segunda-feira, 20 de fevereiro de 2012

Israel e Irã sob tensão podem entrar em conflito

É profundamente triste ter que admitir a hipótese de um conflito entre dois países, e por razões óbvias; a grande vítima infalivelmente é a sociedade.
Arte: reprodução: O Estado de S.Paulo
É o que pode acontecer entre Israel e Irã, que estão na iminência de um conflito. A tensão entre os dois países subiu ainda mais na semana passada em meio à guerra nas sombras. Aparentemente, os ataques a alvos israelenses na Índia e na Geórgia, além de um complô desbaratado na Tailândia, eram retaliações do Irã ao assassinato de seus cientistas nucleares. Pelo que tenho acompanhado, para esse conflito acontecer, é só uma questão de meses. Nesse caso, resignadamente só nos resta lamentar desde já, pelo sangue que poderá ser derramado e pelas vidas que certamente poderão ser perdidas. Cada vez mais me pergunto: será que os homens não conhecem outros caminhos, a não ser os da guerra? É triste admitir, mas a história mostra que não. Se as guerras fossem soluções para todos os problemas no mundo, não existiria mais do que reclamarmos no planeta. Lamento bastante, mas a falta de diálogo e inteligência entre Israel e Irã é apenas mais um triste capítulo da insanidade mental daqueles que vêem na guerra a solução para um mundo melhor. Essa é a minha opinião.
Contato: detudoumpoucominhaopiniao@yahoo.com.br
Comentário(s)
9 Comentário(s)

9 comentários :

  1. Bom dia!
    Gosto de ser bem informada,que bom que encontrei ótimas leituras no seu blog.
    Grande abraço
    se cuida

    ResponderExcluir
  2. Grande PC, essa celeuma já dura séculos e sempre coloca o mundo em tensão, e a religião está por trás disso de certa forma. No Irã, aquele ditador louco sempre gosta de criar tensão para aparecer, e a ONU só não invade aquele país por causa de uma represália nuclear, mas é um país onde a população sofre horrores com esse regime islâmico.

    Abração pra ti e ótimo feriadão.

    ResponderExcluir
  3. A questão é que o ditador louco do Irã, sem escrupulos e desiquilibrado, quer agredir não somente Israel e varre-lo do mapa, mas também o Ocidente, logo o louco se tornou iminigo por conta própria da Europa e das Américas, então porque vem aqui fazer negociátas e amizades, é realmente uma contradição que mostra o disparatado desiquilibrio deste insano. Penso, que sanções sejam insuficientes ele e os aitolás do Irã que afirmam abertamente até os caminhos que podem utilizar para destruir um país, com pessoas inocentes, honestas trabalhadoras e dignas. Se o problema dele é com os governantes que se resolvam, mas o povo não póde pagar por isto.

    ResponderExcluir
  4. O que falar de uma nação que afirma abertamente que vai financiar qualquer grupo de terroristas que queira destruir regime sionista ? Será que eles não são um perigo para qualquer outro país que não comungam com seus ideais ?
    Vejam, que estes carrascos e ditadores devem ser depostos do poder e ser instaurada a democracia neste país, assim deve ser em todo oriente médio. As leis opressoras que criam não é uma questão de cultura de um povo, mas desrespeito aos direitos humanos. a HORA é agora DESARMAMOS este desiquilibrado, os as consequencias será desastrosas para o mundo.

    ResponderExcluir
  5. Olá Paulo César,

    Esses conflitos entre países árabes são complicados e trágicos.
    Os Berberes, que são os Árabes verdadeiros, passaram sua vida pelejaando e destruindo.
    Não sei se é genético, ou lá o que é, mas eles são assim mesmo, fundamentalistas.
    E depois falam em GUERRA SANTA, em nome de Alá.
    Valha-me Deus, é caso para dizer.
    Israel, e a História nos diz, não tem onde ficar, não cabe, geograficamente, na terra.
    É de loucos!

    Boa semana.
    Beijos de luz.

    ResponderExcluir
  6. ola amigos israel é muito pequeno mas muito pequeno mesmo mas é uma potencia em todos os sentidos israel nunca sera varrido do mapa pois israel é protegido por Deus em todos os sentidos vai aqui uma dica quem quer ser abençoado ore pela paz de israel pois tem muitas profecias a ser comprida neste local por isto israel é inquebravel graças ao todo poderoso o Deus maior.

    ResponderExcluir
  7. Oi, amigo Paulo!
    Parece que esses países estão cegos de ódio recíproca, pois não cogitam resolver seus impasses na diplomacia e somente no belicismo.
    É um disparate num mundo dito "civilizado".
    Se isso ocorrer, certamente terá proporções mundiais, uma vez que outras nações usam o pretexto religioso para entrar no conflito.
    A guerra é um jogo que praticamente não há vencedores.

    Artigo oportuno e muito relevante.

    Abraços do amigo!

    ResponderExcluir
  8. O homem não aprende com os erros do passado. E sobretudo não respeita o seu semelhante. Jesus disse para amarmos o nosso semelhante como a nós mesmo. Penso que isso daria lugar a uma vida muito melhor para todos nós. Eu penso que as guerras são produto da falta de respeito do homem pelo homem.
    Um abraço

    ResponderExcluir
  9. A gana pelo poder e a irracionalidade que predominam entre povos que escolhem a guerra como meio de solução para seus conflitos, apenas afloram ainda mais a "selvageria existente"... E, isso vem de longa data. A história nos relata. Que tenham bom senso... talvez seja utópico meu pedido... Fica a esperança!
    Abraço da Célia.

    ResponderExcluir

Gostou do blog? Volte sempre que desejar. Dúvidas, sugestões, críticas ou qualquer outro assunto, entre em contato: detudoumpoucominhaopinião@yahoo.com.br

Números telefônicos de utilidade pública no Brasil

  • Delegacias Regionais do Trabalho - 158
  • Informações sobre oferta de emprego (Sine) – 157
  • Serviço Municipal – 156
  • Serviço Estadual – 155
  • Detran – 154
  • Guarda Municipal – 153
  • Ibama – 152
  • Procon – 151
  • Vigilância Sanitária – 150
  • Justiça Eleitoral – 148
  • Governo Federal – 138
  • Transporte Público – 118
  • Energia Elétrica – 116
  • Água e Esgoto – 115
  • Serviços ofertados pelas prestadoras dos Serviços de Comunicação Eletrônica de Massa – 106
  • Serviços oferecidos por prestadoras de serviços móveis de interesse coletivo – 105
  • Serviços ofertados por prestadoras de serviço telefônico fixo – 103
  • Defesa Civil – 199
  • Polícia Rodoviária Estadual – 198
  • Polícia Civil – 197
  • Polícia Federal – 194
  • Corpo de Bombeiros – 193
  • Ambulância – 192
  • Polícia Rodoviária Federal – 191
  • Polícia Militar – 190
  • Disque- Denúncia – 181
  • Delegacias especializadas no atendimento à Mulher – 180
  • Serviços de Emergência no âmbito do Mercosul – 128
  • Secretaria dos Direitos Humanos - 100