segunda-feira, 6 de outubro de 2014

A derrapagem das pesquisas de boca de urna

Eu sei que pesquisa é estimativa e não o retrato exato de um resultado, mas os números das pesquisas de boca de urna para governador em alguns estados precisam ser explicados. Só para citar um exemplo, o Rio de Janeiro: segundo o Ibope, a boca de urna apontou Anthony Garotinho, candidato do PR, como segundo colocado. Ele apareceu na pesquisa com 28%. Já Marcelo Crivella, do PRB, ficou em 3º lugar, alcançando 18%. O resultado que saiu da apuração em nada se aproximou da estimativa do Ibope. No final, após uma disputa acirrada pelo segundo lugar, ao contrário do que previu o instituto de pesquisa, Marcelo Crivella conquistou a vice-liderança, obtendo 20,26% e garantindo assim sua chegada ao segundo turno para discutir o governo estadual com o candidato do PMDB, Luiz Fernando Pezão, 1º colocado, que somou 40,57%. Garotinho terminou mesmo em 3º lugar, 19,73%, e não em 2º, como apontou o Ibope. Esse fato ocorreu também em outros estados, apenas cito o Rio de Janeiro por ser o exemplo mais flagrante dessa, digamos, derrapagem das pesquisas. Para presidente, a surpresa ficou por conta da arrancada de Aécio Neves (PSDB), que parecia liquidado nessa eleição. Aconteceu o que para muitos era improvável diante do cenário que se apresentava. No entanto, Aécio desbancou Marina e agora disputa com Dilma o cargo de presidente da república. Neste caso, o resultado caminhou dentro da estimativa levantada pela pesquisa de boca de urna. Entretanto, os números desse tipo de pesquisa não se aproximaram da realidade do resultado da eleição para governador em alguns estados. É a minha opinião.
Comentário(s)
6 Comentário(s)

6 comentários :

  1. Meu amigo... Eu não acredito 100% em pesquisas...

    ResponderExcluir
  2. Bom por aqui se falava apenas nas eleições para a Presidência e os resultados foram os que se anunciavam, apenas a vitória do Aécio foi bem mais exuberante dos que os 26% que se falava por aqui.
    Um abraço e uma boa semana

    ResponderExcluir
  3. Intenção de voto é diferente de canditos favoritos pelas mídias.
    Aécio sempre teve força política que precisou ficar camuflada para evidenciar Marina, é assim que vejo.
    Bom dia Paulo

    ResponderExcluir
  4. Acho essas pesquisas tendenciosas e só fazem atrapalhar os eleitores, pois, quando se quer manipular, e estamos no Brasil, os rumos de qualquer eleição pode ser redirecionadas por essas pesquisas.

    Abração pra ti PC.

    ResponderExcluir
  5. Eu não confio em pesquisas e o percentual de confiabilidade que dizem representar é exagerado, fixado em quase 100% . Acabam influenciando os eleitores indecisos. Ouvi muitos dizerem que votariam em Marina porque Aécio não tinha chance e não queriam Dilma. Prejudicial a ele. Além disso, os debates provocam mudança ou definição de voto. Bjs.

    ResponderExcluir
  6. De acordo com as pesquisas,hoje é Domingo,12 de Outubro,mas considerando a margem de erro da pesquisa...Feliz Ano Novo...É bem isso que chegamos a conclusão com essas pesquisas suspeitíssimas,que só servem para fins tendenciosos de manipulação do povo...que já não pensa muito(ou melhor,tem preguiça de pensar).

    Beijão,PC!Dani.

    ResponderExcluir

Gostou do blog? Volte sempre que desejar. Dúvidas, sugestões, críticas ou qualquer outro assunto, entre em contato: detudoumpoucominhaopinião@yahoo.com.br

Números telefônicos de utilidade pública no Brasil

  • Delegacias Regionais do Trabalho - 158
  • Informações sobre oferta de emprego (Sine) – 157
  • Serviço Municipal – 156
  • Serviço Estadual – 155
  • Detran – 154
  • Guarda Municipal – 153
  • Ibama – 152
  • Procon – 151
  • Vigilância Sanitária – 150
  • Justiça Eleitoral – 148
  • Governo Federal – 138
  • Transporte Público – 118
  • Energia Elétrica – 116
  • Água e Esgoto – 115
  • Serviços ofertados pelas prestadoras dos Serviços de Comunicação Eletrônica de Massa – 106
  • Serviços oferecidos por prestadoras de serviços móveis de interesse coletivo – 105
  • Serviços ofertados por prestadoras de serviço telefônico fixo – 103
  • Defesa Civil – 199
  • Polícia Rodoviária Estadual – 198
  • Polícia Civil – 197
  • Polícia Federal – 194
  • Corpo de Bombeiros – 193
  • Ambulância – 192
  • Polícia Rodoviária Federal – 191
  • Polícia Militar – 190
  • Disque- Denúncia – 181
  • Delegacias especializadas no atendimento à Mulher – 180
  • Serviços de Emergência no âmbito do Mercosul – 128
  • Secretaria dos Direitos Humanos - 100