terça-feira, 7 de junho de 2011

Índios são atacados com bomba, pedras e coquetel molotov em ônibus escolar

Quando eu digo que o mesmo tratamento que a mídia da para fatos de extrema gravidade que ocorrem fora do eixo Rio-São Paulo não é o mesmo, eu me convenço mais ainda que estou com a razão, salvo algumas exceções. Uma grande realidade dessa minha conclusão está no fato ocorrido na última sexta-feira (03/06) no Mato Grosso do Sul, onde um ônibus que transportava 30 alunos indígenas da etnia terena foi atacado com pedras, uma bomba caseira e um coquetel molotov. Seis pessoas, incluindo o motorista, sofreram queimaduras. Cinco delas estão internadas na Santa Casa de Campo Grande (MS) e, destas, quatro estão em estado grave. O caso aconteceu no município de Miranda, a 200 quilômetros de Campo Grande. Tudo que li sobre esse atentado nesse último final de semana se resumiu a pequenas notas em sites, jornais e com pouco destaque nos telejornais. Esse fato é de uma gravidade assustadora, mais não ocorreu no Rio de Janeiro e nem em São Paulo. Ta bom, posso até está sendo radical de mais com os meios de comunicação nessa minha explanação, mais vocês hão de concordar que alguma razão sobre tudo isso eu tenho. A motivação do ataque ainda é desconhecida. A imprensa precisa acompanhar esse caso de maneira direta e encima porque tudo até agora é um grande mistério. Vamos aguardar os próximos dias para quem sabe se ter algum esclarecimento sobre esse banal, cruel e covarde atentado.
Comentário(s)
5 Comentário(s)

5 comentários :

  1. Olá PC
    Eu não soube do acidente. Lamentável mesmo.
    Que coisa, sempre a imprensa coloca Rio-SP em primeiro lugar. Tá certo que realmente são os dois estados mais fortes economicamente do país, mas não se pode desprezar os outros estados. Tudo é Brasil e tanto as notícias boas quanto as ruins, devem ser mostradas da mesma maneira.
    Um abraço e uma ótima terça feira pra ti.

    ResponderExcluir
  2. Pois é amigo a Comunicação Social continua
    a selecionar...o que fala!!!Que coisa
    estúpida, não é? Indigna...
    Estou a tentar enviar comentário pelo
    servidor Google Chorome, veremos se assim
    "resolvo a situação".
    Um beijinho e o desejo de que esteja bem.
    Irene

    ResponderExcluir
  3. Eu tb não soube desse acidente.
    É lastimável que essas coisas aconteça é a imprensa não de o devido valor ao fato.
    Meu querido,que sua semana seja de muito amor!
    Beijos é td de bom para essa pessoa linda que é vc!

    ResponderExcluir
  4. Paulo, é uma brutalidade e covardia sem tamanho, e vc tem toda a razão, se fosse no Sudeste teria repercutido muito mais, infelizmente é assim, Rio e São Paulo são a vitrine do Brasil, por menor que seja o fato que aconteça lá, é manchete na certa.

    Abração pra ti.

    ResponderExcluir

Gostou do blog? Volte sempre que desejar. Dúvidas, sugestões, críticas ou qualquer outro assunto, entre em contato: detudoumpoucominhaopinião@yahoo.com.br

Números telefônicos de utilidade pública no Brasil

  • Delegacias Regionais do Trabalho - 158
  • Informações sobre oferta de emprego (Sine) – 157
  • Serviço Municipal – 156
  • Serviço Estadual – 155
  • Detran – 154
  • Guarda Municipal – 153
  • Ibama – 152
  • Procon – 151
  • Vigilância Sanitária – 150
  • Justiça Eleitoral – 148
  • Governo Federal – 138
  • Transporte Público – 118
  • Energia Elétrica – 116
  • Água e Esgoto – 115
  • Serviços ofertados pelas prestadoras dos Serviços de Comunicação Eletrônica de Massa – 106
  • Serviços oferecidos por prestadoras de serviços móveis de interesse coletivo – 105
  • Serviços ofertados por prestadoras de serviço telefônico fixo – 103
  • Defesa Civil – 199
  • Polícia Rodoviária Estadual – 198
  • Polícia Civil – 197
  • Polícia Federal – 194
  • Corpo de Bombeiros – 193
  • Ambulância – 192
  • Polícia Rodoviária Federal – 191
  • Polícia Militar – 190
  • Disque- Denúncia – 181
  • Delegacias especializadas no atendimento à Mulher – 180
  • Serviços de Emergência no âmbito do Mercosul – 128
  • Secretaria dos Direitos Humanos - 100