quarta-feira, 2 de novembro de 2011

Brasil vai ser sede da maior conferência mundial sobre preservação ambiental e desenvolvimento sustentável

Em 2012, o Brasil vai sediar a mais importante conferência de desenvolvimento sustentável da ONU (Organizações das Nações Unidas), denominada, RIO+20. Relembrar e renovar o engajamento dos líderes mundiais com o desenvolvimento sustentável do Planeta, será o grande objetivo da RIO+20. A Conferência tem sido tema de todas as reuniões da presidente Dilma Rousseff com autoridades estrangeiras. Em Cannes, na França, onde participa da reunião da 6ª Cúpula do G20 (que reúne as 20 maiores economias do mundo), o assunto será abordado.
Reprodução/Site
A RIO+20 será a maior conferência mundial sobre preservação ambiental e desenvolvimento sustentável já realizada e contará com a presença de mais de cem presidentes da República e primeiros-ministros. Trazendo assim, mais uma vez, os holofotes do mundo para o nosso país. A Rio+20 ocorrerá duas décadas depois de outra conferência que marcou época, a Rio 92. O grande objetivo dessa conferência será, definir um modelo internacional para os próximos 20 anos com base na preservação do ambiente, mas com foco na melhoria da qualidade de vida a partir da erradicação da pobreza, da economia verde e do desenvolvimento sustentável para uma governança mundial. Sincera e honestamente, torço muito para que desse grandioso e importante evento possam sair soluções objetivas e concretas no trato com o nosso meio ambiente. A Rio 92 nesse sentido, frustrou bastante as nossas espectativas. De toda forma, entendo essa conferência como importante para uma grande reflexão mundial sobre o tema meio ambiente e desenvolvimento sustentável.
Comentário(s)
9 Comentário(s)

9 comentários :

  1. Paulo César, que notícia boa!
    O mundo está de olho no Brasil por causa da Copa e das Olimpíadas e agora por dessa conferência. É bom saber que o mundo precisa de nossa importância e colaboração.

    Grande matéria, boa notícia!

    Abraços!

    ResponderExcluir
  2. Espero que essa conferência realmente traga algo de útil já que quase sempre pouca coisa termina sendo resolvida em encontros assim, a idéia é boa, vamos ver qual será o resultado.

    Grande abraço

    ResponderExcluir
  3. A preservação ambiental a erradicação da pobreza...entre outros são, para mim, assuntos deveras importantes. Depois de discuros inflamados e de ideias no "papel" é preciso, isso sim, passar a agir.
    Espero que isso aconteça e que mdidas concretas sejam tomadas.
    Sou professora...e entre os vários temas que debato com os meus alunos...esses são os temas de eleição.

    Obrigada.

    ResponderExcluir
  4. Oi, Paulo César espero que realmente não fiquem apenas teorizando o que deva ser feito, mas que partam (partamos) para a p´ratica de ações que converjam realmente para o meio ambiente e a sustentabilidade do planeta! Feliz sua colocação para nossa reflexão comunitária!
    Abraço da Célia.

    ResponderExcluir
  5. Lembro-me da Eco 92, e diante de tanto blah blah blah a coisa continuou a mesma coisa, os desmatamentos continuaram, e as agressões ao meio ambiente prosseguiram, espero que nessa conferência a coisa saia do papel, pois não adianta discutir como está a situação, pois é notório que está um caos.

    Um abração pra ti PC.

    ResponderExcluir
  6. Oxalá o mundo se entenda, e tome o rumo certo no sentido de apresentar novas medidas de combate à poluição, que a natureza já está saturada de tantos maus tratos.
    Um abraço

    ResponderExcluir
  7. OI,
    Querido amigo, Deus permita que tudo aconteça e nada fique só em promessas e em palavras pois o vento costuma levar.
    Um grande abraço.

    ResponderExcluir
  8. Ótima notícia, realmente, Paulo Cesar.
    Já passou há muito tempo da hora de apenas se falar em proteger-se o meio ambiente e colocar-se a ação no lugar das palavras.
    Resta esperar que daí surjam práticas verdadeiramente concretas, e não pseudo funcionais, como o Protocolo de Kyoto, onde países excessivamente poluidores, como os EUA, compram as cotas de países menos poluidores e seguem sua sina de descaso com o planeta.
    E só surgirá uma nova forma de se pensar sobre o ambiente quando as pessoas deixarem o imediatismo de lado e se preocuparem com as gerações vindouras o que, em países como o Brasil, é algo realmente difícil de ocorrer.
    Difícil, mas não impossível.
    Agradeço por tua inspirada e sincera presença lá no site e te deixo um abraço, Paulo Cesar.

    ResponderExcluir
  9. O mundo precisa dessa consciência. Só espero que haja bastante engajamento dos povos e que reuniões não se tornem, tão somente, motivo de festas.

    Bjs.

    ResponderExcluir

Gostou do blog? Volte sempre que desejar. Dúvidas, sugestões, críticas ou qualquer outro assunto, entre em contato: detudoumpoucominhaopinião@yahoo.com.br

Números telefônicos de utilidade pública no Brasil

  • Delegacias Regionais do Trabalho - 158
  • Informações sobre oferta de emprego (Sine) – 157
  • Serviço Municipal – 156
  • Serviço Estadual – 155
  • Detran – 154
  • Guarda Municipal – 153
  • Ibama – 152
  • Procon – 151
  • Vigilância Sanitária – 150
  • Justiça Eleitoral – 148
  • Governo Federal – 138
  • Transporte Público – 118
  • Energia Elétrica – 116
  • Água e Esgoto – 115
  • Serviços ofertados pelas prestadoras dos Serviços de Comunicação Eletrônica de Massa – 106
  • Serviços oferecidos por prestadoras de serviços móveis de interesse coletivo – 105
  • Serviços ofertados por prestadoras de serviço telefônico fixo – 103
  • Defesa Civil – 199
  • Polícia Rodoviária Estadual – 198
  • Polícia Civil – 197
  • Polícia Federal – 194
  • Corpo de Bombeiros – 193
  • Ambulância – 192
  • Polícia Rodoviária Federal – 191
  • Polícia Militar – 190
  • Disque- Denúncia – 181
  • Delegacias especializadas no atendimento à Mulher – 180
  • Serviços de Emergência no âmbito do Mercosul – 128
  • Secretaria dos Direitos Humanos - 100