terça-feira, 17 de julho de 2012

Assim dá

Foto: iG
Na publicação de 15/07, aqui nesse blog, externei minha indignação diante da notícia que, o velódromo do Rio de Janeiro, o mais moderno da América latina, obra que custou aos cofres públicos a quantia de R$ 14 milhões, construído para o Pan-Americano de 2007, será demolido para se construir outro; LEIA AQUI. A razão, como expliquei na oportunidade, está no fato do COI (Comitê Olímpico Internacional), alegar que o local está fora dos padrões e, assim, não poderá ser utilizado nos Jogos Olímpicos de 2016. Retorno ao assunto e, assim faço, pelo seguinte fato: Eduardo Paes, prefeito do Rio, se posicionou contrário ao absurdo desse fato. Para o prefeito "A tese de que o velódromo já existente e construído para os Jogos Pan-Americanos deva ser demolido não dá para ser admitida". Prefeito, essa é a sensatez que um chefe de governo deve ter diante de uma aberração desse porte. Que sejam feitas adaptações necessárias para que o velódromo entre nos padrões que o COI entenda, como também pensa o prefeito, para atender a grandeza do evento. Assim dá, porém, é importante salientar: essas adaptações não podem vir acompanhadas de valores estratosféricos, pois dessa maneira, o absurdo seria maior ainda. No mais, é só.
Comentário(s)
2 Comentário(s)

2 comentários :

  1. Hummmmmmmmm sei não hein PCzão! Acho que aí vem bomba!

    ResponderExcluir
  2. Paulo,

    Tudo bem? Não entendo de infraestrutura, mas percebo a necessidade de padrão, principalmente em um evento internacional.

    Lu

    ResponderExcluir

Gostou do blog? Volte sempre que desejar. Dúvidas, sugestões, críticas ou qualquer outro assunto, entre em contato: detudoumpoucominhaopinião@yahoo.com.br

Números telefônicos de utilidade pública no Brasil

  • Delegacias Regionais do Trabalho - 158
  • Informações sobre oferta de emprego (Sine) – 157
  • Serviço Municipal – 156
  • Serviço Estadual – 155
  • Detran – 154
  • Guarda Municipal – 153
  • Ibama – 152
  • Procon – 151
  • Vigilância Sanitária – 150
  • Justiça Eleitoral – 148
  • Governo Federal – 138
  • Transporte Público – 118
  • Energia Elétrica – 116
  • Água e Esgoto – 115
  • Serviços ofertados pelas prestadoras dos Serviços de Comunicação Eletrônica de Massa – 106
  • Serviços oferecidos por prestadoras de serviços móveis de interesse coletivo – 105
  • Serviços ofertados por prestadoras de serviço telefônico fixo – 103
  • Defesa Civil – 199
  • Polícia Rodoviária Estadual – 198
  • Polícia Civil – 197
  • Polícia Federal – 194
  • Corpo de Bombeiros – 193
  • Ambulância – 192
  • Polícia Rodoviária Federal – 191
  • Polícia Militar – 190
  • Disque- Denúncia – 181
  • Delegacias especializadas no atendimento à Mulher – 180
  • Serviços de Emergência no âmbito do Mercosul – 128
  • Secretaria dos Direitos Humanos - 100