quarta-feira, 22 de junho de 2011

Rio recolhe viciados em crack das ruas para tratá-los

Foto: G1
Eu sei que elogiar politico nesse pais é um pouco temerário, mais vou correr esse risco, só a iniciativa já merece. Parabéns ao Jovem prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo paz, a primeira autoridade politica desse pais, com o apoio do governador do Estado, Sérgio Cabral a fazer alguma coisa a respeito da grande epidemia do crack e seus viciados. A secretaria municipal de Assistência Social da capital Fluminense tem recolhido das ruas os viciados em drogas, principalmente o crack. A medida tem amparo judicial e vem sendo comandada pelo secretário Municipal de Assistência Social, Rodrigo Bethlem . Finalmente, os nossos jovens, esses principalmente, podem enfim, depois de se entregarem a auto destruição do efeito insano que a droga provoca, um resgate do assombroso e terrível caminho, quase sem volta que a droga pode levar. Mais de mil pessoas já foram tiradas das ruas até aqui. Um grande número de crianças largadas e entregues ao crack nas ruas vem sendo recolhidas. O mais importante, não é o simples fato de recolhê-las apenas, é a oportunidade que está se oferecendo a elas. As pessoas adultas, jovens, adolescentes e as crianças estão recebendo abrigo, tratamento e todo acompanhamento psicológico, com especialistas participando diretamente desse processo de recuperação do dependente. Essa medida que tem como mentor intelectual, o secretário, Rodrigo Bethlem , tem uma grande possibilidade de se tornar referencia para o pais. Antes, essa gente não ficava 24 horas nos abrigos, oque agora é diferente, por entender, de acordo com a justiça que os viciados não tem consciência, nem raciocínio logico para saber oque é melhor para elas. Respaldados no direito de ir e vim e na menoridade, eles retornavam as ruas nos mesmos lugares onde haviam sido encontrados. Esse fato ocorria sucessivas vezes e a sensação para a sociedade era de caso perdido. Em dando certo, e eu já estou torcendo para que dê, essa será talvez a única saída para os milhares de adultos, crianças, jovens e adolescentes que o país perde todos os dias para a devastadora desgraça do crack e, agora, como se não bastasse, o oxi. Pode até surgir uma outra ideia melhor que essa, mais vejo que ainda está longe dos nossos olhos e conhecimento.
Comentário(s)
4 Comentário(s)

4 comentários :

  1. Ótimo post para refletir sobre política e desassociarmos este tema de corrupção apenas...


    abraços

    ResponderExcluir
  2. O Rio de Janeiro (na minha opinião) é a melhor cidade do brazil, embora não sendo a capital, acho que é a cidade mais desenvolvida do Brazil! (E de que maneira) Abraço!

    ResponderExcluir
  3. Espero que muitos corações se despertem para a urgencia que se tem em investir em educação de qualidade e apoio a familia, para que assim os jovens se sintam firmes em seguir seus sonhos e não percorrer caminhos negros.

    Bjos no coração e tudo de bom.

    ResponderExcluir
  4. Parabéns a equipe do Prefeito, por essa iniciativa!

    Que os prefeitos de outras cidades, possam copiar essa brilhante ideia...

    ResponderExcluir

Gostou do blog? Volte sempre que desejar. Dúvidas, sugestões, críticas ou qualquer outro assunto, entre em contato: detudoumpoucominhaopinião@yahoo.com.br

Números telefônicos de utilidade pública no Brasil

  • Delegacias Regionais do Trabalho - 158
  • Informações sobre oferta de emprego (Sine) – 157
  • Serviço Municipal – 156
  • Serviço Estadual – 155
  • Detran – 154
  • Guarda Municipal – 153
  • Ibama – 152
  • Procon – 151
  • Vigilância Sanitária – 150
  • Justiça Eleitoral – 148
  • Governo Federal – 138
  • Transporte Público – 118
  • Energia Elétrica – 116
  • Água e Esgoto – 115
  • Serviços ofertados pelas prestadoras dos Serviços de Comunicação Eletrônica de Massa – 106
  • Serviços oferecidos por prestadoras de serviços móveis de interesse coletivo – 105
  • Serviços ofertados por prestadoras de serviço telefônico fixo – 103
  • Defesa Civil – 199
  • Polícia Rodoviária Estadual – 198
  • Polícia Civil – 197
  • Polícia Federal – 194
  • Corpo de Bombeiros – 193
  • Ambulância – 192
  • Polícia Rodoviária Federal – 191
  • Polícia Militar – 190
  • Disque- Denúncia – 181
  • Delegacias especializadas no atendimento à Mulher – 180
  • Serviços de Emergência no âmbito do Mercosul – 128
  • Secretaria dos Direitos Humanos - 100