quarta-feira, 9 de maio de 2012

Campo Grande pode ser em oito anos a primeira capital brasileira com 100% de coleta e tratamento de esgoto

Reprodução/MS Record
Creio que essa informação tenha chegado ao conhecimento de poucos brasileiros, porém, em acontecendo, será um fato marcante para a população de Campo Grande e um exemplo para o país. A capital sul-mato-grossense pode se tornar dentro de oito anos, em 2020, a primeira capital brasileira com 100% da população atendida com coleta e tratamento de esgoto. De acordo com informações que tenho acompanhado a esse respeito, a Águas Guariroba, que é uma empresa do Grupo Equipav, e a Prefeitura Municipal de Campo Grande, objetivam essa meta através do programa Esgoto 100%. Esse programa, lançado no dia 28 de abril vai universalizar o serviço de saneamento na cidade. O Sanear Morena 3, lançado pela empresa Águas Guariroba, disponibilizará para 100% dos moradores da capital sul-mato-grossense, 100% de esgoto coletado e tratado. Vejam vocês que, pela expressividade do que é apresentado, a espectativa que se cria em torno dessa meta é muito grande. Vale lembrar também que, o cidadão não terá nenhum tipo de impacto na tarifa praticada pela concessionária. Qualquer nação que tenha o mínimo de consciência pública, há de entender que, políticas serias e sem bravatas nessa área, previne sua gente dos potenciais perigos existentes à saúde de todos. Por sinal, saúde pública digna e descente é tudo que falta ao cidadão mais humilde desse país, aquele que vive, como sabemos, entregue ao descaso e abandono do poder público, não somente nessa questão do tratamento do esgoto, como de outros serviços básicos, essenciais e vitais para a população também. Essa é a minha opinião.
Contato: detudoumpoucominhaopiniao@yahoo.com.br 
Comentário(s)
3 Comentário(s)

3 comentários :

  1. Isso eu pago pra ver, mas não duvido nada, eu trabalho aqui numa estatal que cuida da água e esgoto do estado, e nesses 40 anos de empresa, Pernambuco só tem 30 por cento de saneamento básico concluído, e por isso a minha empresa quer fazer uma PPP (Parceria público privado), o que discordo, seria uma privatização branda, passar para a mão do privado um serviço que o Governo não quer fazer, mas espero que Campo Grande logre êxito nisso.

    Abração pra ti.

    ResponderExcluir
  2. Como diz Boris Casoy... "Isso é uma vergonha"... O mínimo de dignidade é o que tem direito todos!
    Abraço, Célia.

    ResponderExcluir
  3. Tudo o que seja melhorar a qualidade de vida dos cidadãos sem onerar os seus impostos é uma boa ação.
    Um abraço

    ResponderExcluir

Gostou do blog? Volte sempre que desejar. Dúvidas, sugestões, críticas ou qualquer outro assunto, entre em contato: detudoumpoucominhaopinião@yahoo.com.br

Números telefônicos de utilidade pública no Brasil

  • Delegacias Regionais do Trabalho - 158
  • Informações sobre oferta de emprego (Sine) – 157
  • Serviço Municipal – 156
  • Serviço Estadual – 155
  • Detran – 154
  • Guarda Municipal – 153
  • Ibama – 152
  • Procon – 151
  • Vigilância Sanitária – 150
  • Justiça Eleitoral – 148
  • Governo Federal – 138
  • Transporte Público – 118
  • Energia Elétrica – 116
  • Água e Esgoto – 115
  • Serviços ofertados pelas prestadoras dos Serviços de Comunicação Eletrônica de Massa – 106
  • Serviços oferecidos por prestadoras de serviços móveis de interesse coletivo – 105
  • Serviços ofertados por prestadoras de serviço telefônico fixo – 103
  • Defesa Civil – 199
  • Polícia Rodoviária Estadual – 198
  • Polícia Civil – 197
  • Polícia Federal – 194
  • Corpo de Bombeiros – 193
  • Ambulância – 192
  • Polícia Rodoviária Federal – 191
  • Polícia Militar – 190
  • Disque- Denúncia – 181
  • Delegacias especializadas no atendimento à Mulher – 180
  • Serviços de Emergência no âmbito do Mercosul – 128
  • Secretaria dos Direitos Humanos - 100