sábado, 21 de maio de 2011

O Brasil e suas diferenças. "Eu só queria entender."


Tem coisas que agente ler, ver, ouve e, eu queria entender. Às vezes me sinto um completo imbecil, alienado e estúpido. Principalmente quando abordo questões sociais. Esse país, que tem tanto dinheiro pra gastar com grandes arenas esportivas de valores estratosféricos, como aqui já publicamos; com grandes eventos, e dos mais variados. Espetáculos de nível internacional e com um grande montante de verbas viabilizadas. O exemplo do Rock in Rio é bem oportuno, só para citar esse. E a tal "cidade da música" no Rio de Janeiro? Um elefante branco até aqui, custando aos contribuintes fluminenses R$ 500 mil reais. E aqui não cito apenas verbas públicas, não; estou misturando com tudo isso as verbas da iniciativa privada também. E sabe para perguntar o que minha gente? Aquilo que eu disse no início desse texto: coisas que agente ler, ver, ouve e não consegue entender. Se existe capacidade para gerar recursos, e aqui não levo em conta se a verba é pública ou privada, eu pergunto: Por que falta verba suficiente para o brasileiro ter uma saúde pública com o mínimo de dignidade? Por que alunos e professores não podem ter uma escola pública que venha atender as necessidades básicas de ensino? Por que a nossa polícia não dispõe de uma estrutura melhor para trabalhar? Vejam que, mesmo assim, ela luta bravamente, principalmente se levarmos em conta a realidade das nossas cidades. E mais: por que ainda temos tantos miseráveis nas ruas, entregues as drogas e ao crime? São perguntas que faço. Eu só queria entender.
Comentário(s)
11 Comentário(s)

11 comentários :

  1. Não interessante pro governo dar uma boa saúde e boas escolas pro povo
    Eles querem é um povo burro e dependente
    Só assim podem fazer festa com nosso dinheiro

    ResponderExcluir
  2. Educação, segurança e saúde pública são opções de segundo plano...

    Mas um "elefante branco", como a cidade do rock, aparece lá fora pra gringaiada ver...

    Retribuindo seu comentário no meu blog...

    Muito obrigada! Tenha um excelente fim de semana!

    ResponderExcluir
  3. Oiiiii
    Passando para se informar e tbm para agradecer pelas visitas em meu blog!!!
    Bom final de semana Paulo
    Abraço

    ResponderExcluir
  4. Desculpe, não tinha visto! Seu blog para mim é possivelmente um dos melhores blogs do mundo! Obrigado!

    PS:. Já coloquei o seu blog na minha lista!

    UM grande abraço também!

    ResponderExcluir
  5. menino, gosto do seu Blog. posso linká-lo no Pia?

    ResponderExcluir
  6. Oi Paulo.
    Putz, eu concordo plenamente com o que disse a Driele, o governo quer um povo burro, dependente, e claro, alienado.
    Onde vamos parar eu não sei, mas fico tão indignada quanto você ao ter acesso a essas coisas.
    É tanto dinheiro jogado fora que meu, fala a verdade, poderíamos viver em um país de 1º mundo, se formos ver o que você sita, mais os escândalos políticos, e etc.
    O Brasil é mesmo deprimente.
    Só pensam em carnaval e futbol, o resto é resto.

    ResponderExcluir
  7. O Brasil não é uma democracia. Estava escrevendo algo sobre isso e postarei em breve. Não há saúde, não há liberdade de expressão, não há liberdade religiosa nem sexual. Não participação do povo na escolha e elaboração das leis. Nós não somos uma democracia sequer no nome. Infelizmente.
    Abraço

    ResponderExcluir
  8. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  9. Acredito que todos nós queriamos entender, quero sizer, todos os que possuem coragem pra enxergar as misérias desse Brasil tão lindo, do sistema de saúde e da educação... Também me pergunto isso todos os dias quando saiu de casa para ir trabalhar e enfrento um ônibus lotado de gente que se "ferra" o dia inteiro pra ganhar um salário mínimo e ter que fazer malabarimos durante um mês inteiro pra que aquele dinheiro possa render (e sempre acaba sobrando mês no final do salário... e não salário no final do mês, se é que, alguém aí me entende). E quanto aquela "gurizada" que acorda cedo pra ir pra escola sonhando com a merenda??... E sobre aqueles que morrem por um problema que foi gerado por uma patologia bem diferente que não pode ser tratada por causa da deficiência do sistema público?... O que falar sobre todas essas coisas?... Hum, hem, hã??... Eu acho muitas coisas, e tenho muito também o que dizer, esse é um tema que nunca nós causa um branco na mente, quando a dúvida é, não sei sobre o que postar!... é tão simples elaborar campanhas para que o trabalho infantil seja combatido, para que não sejam distribuídas esmolas no sinal, pô mas desconsiderando o uso de drogas infantil e tantos outros problemas menos importantes do que MORRER DE FOME... me diz aí, como que os "brasileirinhos" vão comprar um pãozinho pra lanchar num dia frio... hum, hem, hã??... Não queria parar de falar sobre isso não... e se vc PC der espaço e postar algo sobre isso novamente... eu voltarei, sempre existe algo a ser dito, e quando se trata de alguém que sabe o que é miséria e que já viu algém morrer de fome num leito de um hospital... ai ai ai deixa eu me calar.
    Um grande bjo "amigão" e muito obrigada por aquele comentário lindo que vc postou lá no meu blog... volte sempre!!
    Bjos. Renata

    ResponderExcluir
  10. Meu querido, essa e uma indignação de todos nós.
    Eu tb acho que em primeiro lugar o governo tem que atender as necessidades da população, como saúde, educação, e segurança, o que adianta investir tanto dinheiro em futilidades, com tanta gente morrendo em corredores de hospitais? mas os nossos governantes prefere gastar o dinheiro em coisas não emergenciais...
    Dinheiro para reconstruir vidas está indo para estádios de futebol e outras coisas fúteis que parecem ser mais importantes do que vidas de seres humanos.
    fazer o que né,estamos no BRASIL.
    Bjs

    ResponderExcluir

Gostou do blog? Volte sempre que desejar. Dúvidas, sugestões, críticas ou qualquer outro assunto, entre em contato: detudoumpoucominhaopinião@yahoo.com.br

Números telefônicos de utilidade pública no Brasil

  • Delegacias Regionais do Trabalho - 158
  • Informações sobre oferta de emprego (Sine) – 157
  • Serviço Municipal – 156
  • Serviço Estadual – 155
  • Detran – 154
  • Guarda Municipal – 153
  • Ibama – 152
  • Procon – 151
  • Vigilância Sanitária – 150
  • Justiça Eleitoral – 148
  • Governo Federal – 138
  • Transporte Público – 118
  • Energia Elétrica – 116
  • Água e Esgoto – 115
  • Serviços ofertados pelas prestadoras dos Serviços de Comunicação Eletrônica de Massa – 106
  • Serviços oferecidos por prestadoras de serviços móveis de interesse coletivo – 105
  • Serviços ofertados por prestadoras de serviço telefônico fixo – 103
  • Defesa Civil – 199
  • Polícia Rodoviária Estadual – 198
  • Polícia Civil – 197
  • Polícia Federal – 194
  • Corpo de Bombeiros – 193
  • Ambulância – 192
  • Polícia Rodoviária Federal – 191
  • Polícia Militar – 190
  • Disque- Denúncia – 181
  • Delegacias especializadas no atendimento à Mulher – 180
  • Serviços de Emergência no âmbito do Mercosul – 128
  • Secretaria dos Direitos Humanos - 100