domingo, 24 de julho de 2011

Morte da cantora Amy Winehouse entra para uma lista de nomes da música que tiveram final trágico

Foto: Jornal do Brasil
Lamentável ver uma cantora tão jovem com apenas 27 anos de idade partir tão cedo com tanta coisa ainda para cantar e encantar, certamente. Ao longo desses meus 39 anos de idade já vi tantas vezes esse filme; e o que é pior, sempre o final é triste. Aqui trago alguns exemplos: Jim Morrisson, que era ex-vocalista da banda de rock The Doors foi  encontrado morto em Paris na banheira de um apartamento em 1971. Até hoje especula-se que tenha sido morto por overdose de heroína. Em 1970, a genial Janis Joplin era encontrada morta no quarto de um hotel. A causa teria sido provocada por muitos drinques e o uso de heroína pura, o que teria causado uma overdose na cantora. Também em 1970, Jimi Hendrix, o maior guitarrista da história do rock para muitos, morre em Londres, depois de ter inserido cápsulas com anfetaminas e sedativos; e segundo dizem, também teria usado LSD em pó, vindo a morrer enquanto dormia, sufocado no próprio vômito. O ex- vocalista e guitarrista da banda Nirvana, Kurt Cobain morre no ano de 1994. O corpo foi encontrado em sua casa com um tiro na cabeça. Kurt teria cometido suicídio depois de ter consumido grande quantidade de heroína. 1969, Brian Jones, membro-fundador da banda The Rolling Stones foi encontrado morto com seu corpo boiando na piscina de uma mansão de Londres. O motivo teria sido uma overdose seguida de afogamento. Enfim, essas são algumas das muitas histórias da vida real que sempre teve grandes nomes da música como protagonistas e que infelizmente tiveram um fim triste, assim como agora, o nome de Amy Winehouse, infelizmente. Lembrei aqui de alguns nomes do cenário internacional, no Brasil a maneira trágica como muitos de nossos ídolos se acabaram segue o mesmo roteiro. Como já foi amplamente divulgado pela imprensa, a cantora Amy Winehouse morreu na tarde de sábado (23/07), perto das 16 horas, hora local e 13 horas, hora de Brasília, aos 27 anos de idade. A polícia Londrina encontrou o corpo da cantora na sua casa. Há suspeitas de que ela tenha sofrido overdose de drogas. Até aqui a causa está sendo tratada como morte "inexplicada". As investigações sobre a causa da morte e as circunstâncias continuam. Amy Winehouse esteve no Brasil no mês de janeiro onde realizou uma turnê. A cantora se apresentou em Florianópolis, Rio de Janeiro, Recife e São Paulo. A história de Amy Winehouse é mais um filme de final triste que vejo. Um drama da vida real com final trágico, mas que poderia ter sido escrito de outra maneira.
Comentário(s)
7 Comentário(s)

7 comentários :

  1. Paulo, tudo bem?
    Não tenho muito que falar, apenas uma curiosidade, que tanto a Janes Joplin, o Hendrix e o Jim Morrinson, morreram com 27 anos também. Número curioso. Para refletirmos também, não só na coincidência, como também na pouca idade desse pessoal.
    Grande abraço!

    ResponderExcluir
  2. Paulo, foi uma morte previsível, seu histórico já apontava isso, e provavelmente foi uma overdose, ela tinha tudo para se livrar dessa, tinha dinheiro, bons médicos ao seu dispor, mas não teve força de vontade, um caminho sem retorno para todos aqueles que enveredam pelas drogas.

    Não obstante, era um talento incrível e com certeza foi uma perda grande para o mundo da música.

    Abração pra ti.

    ResponderExcluir
  3. Fala PC,
    Eu já havia escrito algumas vezes sobre a situação da Amy em meu blog.
    Uma pena, mas era uma morte anunciada há muito tempo. Mais um grande talento da música que morre aos 27 anos.
    Abraço e bom domingo.

    ResponderExcluir
  4. Esse numero 27 ? até o baterista do zeppelin morreu de overdose nessa data. As drogas são a ponte para a morte e não tem classe social,fama,prestigio ou qualquer coisa que salve alguem disso.

    abraço Pc e obrigado por todas as homenagens !

    ResponderExcluir
  5. Oi, Paulo, eu era fã dela, em janeiro quando veio ao Brasil, eu fui assistir ao show dela no aqui no Rio, me decepcionei um pouco, ela esqueceu várias vezes a letra das músicas, cambaleava pra lá e pra cá, lembro de um momento que ela quase caiu... ...estranho, a gente sabe o motivo disso.
    Tinha um vozeirão, sinto uma tristeza enorme,
    abraços da Mery.

    ResponderExcluir
  6. Eu tenho dois sentimentos em relação a quem se droga:raiva e pena.A pessoa tem que ser muito burra para entrar nesse caminho sem volta,é lamentável presenciarmos a degradação do ser humano aos poucos.No caso da Amy,a morte já era mais que anunciada,para mim não foi surpresa,mas,claro que fiquei triste por mais uma vida que se foi tão rápido.Tão talentosa, com uma capacidade vocal magnífica.Enfim..que esse triste episódio pelo menos,sirva de alerta para quem está pensando em entrar por esse sombrio caminho,onde poucos,mas,muitos poucos conseguem voltar.
    Beijão,PC!Um lindo domingo para ti.Dani.

    ResponderExcluir
  7. Lamentável final e previsível ao msm tempo.
    É triste imaginar as coisas pelas quais ela estaria passando para se entregar assim.
    Nda adianta como o Cheng mencionou, tr dinheiro, bons medicos, c não ha um motivo para qual lutar.
    O vicio é uma forma d fugir da realidad, um refugio, uma maneira enganosa de lutar contra o que os destrói, mas esta fortaleza é ilusória e destroi mais rapido aqueles que prenderam-se a ela. Mas será q nao era isto oq realmente queriam? fugiram de suas realidades para sempre...



    grande beijo e uma otima semana!!!

    http://cabecafeminina.blogspot.com

    ResponderExcluir

Gostou do blog? Volte sempre que desejar. Dúvidas, sugestões, críticas ou qualquer outro assunto, entre em contato: detudoumpoucominhaopinião@yahoo.com.br

Números telefônicos de utilidade pública no Brasil

  • Delegacias Regionais do Trabalho - 158
  • Informações sobre oferta de emprego (Sine) – 157
  • Serviço Municipal – 156
  • Serviço Estadual – 155
  • Detran – 154
  • Guarda Municipal – 153
  • Ibama – 152
  • Procon – 151
  • Vigilância Sanitária – 150
  • Justiça Eleitoral – 148
  • Governo Federal – 138
  • Transporte Público – 118
  • Energia Elétrica – 116
  • Água e Esgoto – 115
  • Serviços ofertados pelas prestadoras dos Serviços de Comunicação Eletrônica de Massa – 106
  • Serviços oferecidos por prestadoras de serviços móveis de interesse coletivo – 105
  • Serviços ofertados por prestadoras de serviço telefônico fixo – 103
  • Defesa Civil – 199
  • Polícia Rodoviária Estadual – 198
  • Polícia Civil – 197
  • Polícia Federal – 194
  • Corpo de Bombeiros – 193
  • Ambulância – 192
  • Polícia Rodoviária Federal – 191
  • Polícia Militar – 190
  • Disque- Denúncia – 181
  • Delegacias especializadas no atendimento à Mulher – 180
  • Serviços de Emergência no âmbito do Mercosul – 128
  • Secretaria dos Direitos Humanos - 100