos Serviços de Comunicação Eletrônica de Massa – 106
  • Serviços oferecidos por prestadoras de serviços móveis de interesse coletivo – 105
  • Serviços ofertados por prestadoras de serviço telefônico fixo – 103
  • Defesa Civil – 199
  • Polícia Rodoviária Estadual – 198
  • Polícia Civil – 197
  • Polícia Federal – 194
  • Corpo de Bombeiros – 193
  • Ambulância – 192
  • Polícia Rodoviária Federal – 191
  • Polícia Militar – 190
  • Disque- Denúncia – 181
  • Delegacias especializadas no atendimento à Mulher – 180
  • Serviços de Emergência no âmbito do Mercosul – 128
  • Secretaria dos Direitos Humanos - 100