domingo, 4 de novembro de 2012

A onda de violência que atinge São Paulo

Embora essa questão da violência no país não seja exclusividade desse ou daquele lugar, não dá para fechar os olhos para o que está acontecendo em São Paulo e achar que isso é normal, porque não é. A violência no Brasil assusta a todos nós, não só em São Paulo, mas em qualquer grande centro desse país. Isso é fato. No entanto, não há como amenizar a gravidade da atual situação com esse argumento. A dimensão e a gravidade da violência que atinge São Paulo atualmente estão em números que falam por si só. Já são 90 polícias mortos até aqui, só esse ano, na capital paulista, além da grande quantidade de pessoas, não policiais, também mortas nesses ataques promovidos pelos criminosos. E digo mais; na minha opinião, sem exageros, essa ação do crime em São Paulo é no mínimo, para não ser tão enfático, uma afronta ao estado democrático de direito. Quando se ataca uma instituição (polícia) que zela pela segurança do cidadão, está se atacando também o governo, representado na segurança pública, no caso dos estados e municípios, pelas forças policiais. Por tanto, partindo desse princípio, esses ataques de criminosos contra os policiais e ao cidadão, é sim, a meu juízo, um ato injurioso ao estado democrático de direito. Espero que essa ajuda do governo federal, depois de muita discussão, possa contribuir para por um fim nessa situação. O que estamos assistindo no momento é assustador e preocupante ao mesmo tempo. E olha que isso está ocorrendo no maior, mais rico e importante centro do país. Imaginem se não fosse.
Comentário(s)
6 Comentário(s)

6 comentários :

  1. Oi Paulo

    Concordo totalmente com você, é sim um ataque ao estado democrático de direito, uma afronta o todos nós vítimas diretas ou não da violência, um desafio dos bandidos à ordem e ao poder do estado e da união, que recebam duro tratamento os que praticam estes atos violentos, que o cidadão seja realmente protegido.

    Beijos

    ResponderExcluir
  2. Pois é, Paulo, dá até medo de morar aqui com essa história. Isso sim é o fim do mundo, essa violência absurda, e contra quem supostamente cuidaria da segurança dos cidadãos. Não gosto nem de pensar o que nos espera.. :/

    Ju
    Entre Palcos e Livros

    ResponderExcluir
  3. Preocupante !
    Parece que há uma guerra subentendida em São Paulo e RJ*
    E QUE AJUDA É ESSA?
    O que vejo é terror "muito terror...e a Imprensa está "calando pois muita coisa não é divulgada. OMISSÃO !
    As redes sociais é que divulgam a realidade ...
    Esse assunto me confunde e fico mal ...
    Beijinho , te vi na Bia.
    Mereces!
    boa semana e que Deus nos proteja *

    ResponderExcluir
  4. A impressão do dominante alheio é o que vale na medida de força. O social mais uma vez ameaçado. E, a insegurança é total. Lucrarião também as "empresas de segurança"? Mas a que preço? Vidas humanas? Difícil situação e solução!
    Célia.

    ResponderExcluir
  5. Concordo, Paulo, essa violência é preocupante, não me recordo do ano, mas soube de um caso em que os bandidos mandaram parar a cidade toda, inclusive o aeroporto de SP... acho que isso sim é o "fim do mundo". Segurança é um assunto que precisa ser tratado para ontem. abraços e linda noite.

    ResponderExcluir
  6. Oi PC
    Acabei de comentar em outro blog, o blog da Patricia Galis, em que ela estava revoltada com o que está acontecendo com os policiais. É o que eu já disse em outro post seu, minha opinião é de que enquanto o pode público não fizer algo, a criminalidade continuará ganhando.
    Bjos. Fique com Deus!

    ResponderExcluir

Gostou do blog? Volte sempre que desejar. Dúvidas, sugestões, críticas ou qualquer outro assunto, entre em contato: detudoumpoucominhaopinião@yahoo.com.br

Números telefônicos de utilidade pública no Brasil

  • Delegacias Regionais do Trabalho - 158
  • Informações sobre oferta de emprego (Sine) – 157
  • Serviço Municipal – 156
  • Serviço Estadual – 155
  • Detran – 154
  • Guarda Municipal – 153
  • Ibama – 152
  • Procon – 151
  • Vigilância Sanitária – 150
  • Justiça Eleitoral – 148
  • Governo Federal – 138
  • Transporte Público – 118
  • Energia Elétrica – 116
  • Água e Esgoto – 115
  • Serviços ofertados pelas prestadoras dos Serviços de Comunicação Eletrônica de Massa – 106
  • Serviços oferecidos por prestadoras de serviços móveis de interesse coletivo – 105
  • Serviços ofertados por prestadoras de serviço telefônico fixo – 103
  • Defesa Civil – 199
  • Polícia Rodoviária Estadual – 198
  • Polícia Civil – 197
  • Polícia Federal – 194
  • Corpo de Bombeiros – 193
  • Ambulância – 192
  • Polícia Rodoviária Federal – 191
  • Polícia Militar – 190
  • Disque- Denúncia – 181
  • Delegacias especializadas no atendimento à Mulher – 180
  • Serviços de Emergência no âmbito do Mercosul – 128
  • Secretaria dos Direitos Humanos - 100