terça-feira, 16 de agosto de 2011

Evangélicos que não são ligados às igrejas é cada vez maior

A realidade que há muito tempo se constatou entre os católicos também já é crescente entre os evangélicos. Como se sabe, muitos são os que se dizem católicos e não tem ligação com nenhuma igreja, no entanto, assim se consideram por nutrirem em si, a fé estabelecida pelos princípios da própria igreja. O que já ocorre entre os católicos também já pode ser observado entre os muitos evangélicos que existem no país, muitos deles também não tem ligação com igreja. Um número que só tem aumentado, resultando assim, numa nova tendência entre os evangélicos brasileiros.
Esse fato pode ser constatado através da pesquisa de Orçamentos Familiares do IBGE. Segundo essa pesquisa, esse número passou de 4% do total de evangélicos em 2003 para 14% em 2009, um salto de 4 milhões de pessoas. Esses dados do IBGE também aponta para outras tendências registradas na década passada, como a queda da proporção de católicos e protestantes históricos e aumento dos sem religião e neopentecostais. Os sem religião foram de 5,1% da população para 6,7%. Vale ressaltar o seguinte, no geral, essa categoria, os chamados sem religião, são identificados como ateus e agnósticos. Fazer uma análise profunda sobre essa questão é bastante problemática, afinal, muitos podem levar essa discussão para o lado da emoção e não da razão. Uma realidade é fato, as pessoas mantem a crença nas suas convicções religiosas, no entanto, me parecem descrentes cada vez mais da importância do papel das igrejas no tocante ao exercício da religiosidade ou naqueles que as representam.
Comentário(s)
6 Comentário(s)

6 comentários :

  1. Concordo com eles. As igrejas estão servindo cada vez mais á seus próprios interesses e não as crenças tidas como certas por cada uma e seus fiéis.
    Esses números mostram q as pessoas estão percebendo isso.
    Grande abraço PC

    ResponderExcluir
  2. Pelo menos uma vez por semana estou lá,acho necessário para o exercício da fé e para não ficarmos acomodados.Acho importante estarmos em comunhão com a igreja,com a comunidade cristã.Eu sei que não precisamos disso para exercer nossa religiosidade,mas devemos compartilhar a nossa fé com a comunidade cristã,crescermos espiritualmente,nesse sentido a igreja se torna muito importante para nós.

    ResponderExcluir
  3. Isso me revolta!
    Até a fé, transformou-se em capitalismo!
    Vendem a imagem de Deus, e um pedaço no céu com propriedade; isso não é apenas insensato, como também, nojento; lastimável!

    Retribuindo sua cordial visita e lembrando que o blog agora está de cara nova, além de mim, Adriana, temos mais cincos autores em companheirismo no blog para escrevermos a vocês, é só procurar pelo nome ou foto das postagens do dia.
    Lembrando que o sorteio de setembro, serão 16 livros, que já estão disponíveis no blog em "Parceiros" para vocês irem conhecendo o conteúdo.
    Um beijo grande, e uma ótima semana, meu post de hoje está neste link, http://drisph.blogspot.com/2011/08/fechado-as-vezes-como-um-leque-ninguem.html#comments
    Adriana

    ResponderExcluir
  4. Cá estou eu batendo meu ponto, olha este negócio de religião é coisa séria, que virou brincadeira e ganhar dim,dim,facil,ganhando a mente dos desesperados.Tenho minha religião,mas não saio exendo o saco de ninguem para se converter, e tem mais, ficar usando o nome de Deus para seu próprio benefício deveria existir uma lei,e punir os falsos profetas e sacrdotes.Isto falo em todas as religiões,existem os aproveitadores.Religião desde a criação da humanidade,acabou sendo meio de manipulação. Amigo obrigado pelo comentário no meu cantinho,vc é muito especial viu?. Mas axo que neste comentário eu chutei o pau da barraca ou não?
    Bjos.

    ResponderExcluir
  5. Os evangélicos condenam as práticas da igreja católica é pregam a conversão de católicos ao cristianismo,do outro lado, católicos hostilizam evangélicos... é o mais triste no meio disso tudo, são os ateus confusos, angustiados, perdidos...sem saber que caminho seguir.
    Quem esta certo? evangélicos ou católicos?
    Eu acho que no meio de tantas discórdias, a minha resposta seria ninguém.

    Meu querido, agradeço por ter passado no meu cantinho é deixado o seu carinho.
    Você merece tudo de bom é mais um pouco viu!
    Beijos em seu coração.

    ResponderExcluir
  6. Olha, sou evangélico e acho que está cada vez mais dificil encontrar uma igreja séria. Tenho a sorte de estar em uma assim e se um dia estiver em desacordo com a maioria do que for pregado e feito, vou sim praticar a minha fé por conta própria.

    Ahh, e quando falo de igreja séria não me refiro só a dinheiro. Há muita doideira sendo dita, sem se levar em conta a Bíblia.

    Adoro seu Blog e as possibilidades que ele traz para nos expor. Abraços.

    ResponderExcluir

Gostou do blog? Volte sempre que desejar. Dúvidas, sugestões, críticas ou qualquer outro assunto, entre em contato: detudoumpoucominhaopinião@yahoo.com.br

Números telefônicos de utilidade pública no Brasil

  • Delegacias Regionais do Trabalho - 158
  • Informações sobre oferta de emprego (Sine) – 157
  • Serviço Municipal – 156
  • Serviço Estadual – 155
  • Detran – 154
  • Guarda Municipal – 153
  • Ibama – 152
  • Procon – 151
  • Vigilância Sanitária – 150
  • Justiça Eleitoral – 148
  • Governo Federal – 138
  • Transporte Público – 118
  • Energia Elétrica – 116
  • Água e Esgoto – 115
  • Serviços ofertados pelas prestadoras dos Serviços de Comunicação Eletrônica de Massa – 106
  • Serviços oferecidos por prestadoras de serviços móveis de interesse coletivo – 105
  • Serviços ofertados por prestadoras de serviço telefônico fixo – 103
  • Defesa Civil – 199
  • Polícia Rodoviária Estadual – 198
  • Polícia Civil – 197
  • Polícia Federal – 194
  • Corpo de Bombeiros – 193
  • Ambulância – 192
  • Polícia Rodoviária Federal – 191
  • Polícia Militar – 190
  • Disque- Denúncia – 181
  • Delegacias especializadas no atendimento à Mulher – 180
  • Serviços de Emergência no âmbito do Mercosul – 128
  • Secretaria dos Direitos Humanos - 100