terça-feira, 3 de janeiro de 2012

Chuvas em MG e o gesto heroico de um homem

Já observaram como toda tragédia tem seus heróis? No drama que as chuvas têm provocado em Minas Gerais nos últimos dias não poderia ter sido diferente. Mais um desses heróis que o destino se encarrega de colocar diante de um trágico acontecimento, emociona Minas Gerais e o Brasil. Seu nome, Charles Pereira da Silva, o herói na vida de Cláudia Soares e seu neto, Fabrizzio, de quatro anos, ambos resgatados por ele durante uma enxurrada em Belo Horizonte. O drama vivido pela avó e seu neto ocorreu na sexta-feira (30/12), quando seu carro é arrastado por uma enxurrada na tarde daquele dia, com os dois dentro do automóvel. Nesse momento, Charles aparece correndo pela calçada para chegar onde o carro está. Ele enfrenta a força da enxurrada e retira a criança e a mulher que dirigia. Esse é mais um daqueles gestos que emociona e nos faz crer, que no mundo em que vivemos, o amor ao próximo é um sentimento que não morrerá jamais enquanto existirem pessoas como o pedreiro Charles Pereira da Silva. Ontem (02/01), Cláudia Soares e o neto se reencontraram com Charles.
Foto: G1
O reencontro aconteceu no canteiro central da mesma avenida onde ocorreu a enxurrada. O encontro foi marcante para eles, que se abraçaram e ficaram emocionados. Charles, que faz aniversário nesse mês, disse que estava feliz, só de vê-los vivos e bem. Para ele, esse é o seu presente de aniversário.
Comentário(s)
10 Comentário(s)

10 comentários :

  1. É sempre bom ler notícias, desse tipo,saber que ainda ha pessoas dispostas a ajudar o proximo.É mais desse tipo de notícias que precisamos ler/ver.

    ResponderExcluir
  2. Olá PCzão, tudo bem meu amigo?
    Passou bem as festividades?

    Rapaz como é legal esses caras que aparecem sempre e fazem essas atitudes heróicas né? Isso mostra que realmente ainda existe gente íntegra e humana!

    Um abraço vélho e tenha um ótimo dia!

    ResponderExcluir
  3. Por essa e por tantas outras é que não podemos jamais perdermos a credibilidade no ser humano!
    Abraço novo de primeira semana de ano novo!

    ResponderExcluir
  4. Oi Paulo,
    Que sintonia! Acabei de pensar em você e você chegou. Já ia visitá-lo.

    Assisti a este e outros casos pela TV e fiquei deveras emocionada. Fico feliz que ainda existam pessoas capazes de esquecerem de si em favor do próximo. Ele merece ser chamado de herói.

    Grande abraço.

    ResponderExcluir
  5. Oi PC!
    Ah sim...o cosplay deve sempre priorizar a diversão, temos que nos sentir bem ao fazer isso. Pois é um hobby.
    E ai como passou o ano novo? Espero que tenha sido tudo bem!
    bjs

    ResponderExcluir
  6. Fiquei sensibilizada quando vi o noticiário. Tanta gente olhando e só um homem esqueceu o medo, não pensou na própria segurança, para socorrer pessoas. São os anjos que estão em nossos caminhos, sem asas, mas com muito amor e espírito de solidariedade.

    Bjs.

    ResponderExcluir
  7. Paulo, este mesmo homem, salvou antes da senhora e seu neto, um homem em outro veículo, foi o único a ter coragem de se arriscar dentre um grupo de pessoas que corriam ao lado dos carros tentando apoiar a vítimas nas sem enfrentar a correnteza para resgata-los.

    Meu estado está vivendo dramas enormes. Um absurdo que a vida ainda esteja sujeita a tais ocorrências previsíveis sem que se faça nada a respeito a não ser alojar desabrigados e condenar construções ameaçadas. isto é inaceitável.

    Um beijo!

    ResponderExcluir
  8. PC,em primeiro te desejar um ano novo,com muita saúde,paz e felicidade.
    Eu tenho visto as notícias pela TV, e ainda tem ser humano,bom com amor no seu coração.Charles Pereira da Silva,para mim é uma celebridade e merece ganhar um prêmio.A mídia da tanto nome aos nobres bois,e um ser do povo com gestos nobres,não pode ficar no anonimato.
    Maravilha de post, em meio a tristeza tem algo para aquecer nosso coração.
    Bjos.

    ResponderExcluir
  9. Oi, amigo Paulo César!
    Diante de uma tragédia, uma boa notícia: o mundo ainda não está perdido. Um heroi assim deve mesmo ser exaltado porque ultimante só vemos vilões.
    Essas tragédias já viraram rotina em todo princípio de ano.

    Belo artigo!

    Abraços!

    ResponderExcluir
  10. Paulo,
    meu amigo...
    estou um tanto emocionada com este post e nem sei se vou saber comentar direito..., mas quando eu tinha 5 anos aconteceu uma coisa muito semelhante comigo e minha família (pais e irmã), caímos dentro de um arroio no Uruguai num forte temporal, próximo a Chui, ficamos presos dentro do carro... se não passassem dois rapazes e parassem para nos salvar..., eu não estaria aqui tentando comentar...
    Beijos

    ResponderExcluir

Gostou do blog? Volte sempre que desejar. Dúvidas, sugestões, críticas ou qualquer outro assunto, entre em contato: detudoumpoucominhaopinião@yahoo.com.br

Números telefônicos de utilidade pública no Brasil

  • Delegacias Regionais do Trabalho - 158
  • Informações sobre oferta de emprego (Sine) – 157
  • Serviço Municipal – 156
  • Serviço Estadual – 155
  • Detran – 154
  • Guarda Municipal – 153
  • Ibama – 152
  • Procon – 151
  • Vigilância Sanitária – 150
  • Justiça Eleitoral – 148
  • Governo Federal – 138
  • Transporte Público – 118
  • Energia Elétrica – 116
  • Água e Esgoto – 115
  • Serviços ofertados pelas prestadoras dos Serviços de Comunicação Eletrônica de Massa – 106
  • Serviços oferecidos por prestadoras de serviços móveis de interesse coletivo – 105
  • Serviços ofertados por prestadoras de serviço telefônico fixo – 103
  • Defesa Civil – 199
  • Polícia Rodoviária Estadual – 198
  • Polícia Civil – 197
  • Polícia Federal – 194
  • Corpo de Bombeiros – 193
  • Ambulância – 192
  • Polícia Rodoviária Federal – 191
  • Polícia Militar – 190
  • Disque- Denúncia – 181
  • Delegacias especializadas no atendimento à Mulher – 180
  • Serviços de Emergência no âmbito do Mercosul – 128
  • Secretaria dos Direitos Humanos - 100