segunda-feira, 22 de setembro de 2014

Isadora Faber e seu “Diário de Classe”

Em 2012, com 13 anos, Isadora Faber, uma menina de Santa Catarina, estudante da 7ª série de uma escola pública, foi destaque em vários noticiários por reivindicar através da internet melhorias na sua escola. Para isso, ela criou na rede social Facebook, o Diário de Classe, A verdade..., para tornarem públicas as suas observações. Isadora ganhou na internet muitos admiradores de sua iniciativa. O fato me chamou bastante atenção e foi assunto em três oportunidades aqui; em (28 de agosto de 2012), (1º de setembro de 2012) e em (23 de fevereiro de 2013). Apesar da pouca idade, a menina Isadora mostrava com a sua atitude o comportamento de uma pessoa bastante amadurecida e consciente de sua importância naquilo que procurava desempenhar como cidadã. Não foi fácil, enfrentou algumas represálias e precisou ser forte, mas recebeu apoio de seus pais para seguir no seu propósito. Foi assim que conseguiu mudar grande parte da realidade de sua escola e inspirar outros estudantes no país a fazerem o mesmo. Com 15 anos agora e cursando o ensino médio, Isadora segue com seu Diário de Classe, A verdade... no Facebook.
(Foto: Apoio Comunicação/Divulgação)
A repercussão do “Diário de Classe” foi tanta que ele há pouco tempo virou livro. Escrito pela própria Isadora, ela conta nele um pouco de sua vida antes do “Diário”, de tudo que viveu durante esse tempo com sua página na internet, como as brigas na Justiça e os eventos que participou. Em um país tão carente de bons exemplos para a juventude, Isadora Faber é o retrato mais perfeito da imagem que queremos ter de nossos jovens. É a minha opinião.
Comentário(s)
6 Comentário(s)

6 comentários :

  1. Exemplo digno em época eleitoreira de promessas e nenhuma concretização que desmotiva-nos... ver Isadora em seu empenho e luta por melhores condições reais em sua vida pessoal e de estudante é algo que nos faz não perdermos a esperança no futuro com jovens dessa envergadura!
    Abraço.

    ResponderExcluir
  2. Precisamos de bons exemplos. E são ainda mais necessários aos jovens. Eu me lembro quando começaram a comentar a iniciativa louvável dela. Mas não sabia que escrevera um livro. Que muitos outros lutem por condições melhores no campo da educação. Bjs.

    ResponderExcluir
  3. Oi, Paulo!
    Também é a minha opinião! Ela era praticamente uma criança quando tudo começou e teve estrutura emocional para suportar as represálias, justo porque tem apoio da família e é fácil crer que nessa família o sentimento que impera é o AMOR.
    Essa menina por ser muito amada, quis expandir seu amor através de um olhar crítico para as necessidades que todos em sua escola sentiam.
    Eu assisti um TED da Isadora e fiquei apaixonada!
    A luta continua e que venham mais "Isadoras" por aí!!
    Beijus,

    ResponderExcluir
  4. Caro PC, lembro bem na época em que passou no Jornal Hoje uma reportagem sobre ela, chegou a ser perseguida pelos professores e diretores de sua escola por mostrar as mazelas do sistema podre e nocivo no qual as escolas públicas são submetidas, e esta garota está de parabéns, por sua coragem, maturidade e bom senso, um exemplo como poucos de jovens conscientizados.

    Abração pra ti.

    ResponderExcluir
  5. Olá, Pc! Tanto mais o país precisa de jovens que tenham essa consciência crítica, essa propriedade de perceber o quanto é importante desempenhar seu papel de cidadão, sem ofenças ou violência, mas com argumentos conduntes e força em sua postura crítica. Um abraço!

    ResponderExcluir
  6. São jovens assim que me fazem acreditar num mundo melhor
    Um abraço e uma boa semana

    ResponderExcluir

Gostou do blog? Volte sempre que desejar. Dúvidas, sugestões, críticas ou qualquer outro assunto, entre em contato: detudoumpoucominhaopinião@yahoo.com.br

Números telefônicos de utilidade pública no Brasil

  • Delegacias Regionais do Trabalho - 158
  • Informações sobre oferta de emprego (Sine) – 157
  • Serviço Municipal – 156
  • Serviço Estadual – 155
  • Detran – 154
  • Guarda Municipal – 153
  • Ibama – 152
  • Procon – 151
  • Vigilância Sanitária – 150
  • Justiça Eleitoral – 148
  • Governo Federal – 138
  • Transporte Público – 118
  • Energia Elétrica – 116
  • Água e Esgoto – 115
  • Serviços ofertados pelas prestadoras dos Serviços de Comunicação Eletrônica de Massa – 106
  • Serviços oferecidos por prestadoras de serviços móveis de interesse coletivo – 105
  • Serviços ofertados por prestadoras de serviço telefônico fixo – 103
  • Defesa Civil – 199
  • Polícia Rodoviária Estadual – 198
  • Polícia Civil – 197
  • Polícia Federal – 194
  • Corpo de Bombeiros – 193
  • Ambulância – 192
  • Polícia Rodoviária Federal – 191
  • Polícia Militar – 190
  • Disque- Denúncia – 181
  • Delegacias especializadas no atendimento à Mulher – 180
  • Serviços de Emergência no âmbito do Mercosul – 128
  • Secretaria dos Direitos Humanos - 100