terça-feira, 9 de agosto de 2011

No Quênia, metade da população come uma vez por dia

Um relato dramático e desumano divulgado pelo Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef ), expõe uma desigualdade gritante diante dos olhos do mundo. Na região de Turkana, noroeste do Quênia, metade das famílias que ali vivem, não conseguem se alimentar mais de uma vez ao dia.
Foto: Folha.com
Meus queridos amigos blogueiros e leitores de nosso blog, já pararam para imaginar essa realidade diante de seus olhos? É uma realidade que dilacera a alma, corrói o espírito e destrói um coração. O principal drama dessa gente e que desencadeia a fome está na grave seca que assola a região do Chifre da África. Em meio a toda essa condição de miséria, populações de quenianos da região fronteiriça com Uganda, Sudão do Sul e Etiópia sofrem ainda, com ameaça de ladrões sudaneses e etíopes na distribuição de ajuda alimentar para aquele sofrido e castigado povo. 11 Milhões de pessoas, especialmente na Somália, onde cinco regiões foram declaradas oficialmente em estado de fome, revela um retrato de total miséria humana. Essa apavorante realidade é uma estimativa da ONU (Organização das Nações Unidas) e que fatalmente deva ser bem pior até, como se isso ainda fosse possível, ser pior! Diante do fato que se apresenta, eu pergunto, que mundo estamos vivendo e que mundo estamos construindo? Tenho muito medo das respostas dos poderosos que se acham donos do mundo, porque nesse caso a minha pergunta poderá ser outra, que mundo é esse?
Comentário(s)
9 Comentário(s)

9 comentários :

  1. Triste realidade, enoja até! Por vezes reclamamos, não sabemos o que é sofrer.
    Estive ausente, agora de volta amigo, passa lá!
    Seu texto é um alerta, parabéns. Abraços

    ResponderExcluir
  2. Coitados! Já ouvi dizer que alguns, às vezes, preferem morrer do que continuar vivos! Isto quer dizer que o sofrimento é tanto que por vezes querem deixar a vida! Acho que aqueles ricos deviam tomar atenção a isto e ajudar!

    Abração!

    ResponderExcluir
  3. É triste ver algo desse tipo em pleno século XXI, mostra o quanto a humanidade precisa crescer. Países como Quênia, Serra Leoa e Somália são fruto de políticas falhas e ditatoriais onde certo grupo com um pouco mais de poder passa a controlar o restante do todo de forma agressiva para benefício próprio.

    Abraço

    ResponderExcluir
  4. Paulo Cesar, tudo bem?
    Que post, amigo! Que horror... e muito disso acontece aqui no Brasil mesmo. E fazer o quê? ...

    Paulo, muito obrigada pelo comentário por lá. Tento sim, propositalmente fazer textos curtos, é o correto para linguagem na internet e também respeito aos seguidores e o tempo deles rsrs
    Por aqui também, além disso, textos muito bem-escritos, assuntos atuais! Dá orgulho de acompanhar por teu trabalho!
    Grande abraço!

    ResponderExcluir
  5. Nossa, que coisa triste... corta o coração! Enquanto isso, as pessoas por aqui preferem discutir se é válido ou não ter um dia do 'orgulho heterosexual'. Lamentável! Sempre me pego pensando em que mundo é esse... o que estamos fazendo... onde vamos parar!

    ResponderExcluir
  6. Caro colega blogueiro, vi o seu comentário no blog folhas soltas e vim até o seu blog para convidá-lo para visitar o meu blog. Aparece lá e dá sua opinião e sua participação.

    ResponderExcluir
  7. Sinceramente,esse mundo está uma pouca vergonha.Aqui mesmo em solos tupiniquins podemos verificar esse mesmo quadro crítico,fruto da desigualdade social provocada pelo capitalismo podre,elitista e perverso(e muito).
    Beijão,PC!Dani.

    ResponderExcluir
  8. Isso prova que o mundo em que nós vivemos é um mundo miserável e que os governos são malignos que não se importam com a desgraça alheia. Com o disperdício de alimentos que há no mundo, o desvio de dinheiro público, as corrupções e tantas outras mazelas no poder público, essa situação na África já deveria ter sido solucionado. Mas creio Paulo que esses malditos que estão por trás disso vão pagar muito caro no dia do Juizo Final.

    Abração pra ti.

    ResponderExcluir
  9. Concordo contigo e sempre pensei o mesmo: "É uma realidade que dilacera a alma, corrói o espírito e destrói um coração". Meu Deus, quando essa realidade vai mudar? Quando o ser humano vai conseguir olhar para o lado e simplesmente ajudar aquele que passa necessidade????

    ResponderExcluir

Gostou do blog? Volte sempre que desejar. Dúvidas, sugestões, críticas ou qualquer outro assunto, entre em contato: detudoumpoucominhaopinião@yahoo.com.br

Números telefônicos de utilidade pública no Brasil

  • Delegacias Regionais do Trabalho - 158
  • Informações sobre oferta de emprego (Sine) – 157
  • Serviço Municipal – 156
  • Serviço Estadual – 155
  • Detran – 154
  • Guarda Municipal – 153
  • Ibama – 152
  • Procon – 151
  • Vigilância Sanitária – 150
  • Justiça Eleitoral – 148
  • Governo Federal – 138
  • Transporte Público – 118
  • Energia Elétrica – 116
  • Água e Esgoto – 115
  • Serviços ofertados pelas prestadoras dos Serviços de Comunicação Eletrônica de Massa – 106
  • Serviços oferecidos por prestadoras de serviços móveis de interesse coletivo – 105
  • Serviços ofertados por prestadoras de serviço telefônico fixo – 103
  • Defesa Civil – 199
  • Polícia Rodoviária Estadual – 198
  • Polícia Civil – 197
  • Polícia Federal – 194
  • Corpo de Bombeiros – 193
  • Ambulância – 192
  • Polícia Rodoviária Federal – 191
  • Polícia Militar – 190
  • Disque- Denúncia – 181
  • Delegacias especializadas no atendimento à Mulher – 180
  • Serviços de Emergência no âmbito do Mercosul – 128
  • Secretaria dos Direitos Humanos - 100