sexta-feira, 19 de abril de 2013

Venezuela pós-eleição

Foto/Juan Barreto- AFP
A surpresa na eleição para presidente da Venezuela não ficou por conta da vitória de Nicolás Maduro. Isso já era esperado pela maioria. Afinal, o favoritismo dele apontava para isso. E não deu outra. O que quase ninguém esperava, de fato, é que ele vencesse por uma diferença de votos tão apertada. Isso surpreendeu a todos. Henrique Capriles, o candidato opositor, com um pouco mais de destreza, acredito que poderia sair dessa eleição, mesmo derrotado, bastante fortalecido politicamente. Poderia, mas acho difícil, pois
Foto/Ronaldo Schemidt- AFP
creio que vem faltando a ele uma certa habilidade nesse processo pós-eleitoral. O que se viu durante a semana, após as suas declarações incisivas e de palavras ásperas, não querendo reconhecer a sua derrota, gerou um clima tenso na Venezuela. Até posso concordar com o seu pedido de recontagem dos votos. Mas não da maneira como o fez. O próprio Nicolás Maduro, justamente quem deveria ser contra a tal fato, se manifestou inteiramente favorável. É nesse momento que se nota a inteligência política de Maduro. É óbvio que com a confirmação de sua vitória numa possível recontagem de votos, Maduro sabe que Capriles perderia mais ainda, e dessa vez, além da eleição, poderia também perder a força política que parece ter conquistado nas urnas. Essa é a minha opinião.
Comentário(s)
4 Comentário(s)

4 comentários :

  1. Paulo, querido amigo!
    Falaste tudo já nas primeiras linhas, e concordo totalmente, creio que foi uma surpresa a vitória de Maduro por tão poucos votos...,mas fica essa questão mesmo de quando a diferença é por tão poucos votos... e penso que Capriles pediu essa recontagem sem imaginar que Maduro a aceitaria.

    Beijos e ótimos dias!

    ResponderExcluir
  2. Eu não creio que possa haver democracia em uma ditadura..

    Beijão,PC!Dani.

    ResponderExcluir
  3. Não sei até que ponto a herança de Chavez irá influenciar o futuro da Venezuela, mas este país sempre viveu numa ditadura, e a abertura para uma democracia, costuma ser lenta e gradativa, mas espero que o povo venezuelano possa ter um presidente que possa atender seus anseios mais básicos.

    Abração PC.

    ResponderExcluir
  4. Amigo... Alguns países vizinhos nossos ainda estão penando. Acho que o povo escolhe o governo que merece, mas as vezes ele é encurralado a escolher!

    Realmente, tudo que vc falou foi bem lucido e feliz!

    ResponderExcluir

Gostou do blog? Volte sempre que desejar. Dúvidas, sugestões, críticas ou qualquer outro assunto, entre em contato: detudoumpoucominhaopinião@yahoo.com.br

Números telefônicos de utilidade pública no Brasil

  • Delegacias Regionais do Trabalho - 158
  • Informações sobre oferta de emprego (Sine) – 157
  • Serviço Municipal – 156
  • Serviço Estadual – 155
  • Detran – 154
  • Guarda Municipal – 153
  • Ibama – 152
  • Procon – 151
  • Vigilância Sanitária – 150
  • Justiça Eleitoral – 148
  • Governo Federal – 138
  • Transporte Público – 118
  • Energia Elétrica – 116
  • Água e Esgoto – 115
  • Serviços ofertados pelas prestadoras dos Serviços de Comunicação Eletrônica de Massa – 106
  • Serviços oferecidos por prestadoras de serviços móveis de interesse coletivo – 105
  • Serviços ofertados por prestadoras de serviço telefônico fixo – 103
  • Defesa Civil – 199
  • Polícia Rodoviária Estadual – 198
  • Polícia Civil – 197
  • Polícia Federal – 194
  • Corpo de Bombeiros – 193
  • Ambulância – 192
  • Polícia Rodoviária Federal – 191
  • Polícia Militar – 190
  • Disque- Denúncia – 181
  • Delegacias especializadas no atendimento à Mulher – 180
  • Serviços de Emergência no âmbito do Mercosul – 128
  • Secretaria dos Direitos Humanos - 100