quarta-feira, 11 de julho de 2012

E sobrou para o Demóstenes a pizza, porém fria

Foto: iG
E o Demóstenes Torres não é mais senador. Como divulgado, o Plenário entendeu que, o até então senador, quebrou o decoro parlamentar por manter relações estreitas com o contraventor Carlos Augusto Ramos, o Carlinhos Cachoeira. Já vimos casos com muito mais evidências e agravantes que esse no cenário político e que, em nada deram.Tudo acabou em pizza quentinha, bem preparada e muito bem servida. Não tenho condições de avaliar com absoluta convicção se o Demóstenes é o patinho feio nessa história toda. Mas de uma coisa tenho certeza, em ano de eleição, absorver um de seus pares, ficaria muito ruim para a já arranhada e comprometida credibilidade politica. Não estou absorvendo o agora, ex-senador, porém, já tivemos casos escabrosos na politica brasileira, e aí, não me refiro tão somente ao senado federal, mas a própria câmara dos deputados e a politica num todo, que por sinal, como já vimos, tudo acabou em pizza.
Comentário(s)
6 Comentário(s)

6 comentários :

  1. Amigo Paulo César,
    Demóstenes realmente foi o bode expiatório deste caso, mas nem tanto expiatório assim.
    A maior sentença foi dada pelo julgamento público.
    Pelo menos alguém foi punido, por mais leve que seja a pena. Doravante, tudo será encarado com menos importância, como sempre acontece.

    Abraços.

    ResponderExcluir
  2. Olá, eu já estava com saudade de minhas visitas em seu blog, estou de volta agora.

    ResponderExcluir
  3. é... é... pois é... meu caro Paulo César! Abrir o caderno de política ou acessar sites é ler falcatruas mil... Não há o que se comentar mesmo; apenas e tão somente a se lamentar... Sabe aquele ditado de passar perfume em corpo sujo, sem banho? Então... tentam, mas o "povo" anda exigente por odores elegantes e finos. CHEGA! Uma saída à francesa é o que vi pela TV de "mais esse marionete"... Quando vejo o próprio Collor, resquício da minha cara pintada de outrora, em plena ativa, admito que esse tirou umas férias prolongadas...
    Abraço, Célia.

    ResponderExcluir
  4. Concordo com você e pra mim tem mais muito mais que teriam que cassar "para sempre"...Por que só UM? E os mensaleiros, só porque tem Lula no meio, eles vão aliviar. Pouca vergonha!
    Não sabia q estavas postando, vi tua postagem lá no Jacques... "relativa seriedade".
    "Estamos sem tempo" e nos afastando, será? Eu também não dou conta de visitar os amigos, tá muito difícil.
    Beijinho

    ResponderExcluir
  5. De vez em quando é necessário escolher alguém e queimar. Para quê? Para iludir a opinião pública, fazer crer que se está a actuar contra a corrupção e assim ganha-se a confiança, e mais tempo sem contestação para se fazer o que se quer.
    Um abraço

    ResponderExcluir
  6. Hehehehehehhehehe, eles vão tapando o sol com a peneira em alguns momentos, só pra enganar o povo!!!!!!!

    ResponderExcluir

Gostou do blog? Volte sempre que desejar. Dúvidas, sugestões, críticas ou qualquer outro assunto, entre em contato: detudoumpoucominhaopinião@yahoo.com.br

Números telefônicos de utilidade pública no Brasil

  • Delegacias Regionais do Trabalho - 158
  • Informações sobre oferta de emprego (Sine) – 157
  • Serviço Municipal – 156
  • Serviço Estadual – 155
  • Detran – 154
  • Guarda Municipal – 153
  • Ibama – 152
  • Procon – 151
  • Vigilância Sanitária – 150
  • Justiça Eleitoral – 148
  • Governo Federal – 138
  • Transporte Público – 118
  • Energia Elétrica – 116
  • Água e Esgoto – 115
  • Serviços ofertados pelas prestadoras dos Serviços de Comunicação Eletrônica de Massa – 106
  • Serviços oferecidos por prestadoras de serviços móveis de interesse coletivo – 105
  • Serviços ofertados por prestadoras de serviço telefônico fixo – 103
  • Defesa Civil – 199
  • Polícia Rodoviária Estadual – 198
  • Polícia Civil – 197
  • Polícia Federal – 194
  • Corpo de Bombeiros – 193
  • Ambulância – 192
  • Polícia Rodoviária Federal – 191
  • Polícia Militar – 190
  • Disque- Denúncia – 181
  • Delegacias especializadas no atendimento à Mulher – 180
  • Serviços de Emergência no âmbito do Mercosul – 128
  • Secretaria dos Direitos Humanos - 100