quinta-feira, 17 de fevereiro de 2011

E O SALÁRIO MÍNIMO CONTINUA MÍNIMO

Parecia ser uma grande decisão de campeonato de futebol. De um lado a oposição, defendendo um salário de 600 reais para o pobre trabalhador brasileiro, e assim fazia como se ela, a oposição, fosse um herói destemido em defesa dele (o trabalhador). Pura balela! O que na verdade os integrantes dessa oposição visavam ali era simplesmente se aproveitarem de uma necessidade do pobre trabalhador para depois, lá na frente, tirarem proveito eleitoral disso. Na verdade, usam a classe trabalhadora até mesmo como arma de combate contra o governo. Do outro lado, o próprio governo, que não é diferente em nada daquilo que é a oposição, defendendo os fatídicos 545 reais. Nessa luta entre eles, oposição contra governo, os vitoriosos não somos nós, e sim eles. Os dois lados, tanto a oposição quanto o governo, se colocam como aproveitadores e usurpadores da luta e do sacrifício do pobre trabalhador desse país. No começo do ano todos os parlamentares e a presidente Dilma se deram aumentos e não teve protesto de nenhum político contra isso. Quando é para aumentar o salário do trabalhador a coisa é diferente e o discurso é sempre o mesmo; "Não podemos conceder um grande aumento porque isso vai comprometer o orçamento e aumentar a divida publica.". Trabalhador, por favor, não se iluda acreditando que na votação de ontem (Quarta-feira 16/02/11), o governo foi vitorioso e a oposição a derrotada. Muito pelo contrário, derrotados, como já afirmei acima, somos nós. Essa é a grande verdade.
Comentário(s)
5 Comentário(s)

5 comentários :

  1. Realmente,pobre povo brasileiro!Como sobreviver com essa indignidade?Isso é uma piada com o pobre trabalhador e aposentado.O que se faz com quinhentos e quarenta e cinco reais?Nada!Coitado do aposentado,muitas das vezes não pode comprar seus remédios porque o dinheiro é pouco,sendo ajudado por muitas das vezes por familiares.O povo como sempre,sendo humilhado de todas as formas possíveis.E aqueles que elegemos para nos representar de forma digna,se voltam contra nós.Tornando nossos piores inimigos.

    Bjs!Dani.

    ResponderExcluir
  2. Sinceramente é uma canalhice esses marajás se reunindo para votarem um salário de miséria como esse. No fim do ano passado o congresso aumentou os salários dos deputados federais e senadores em 60%. O governo não foi contra, agora quando se trata do povão, acham que 545 reais é o suficiente para suprir todas as necessidades de uma família. Com esse tipo de atitude, o Brasil continuará sendo um país onde a desigualdade social é gritante e absurda.

    Ótimo texto, parabéns pelo blog, continue assim.

    ResponderExcluir
  3. Eu me sinto incomodado quando preciso escrever ou comentar sobre os políticos. Amigo, esses caras me causam náuseas. É incrível como a sociedade de um modo geral ainda não percebeu que esses caras não estão nem aí. Quando chega a época das eleições, todos falam que devemos votar e exercer nossa função de cidadão, mas esses mesmos caras que as pessoas votaram, servem de ira para quem os colocaram lá.
    Essa do salário mínimo é no mínimo indecente!
    Assim como indecente, é a atitude e o salário desses crápulas.
    Desculpa a sinceridade, mas é o que penso.
    Um grande abraço e ótima sexta pra ti.

    ResponderExcluir
  4. Paulo ,

    Sem mais comentários , tudo dito !
    RsRs ...


    Bjo e um Dia de Alegrias.

    ResponderExcluir
  5. Pior de tudo não são os políticos, a parte ruim é mesmo a população, que mesmo vendo tudo o que acontece continua calada, as chamadas manifestações não incomodam os políticos, afinal eles nem sequer saem de casa para trabalhar, quem fica incomodado somos nós que não temos nada a ver, presos no trânsito sem conseguir chegar no trabalho.

    Só vai surtir algum efeito quando tivermos uma atitude igual a dos egípcios, só que brasileiro prefere ficar vendo novela do que ir atrás dos seus direitos!

    www.evilwill.com.br

    ResponderExcluir

Gostou do blog? Volte sempre que desejar. Dúvidas, sugestões, críticas ou qualquer outro assunto, entre em contato: detudoumpoucominhaopinião@yahoo.com.br

Números telefônicos de utilidade pública no Brasil

  • Delegacias Regionais do Trabalho - 158
  • Informações sobre oferta de emprego (Sine) – 157
  • Serviço Municipal – 156
  • Serviço Estadual – 155
  • Detran – 154
  • Guarda Municipal – 153
  • Ibama – 152
  • Procon – 151
  • Vigilância Sanitária – 150
  • Justiça Eleitoral – 148
  • Governo Federal – 138
  • Transporte Público – 118
  • Energia Elétrica – 116
  • Água e Esgoto – 115
  • Serviços ofertados pelas prestadoras dos Serviços de Comunicação Eletrônica de Massa – 106
  • Serviços oferecidos por prestadoras de serviços móveis de interesse coletivo – 105
  • Serviços ofertados por prestadoras de serviço telefônico fixo – 103
  • Defesa Civil – 199
  • Polícia Rodoviária Estadual – 198
  • Polícia Civil – 197
  • Polícia Federal – 194
  • Corpo de Bombeiros – 193
  • Ambulância – 192
  • Polícia Rodoviária Federal – 191
  • Polícia Militar – 190
  • Disque- Denúncia – 181
  • Delegacias especializadas no atendimento à Mulher – 180
  • Serviços de Emergência no âmbito do Mercosul – 128
  • Secretaria dos Direitos Humanos - 100