segunda-feira, 11 de abril de 2011

BRASIL VOLTA DISCUTIR CAMPANHA PELO DESARMAMENTO

Depois do Massacre de crianças em escola carioca, o pais volta a debater uma campanha pelo desarmamento. A campanha estaria prevista para o mês de julho, mais poderá ser antecipada, em razão do ocorrido em escola da capital Fluminense. Tivemos em 2005 um referendo pelo desarmamento no Brasil. Naquele ano, 63,94% dos brasileiros disseram não ao Desarmamento. O referendo perguntava: “O comércio de armas de fogo e munição deve ser proibido no Brasil?” A decisão da população foi essa, 63,94% dos brasileiros disseram não ao desarmamento contra 36,06% que votaram pelo fim do acesso às armas. Por tanto, nessa campanha feita através de um referendo o povo ficou contra ao desarmamento. A meu ver, deveria ser feito um novo referendo. A princípio essa não é a ideia. Vamos aguardar e ver de que forma será essa campanha. 
18:59> O governo, através do ministro da justiça, José Eduardo Cardosoacaba de aprovar à antecipação da campanha do desarmamento. A campanha começará no dia 6 de maio e vai durar até o fim do ano. Detalhe, não se trata de um referendo, é um outro tipo de campanha.
Comentário(s)
5 Comentário(s)

5 comentários :

  1. A pergunta era idiota, aqui entre nós.
    Claro que deve continuar o comércio de armas, agora, é aquele negócio, uma faca pode cortar um pão ou matar alguém, a arma pode matar alguém ou intimidar, dar mais 'segurança'.
    Façam suas apostas.
    O último a sair apague a luz!
    Abrç

    ResponderExcluir
  2. Acho que o certo não seria focar só no desarmamento mas tambem, nas politicas desegurança publica.


    abraço PC te vejo lá no Cronicas !

    ResponderExcluir
  3. Após acontecimentos como esse todos se perguntam "e se..?"
    Na real acho que agir por impulso e meter uma nova votação num momento como esse é puro oportunismo. Os brasileiros ja decidiram se queriam ou não as armas nas mãos de civis... Agora o jeito é rezar.
    Abraço.

    ResponderExcluir
  4. TS VEZ Q ACONTECE ALGUMA COISA VEM UM MONTE ATRAS
    ESSA CAMPANHA É SÓ PRA DIZER Q ESTAO TENTANDO EVITAR TRAGEDIAS COMO A DO RIO

    ResponderExcluir
  5. não vamos nos esquecer que a alguns anos atrás nós tivemos um Referendo o qual tínhamos o poder em nossas mãos, e os brasileiros decidiram que não, mais uma prova que o povo brasileiro tem que se conscientizar com o poder do voto, e colocar pessoas que estejam dispostas a dar segurança publica a todos.

    ResponderExcluir

Gostou do blog? Volte sempre que desejar. Dúvidas, sugestões, críticas ou qualquer outro assunto, entre em contato: detudoumpoucominhaopinião@yahoo.com.br

Números telefônicos de utilidade pública no Brasil

  • Delegacias Regionais do Trabalho - 158
  • Informações sobre oferta de emprego (Sine) – 157
  • Serviço Municipal – 156
  • Serviço Estadual – 155
  • Detran – 154
  • Guarda Municipal – 153
  • Ibama – 152
  • Procon – 151
  • Vigilância Sanitária – 150
  • Justiça Eleitoral – 148
  • Governo Federal – 138
  • Transporte Público – 118
  • Energia Elétrica – 116
  • Água e Esgoto – 115
  • Serviços ofertados pelas prestadoras dos Serviços de Comunicação Eletrônica de Massa – 106
  • Serviços oferecidos por prestadoras de serviços móveis de interesse coletivo – 105
  • Serviços ofertados por prestadoras de serviço telefônico fixo – 103
  • Defesa Civil – 199
  • Polícia Rodoviária Estadual – 198
  • Polícia Civil – 197
  • Polícia Federal – 194
  • Corpo de Bombeiros – 193
  • Ambulância – 192
  • Polícia Rodoviária Federal – 191
  • Polícia Militar – 190
  • Disque- Denúncia – 181
  • Delegacias especializadas no atendimento à Mulher – 180
  • Serviços de Emergência no âmbito do Mercosul – 128
  • Secretaria dos Direitos Humanos - 100