sexta-feira, 12 de agosto de 2011

Câmara é uma fábrica de loucos, diz Tiririca

Foto: Folha de S.Paulo
Câmara dos Deputados, "é uma fábrica de loucos. Uma fábrica de loucos". A afirmativa é do Deputado, Francisco Everardo Oliveira Silva do PR-SP, conhecido pela alcunha de Tiririca, numa entrevista concedida a colunista do Jornal Folha de S.Paulo, Mônica Bergamo, publicada na edição de quinta-feira (11/08). Sobre os Deputados, ele diz mais, "É uma pessoa que trabalha muito e produz muito pouco". Isso, ele dizendo que é uma fábrica de loucos! Eu perguntaria ao Deputado, não seria correto dizer, trabalha pouco e produz da mesma forma, ou seja, pouco também. Em outro trecho da entrevista ele fala que os parlamentares por muitas vezes entram pela madrugada com discussões intermináveis e que "ninguém escuta ninguém". Quando foi candidato, seu slogan dizia assim: "Vote no Tiririca. Pior que tá não fica". Dessa forma tornou-se o Deputado mais votado em São Paulo, em 2010, com 1,350 milhão de votos, mesmo dizendo no horário eleitoral que não sabia oque faz um Deputado Federal. Termino dizendo o seguinte, me incomoda muito quando vejo ao analisarem o Tiririca, o preconceito embutido. A razão desses preconceitos nem vale a pena citar aqui, acredito seja do conhecimento de todos. Existem alguns pseudos intelectuais na nossa política, que nem deveriam estar nas posições que ocupam. Muitos são tratados até como doutores, excelências, senhorias e no entanto são os que envergonham o país e roubam a esperança do povo. A mim, cabe analisar o Tiririca como politico, aquele que através do voto recebeu uma procuração para representar o cidadão Paulista na conquista e na defesa dos seus interesses. Seguindo essa linha de raciocínio, eu concluo dizendo, até aqui, não disse a que veio. Essa é a minha opinião
Fonte: Folha de S.Paulo
Comentário(s)
10 Comentário(s)

10 comentários :

  1. Olá, amigo. Tá sumido.
    Concordo com você, mas nenhum deles diz nada, são todos iguais, ele foi eleito pelo povo revoltado com a situação do Brasil, só roubalheira...
    Tanto faz se é palhaço ou ladrão!
    Abraços da amiga Mery.

    ResponderExcluir
  2. É uma fábrica, mas não bem de loucos e sim de outra coisa! rsrs
    Ótimo post!
    Quanto ao Tiririca mesmo, tenho que ter mais elementos para dar uma opinião mais completa.
    Grande abraço, amigo!

    ResponderExcluir
  3. Acabam por ser todos farinha do mesmo saco. Ninguém trabalha, ninguém produz e na primeira oportunidade metem a mão no que puder. Alguns entram até com uma certa vontade de fazer alguma coisa, mas ao se depararem com a mamata, acabam mamando também.É o Brasil mostrando sua cara.
    Abraço.

    ResponderExcluir
  4. Concordo! Aquilo lá é um desacordo total! NINGUÉM TRABALHA!!! É só roubalheira! Mas pronto, há pessoas assim! :(

    Abraço :)

    ResponderExcluir
  5. Todos são iguais,ninguem fas absolutamente nada,o negócio é mamar, seja quem for.Prefiro o Tiririca nas telas,fazendo o seu humor.Nada contra, mas...bem o povo o colocou lá então quem votou nelê, sem reclamações não é mesmo?. Detesco política e não acredito em nenhum. AH! se a gente pudesse falar o que sente,hummmmmmm!não ia dar certo.
    Amigo Feliz Dia dos Pais(caso seja)

    ResponderExcluir
  6. Ele pelo menos tem a desculpa de que é um palhaço falando e fazendo palhaçadas, o que não vem a justificar a falta de ação, já os outros ditos intelectuais por sua vez fazem tanto ou mais palhaçadas que o Deputado em questão e ainda usam o véu da seriedade para executar os seus desmandos.

    ResponderExcluir
  7. O abestado,ressurgiu das profundezas do comodismo!Tiririca mais perdido que cego em tiroteio naquele sagrado local.Como todos,inclusive.Não fazem nada,ficam falando coisas sem sentidos só para dar pinta(é mesmo esse o termo)na TV câmera(tortura psicológica).Eu realmente não reconheço o senhor Tiririca como representante dos interesses do povo naquele circo,aliás,não reconheço nenhum dos seus nobres colegas de trabalho(leia-se emprego generoso).
    E como cantou Renato um dia:"Mas todos acreditam no futuro da nação".
    Um Beijão pra ti,PC!Um lindo sábado.Dani.

    ResponderExcluir
  8. Paulo César, palhaço deputado sabemos que há um, agora deputados palhaços são 512. Pelo menos o Tiririca, e não o Francisco Everardo, tem coragem de fazer uma autocrítica.
    Ele está cumprindo em parte o que nos prometeu, pois está nos dizendo o que um deputado (não) faz, que prometeu nos revelar se caso ganhasse.


    Ele é o retrato e não a caricatura da política brasileira.

    Até mais!

    ResponderExcluir
  9. Bom q ele produz muita polêmica isso ninguém pode negar.
    Acho q ele está agindo de acordo com o esperado. Nem mais nem menos.
    Se ele não der prejuízos já tá de bom tamanho.
    Abç
    Tem um selinho lá no blog pra vc PC ;D

    ResponderExcluir
  10. pelo menos agora ele descobriu o que faz um deputado federal, e alem de ser fábrica de loucos, é fábrica de ladrão tbm!

    ResponderExcluir

Gostou do blog? Volte sempre que desejar. Dúvidas, sugestões, críticas ou qualquer outro assunto, entre em contato: detudoumpoucominhaopinião@yahoo.com.br

Números telefônicos de utilidade pública no Brasil

  • Delegacias Regionais do Trabalho - 158
  • Informações sobre oferta de emprego (Sine) – 157
  • Serviço Municipal – 156
  • Serviço Estadual – 155
  • Detran – 154
  • Guarda Municipal – 153
  • Ibama – 152
  • Procon – 151
  • Vigilância Sanitária – 150
  • Justiça Eleitoral – 148
  • Governo Federal – 138
  • Transporte Público – 118
  • Energia Elétrica – 116
  • Água e Esgoto – 115
  • Serviços ofertados pelas prestadoras dos Serviços de Comunicação Eletrônica de Massa – 106
  • Serviços oferecidos por prestadoras de serviços móveis de interesse coletivo – 105
  • Serviços ofertados por prestadoras de serviço telefônico fixo – 103
  • Defesa Civil – 199
  • Polícia Rodoviária Estadual – 198
  • Polícia Civil – 197
  • Polícia Federal – 194
  • Corpo de Bombeiros – 193
  • Ambulância – 192
  • Polícia Rodoviária Federal – 191
  • Polícia Militar – 190
  • Disque- Denúncia – 181
  • Delegacias especializadas no atendimento à Mulher – 180
  • Serviços de Emergência no âmbito do Mercosul – 128
  • Secretaria dos Direitos Humanos - 100