terça-feira, 17 de abril de 2018

Globo segue anos-luz à frente

Como emissora de televisão, em se tratando de canais abertos, a Rede Globo de televisão está anos-luz à frente das demais. É evidente que a emissora da família Marinho não tem mais a retumbante audiência do passado, e cá pra nós, nem poderia ter, afinal de contas, os tempos são outros. Contudo, a diferença entre a vênus platinada (Globo) e suas concorrentes ainda é gigantesca. Nada contra a liderança da Globo; fez e continua fazendo por merecer. Mas essa distância que separa a Globo das outras faz com que a gente diga que não há concorrentes para ela (Globo). Isso não é legal. Bom seria que tivéssemos emissoras com capacidade suficiente para, ao menos, não se distânciarem tanto da Globo. Quem ganharia com isso? O público e os profissionais desse mercado de trabalho. É aí que me vem a tristeza pelo fim da Rede Manchete de televisão em 1999. Essa, de fato, incomodou a Globo. Fazia um jornalismo que em termos de estrutura podia até não ser comparado a emissora fundada pelo jornalista Roberto Marinho, mas não ficava longe. Na história da teledramaturgia brasileira, por exemplo, coube a saudosa Rede Manchete o grande feito de ter produzido "Pantanal", a única novela a ganhar da Globo em audiência. A cidade cenográfica onde a Manchete realizava suas produções na área de teledramaturgia ficava em um enorme espaço no município de Maricá (RJ). No lugar da saudosa emissora fundada por Adolpho Bloch temos hoje a insossa Rede TV. E as outras concorrentes da Globo, quais são ou seriam? a Band (Bandeirantes) nunca se colocou no mercado como uma emissora que intencionasse galgar maiores posições. O SBT, do maior comunicador da televisão brasileira de todos os tempos, Silvio Santos, jamais quis se posicionar como concorrente da Globo. O próprio Silvio Santos já declarou isso inúmeras vezes. E a Record? Essa vem tentando ser nos últimos anos uma nova Globo e esquecendo de ser ela mesma. Outra coisa: o conceito de uma programação de rede me parece se aplicar apenas ao que desempenha a Rede Globo. A impressão que a gente tem assistindo as outras emissoras é sempre a mesma, de que elas falam para um único estado e sua capital. Por exemplo: assistindo SBT, Band, Rede TV ou Record, você percebe que os apresentadores se esquecem do fato de que estão em rede e não para São Paulo apenas, sede das quatro emissoras acima citadas. É por essas e outras que a Globo continuará anos-luz à frente. É a minha opinião.
Comentário(s)
1 Comentário(s)

Um comentário :

Gostou do blog? Volte sempre que desejar. Dúvidas, sugestões, críticas ou qualquer outro assunto, entre em contato: detudoumpoucominhaopinião@yahoo.com.br

Números telefônicos de utilidade pública no Brasil

  • Delegacias Regionais do Trabalho - 158
  • Informações sobre oferta de emprego (Sine) – 157
  • Serviço Municipal – 156
  • Serviço Estadual – 155
  • Detran – 154
  • Guarda Municipal – 153
  • Ibama – 152
  • Procon – 151
  • Vigilância Sanitária – 150
  • Justiça Eleitoral – 148
  • Governo Federal – 138
  • Transporte Público – 118
  • Energia Elétrica – 116
  • Água e Esgoto – 115
  • Serviços ofertados pelas prestadoras dos Serviços de Comunicação Eletrônica de Massa – 106
  • Serviços oferecidos por prestadoras de serviços móveis de interesse coletivo – 105
  • Serviços ofertados por prestadoras de serviço telefônico fixo – 103
  • Defesa Civil – 199
  • Polícia Rodoviária Estadual – 198
  • Polícia Civil – 197
  • Polícia Federal – 194
  • Corpo de Bombeiros – 193
  • Ambulância – 192
  • Polícia Rodoviária Federal – 191
  • Polícia Militar – 190
  • Disque- Denúncia – 181
  • Delegacias especializadas no atendimento à Mulher – 180
  • Serviços de Emergência no âmbito do Mercosul – 128
  • Secretaria dos Direitos Humanos - 100