sábado, 15 de janeiro de 2011

AINDA FALTA MUITO PARA AS OUTRAS EMISSORAS ALCANÇAREM A REDE GLOBO.

No post anterior, eu opinei sobre essa tragédia das chuvas na região serrana do estado do Rio. Agora, eu vou fazer uma pequena análise, a partir de quem transforma um fato em notícias. Eu poderia falar de qualquer veículo de comunicação, mais vou-me ater a televisão. Especificamente a TV Globo. A emissora da família Marinho, braço principal das organizações Globo, maior império de comunicação do pais. É muito contestada por vezes e exaltada em outras. Algumas grandes coberturas jornalísticas, marcaram a TV brasileira, principalmente as mais trágicas, como essa na região serrana do estado do Rio. Como um observador da notícia e um profundo apaixonado pela comunicação, tento acompanhar essas coberturas, pelos mais diversos ângulos, fazendo uma espécie de rastreamento entre os veículos. Justamente, para na hora de emitir alguma opinião, ter um embasamento sobre determinado comentário. Não chega ser uma crítica que faço as outras emissoras. Todas foram até muito bem, dentro de suas condições. A citar, especialmente, as mais estruturadas, Band, SBT e Record. Contudo, vejo a Rede Globo, uma emissora muito mais estruturada, potencializada e preparada, para as chamadas, grandes coberturas. Em termos de Rede, penso que essa palavra se aplica muito bem a TV dos Marinhos. As outras, a meu ver, embora sejam redes, suas estruturas são muito locais. Exemplo da Band e SBT. Essas duas, basicamente, tem suas potencialidades muito localizadas aonde elas estão sediadas. Exceção da Record. Embora não se iguale a Globo, a emissora do bispo Macedo, é de fato uma rede. Com uma boa estrutura nacional. Embora sua origem seja em São Paulo, a emissora, assim como a Globo, trabalha de maneira operante, como se tivesse duas sedes. O complexo da Barra funda- SP e o gigantesco complexo de vargem grande e Bem fica- RJ. Talvez toda essa estrutura, fazem com que essas duas emissoras, se distancie das demais. Mais ainda assim, vejo a Rede Globo, como uma emissora com maior presença nos grandes eventos e especialmente nas coberturas jornalísticas. Essa tragédia no Estado do Rio, confirma essa minha impressão. É preciso ressaltar também, que a programação jornalística das outras emissoras, salvo a Record, é muito pobre. A Globo tem um outro braço importante, a Globo News, no canal de assinatura e a Record, a exemplo da Globo, tem seu braço importante também, a Record News, em canal aberto. É por isso que, analisando friamente, chego a essa conclusão, falta muito para as outras emissoras de TV chegarem perto da TV Globo. Existe uma grande concentração de "poder" nas mãos da TV Globo ainda. Isso é fato. O conformismo com suas posições no mercado, por parte das concorrentes, com uma programação jornalistica muito a quem ainda, salvo a Record, também é um fato. Nesse terreno do mercado televisivo, a Rede Globo de televisão, ainda da as cartas. Não sei se isso é bom ou é ruim!
Comentário(s)
0 Comentário(s)

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Gostou do blog? Volte sempre que desejar. Dúvidas, sugestões, críticas ou qualquer outro assunto, entre em contato: detudoumpoucominhaopinião@yahoo.com.br

Números telefônicos de utilidade pública no Brasil

  • Delegacias Regionais do Trabalho - 158
  • Informações sobre oferta de emprego (Sine) – 157
  • Serviço Municipal – 156
  • Serviço Estadual – 155
  • Detran – 154
  • Guarda Municipal – 153
  • Ibama – 152
  • Procon – 151
  • Vigilância Sanitária – 150
  • Justiça Eleitoral – 148
  • Governo Federal – 138
  • Transporte Público – 118
  • Energia Elétrica – 116
  • Água e Esgoto – 115
  • Serviços ofertados pelas prestadoras dos Serviços de Comunicação Eletrônica de Massa – 106
  • Serviços oferecidos por prestadoras de serviços móveis de interesse coletivo – 105
  • Serviços ofertados por prestadoras de serviço telefônico fixo – 103
  • Defesa Civil – 199
  • Polícia Rodoviária Estadual – 198
  • Polícia Civil – 197
  • Polícia Federal – 194
  • Corpo de Bombeiros – 193
  • Ambulância – 192
  • Polícia Rodoviária Federal – 191
  • Polícia Militar – 190
  • Disque- Denúncia – 181
  • Delegacias especializadas no atendimento à Mulher – 180
  • Serviços de Emergência no âmbito do Mercosul – 128
  • Secretaria dos Direitos Humanos - 100