quarta-feira, 21 de dezembro de 2011

Vídeo que mostra um cão sendo agredido por uma mulher diante de uma criancinha causa indignação

Reprodução: YouTube
Quanta imbecilidade humana! Essa é a definição menos ofensiva que encontrei para descarregar toda minha indignação sobre essa pessoa, que lamentavelmente é chamada de ser humano, mas que como tantos de mente maligna como a dela, não mereceria essa definição. Refiro-me a enfermeira filmada espancando um cachorro da raça Yorkshire que terminou com a morte do cãozinho em Formosa, cidade goiana no entorno do Distrito Federal. O vídeo Postado no YouTube com as agressões já teve mais de um milhão de acessos. Todas as pessoas que assistiram as cenas se mostraram indignadas e revoltadas com a atitude dessa mulher. Em depoimento prestado à polícia ontem (terça-feira 20/12), a assassina do indefeso cãozinho disse ter “profundo arrependimento" pela morte do animal, segundo afirmou seu advogado. As cenas da agressão são chocantes. Nas imagens, essa mulher sem coração e sem alma agride o cão na frente da criança, que assistia tudo com seu coraçãozinho apavorado. Eu confesso aqui, que não encontro palavras para definir nesse texto o que eu penso e sinto a respeito de um ser tão desprezível como esse. Não ter palavras talvez seja a melhor definição para um ser tão desalmado. Sua atitude foi covarde, torpe e criminosa. Definitivamente, não tenho palavras; e se as tivesse, muito provavelmente não seriam publicáveis aqui.
Comentário(s)
10 Comentário(s)

10 comentários :

  1. Paulo Cesar

    Olá! Realmente, vídeo chocante! Confesso que me enviaram esse vídeo e não consegui assistir todo ele. É de fato uma atitude sem explicação e justificativa!!! Não dá pra entender o que leva algumas pessoas se comportarem dessa maneira, tão cruel!

    Ainda quero continuar acreditando no ser humano, mas tem horas que é difícil!!!

    Beijinhos...
    JoicySorciere ==> Blog Umas e outras...

    ResponderExcluir
  2. Tenso...ela pode perder a guarda da criança

    ResponderExcluir
  3. Paulo, tudo bem amigo?
    pois é... também não tenho muitas palavras não... assinei pelo facebook a petição para que essa mulher pague pelo que fez, como assinei pela Lei Lobo, para que agressores de animais sofram penas, veremos...
    Grande beijo!

    ResponderExcluir
  4. Recentemente ela deu uma entrevista, e diz estar arrependida. Vai ver que ela pensou que essa atitude nao iria ter tanta repercução. Grande Abraço.

    ResponderExcluir
  5. Paulo, também faço minhas suas palavras, não quero expor minha opinião sobre essa sujeita, eu provavelmente baixaria o nível aqui, e seu blog não merece isso, mas espero que a justiça brasileira e o clamor público surta efeito, uma coisa é certa: no seu campo de relacionamentos essa sujeita já será vista com outros olhos e as pessoas vão se esquivar lentamente dela, e por um bom tempo ela amargará uma péssima reputação no seu trabalho e vizinhança. Abraço.

    ResponderExcluir
  6. Paulo, eu tenho vontade de chingar aos montes, e nesta sair palavrões,então vou abaixar meu nível.Minha opinião. ela deveria passar pela mesma dor, que o animalzinho sentiu. Ficar viva com sequelas,e viver atormentada com sua conciência.
    Paulo eu tenho um Rottwailer,que é uma criança, o trato com tanto amor tão igual ao um ser humano.Tenho 2 netas, com idades, uma de 2 anos e a outra de 9 anos, no qual brincam com THOR(Rottweiler).É meu cão preferido e se tivesse espaço eu criaria uns 7.
    Não suporto, fico desesperada com a maldade humana.
    Srm mais o que comentar.
    Bjos.

    ResponderExcluir
  7. Meu comentário, Paulo diante de tamanha desumanidade e imbecilidade, é que: - Como pode essa senhora ser mãe? Ser enfermeira? Como será o tratamento dela para com o próximo? O que deverá sofrer seus doentes em suas mãos? E a criança por ela gerada? Nem entre os animais tidos "irracionais" vemos tal acontecimento!
    Abraço, Célia.

    ResponderExcluir
  8. Pra gente que ama os animais, não consegue entender (compreender, então, nem pensar!) como pode alguém fazer isso com um ser indefeso... bahhhhhhh... um cãozinho tão pequeno... o que essa mulher tem na cabeça?

    Achou que por ter adquirido o animal tinha direito de dispor dele como bem lhe aprouvesse? Sequer lembrou que tinha um coraçãozinho batendo por debaixo dos pêlos!

    O pior é que vai dar em nada e milhares continuarão morrendo pela mesma causa: maus tratos dos donos!

    Eu não tenho palavras pra expressar o que sinto. Só lágrimas e uma dor no peito terrível!

    ResponderExcluir
  9. Passei para desejar um Santo Natal e um ano 2012, tão feliz quanto possível. Sobretudo com muita Saúde, Paz, Amor,e sobretudo que não falte o trabalho.Esses bens vão ser preciosos nos tempos que se avizinham. Tudo de bom para si, e família.
    Obrigada pelo carinho e amizade com que me acolheu entre os seus amigos. O vídeo deveras revoltante já conhecia.
    Um abraço e FESTAS FELIZES

    ResponderExcluir
  10. Paulo,
    um convite, se quiseres dar uma olhadinha no site do Paulo Cheng, tem uma entrevista com minha mana Bel:

    http://www.paulocheng.com/2011/12/entrevista-com-jornalista-gaucha-isabel.html

    Muito obrigada, abraços!

    ResponderExcluir

Gostou do blog? Volte sempre que desejar. Dúvidas, sugestões, críticas ou qualquer outro assunto, entre em contato: detudoumpoucominhaopinião@yahoo.com.br

Números telefônicos de utilidade pública no Brasil

  • Delegacias Regionais do Trabalho - 158
  • Informações sobre oferta de emprego (Sine) – 157
  • Serviço Municipal – 156
  • Serviço Estadual – 155
  • Detran – 154
  • Guarda Municipal – 153
  • Ibama – 152
  • Procon – 151
  • Vigilância Sanitária – 150
  • Justiça Eleitoral – 148
  • Governo Federal – 138
  • Transporte Público – 118
  • Energia Elétrica – 116
  • Água e Esgoto – 115
  • Serviços ofertados pelas prestadoras dos Serviços de Comunicação Eletrônica de Massa – 106
  • Serviços oferecidos por prestadoras de serviços móveis de interesse coletivo – 105
  • Serviços ofertados por prestadoras de serviço telefônico fixo – 103
  • Defesa Civil – 199
  • Polícia Rodoviária Estadual – 198
  • Polícia Civil – 197
  • Polícia Federal – 194
  • Corpo de Bombeiros – 193
  • Ambulância – 192
  • Polícia Rodoviária Federal – 191
  • Polícia Militar – 190
  • Disque- Denúncia – 181
  • Delegacias especializadas no atendimento à Mulher – 180
  • Serviços de Emergência no âmbito do Mercosul – 128
  • Secretaria dos Direitos Humanos - 100