sexta-feira, 11 de novembro de 2011

Como gostaria de ver o povo mais unido

Um fato me chamou bastante atenção ontem no Rio, quando do protesto contrario a nova proposta de divisão dos royalties do petróleo, que levou uma multidão de 150 mil pessoas para as ruas da capital. A presença, em grande quantidade, de artistas e famosos em meio ao povo.
Todos num único proposito, protestar contra a mudança na lei dos royalties, que tira do Rio, bilhões de reais do seu orçamento para uma nova proposta de divisão desse dinheiro. Nesse ato, que reuniu uma multidão na capital Fluminense, se podia ver a presença de gente, que de alguma forma contribui com sua presença para um ato reivindicatório. Figuras famosas como Regina Casé, o ator Marcos Frota, a apresentadora Xuxa, a atriz e apresentadora Cissa Guimarães, a nossa querida Fernanda Montenegro, que discursou para o público presente, além de cantores, grupos e bandas, como Tony Garrido, que interpretou o hino nacional brasileiro, Lulu Santos, o cantor gospel Kleber Lucas, entre outros. Talvez se perguntem agora, o que chamou sua atenção PC? Afinal, a coisa mais fácil de se ver no Rio é famoso. Mas não foi o fato de serem famosos que me despertou atenção, e sim, vê-los reunidos, exercendo suas cidadanias e assim como os anônimos da fama, reivindicar pelas coisas que acreditam e pelas mudanças que venham favorecer a todos, famosos ou não. Como gostaria de ver o povo mais unido nos seus propósitos e objetivos, principalmente contra os maus políticos, que nos esbofeteia o rosto todos os dias, quando tomamos conhecimento de seus atos ilícitos e da maneira como se locupletam com o erário. Queria também ver manifestada toda nossa capacidade de indignação diante dos escândalos da corrupção que assola e mata a esperança de cada brasileiro, que apesar de tudo, ama de todo coração, esse país.
Comentário(s)
13 Comentário(s)

13 comentários :

  1. Oi, grande Paulo César!
    Talvez isso seja um sinal de evolução de nossa democracia: o povo querendo participar de decisões que interessam o país e, consequentemente a ele.
    Seu desejo, meu grande amigo, deveria ser o de todos nós, ansiosos por atitudes úteis e cansados de guerra. Mas isso não é utópico, pois a mudança está nas nossas mãos. Basta termos consciência disso e quisermos.

    Seu artigo é muito interessante e importante para o momento!

    Abraços!

    ResponderExcluir
  2. Olá, PC, Bom Dia!

    Ver uns poucos se unirem em prol de algo que afeta a vida de muitos, realmente não é cena do cotidiano.

    Muito bom o enfoque de suas postagens, PC.

    *fique à vontade pra trazer um dos selos que ofereço no final do blog*


    abraços/!

    ResponderExcluir
  3. ... "deitado eternamente em berço explêndido"...
    Será que acordamos do sono letárgico? Na prática iremos entoar outro hino? Já não é sem tempo, pois batalhar um dia inteiro pelo sustento próprio e o da família e, ao chegar em casa depararmo-nos com notícias de corrupção, de desvios de verbas, de cinismos à toda prova: "Dilma, eu te amo"... Oras, paciência tem limite! Redistribuição de Rendas, já!!
    Abraço, Célia.

    ResponderExcluir
  4. É verdade,PC.
    Como seria bom ver as pessoas mais unidas,sem estarem tão perdidas unicamente nos seus umbigos.

    Bom fds,bjka

    ResponderExcluir
  5. Que bom amigo essa maifestação com a sempre
    grande Fernanda Montenegro.Aí parece que ainda
    há o protesto, apesar de puderem ser sempre mais.
    Aqui vamos ter uma greve geral dia 24 deste
    mês, veremos que adesão vai ter.As pessoas já
    têm tão pouco dinheiro, que perder um dia de
    trabalho não é fácil,mas espero que muitos façam
    greve.Um abraço amigo.Bom fim de semana.Irene

    ResponderExcluir
  6. Ah Paulo! Como comungo desse mesmo desejo seu, como eu gostaria, ah como!

    Não só do povo unido, reivindicando juntos, conhecendo e validando o seu poder, como também, buscando entender, acompanhar os acontecimentos, pedindo explicação daquilo que estiver difícil entender, se interessando, não achando que falar de política é ser chato, é bradar em vão, não se envergonhando de se envolver naquilo que deveria causar vergonha somente aos outros.

    Engana-se quem pensa que é cool não se interessar por política, economia ou qualquer outro assunto que rege a nossa vida que traça os caminhos, as dores ou alívios que iremos enfrentar.

    Ah! como eu queria que o povo descobrisse seu poder, ao invés de entrega-lo todo nas mão daqueles que colocam lá e depois ficar de braço cruzado reclamando e sofrendo, tentando se distrair e enganar longe da política e da consciência.

    Se é o povo que põe, porque depois pensa que não pode fazer mais nada?

    Beijos Paulo, bom final de semana!

    ResponderExcluir
  7. Olá PC,

    Em Portugal há uma canção e uma frase revolucionária, que dizem: "Agora, o povo unido nunca mais será vencido, nunca mais será vencido..."!
    Pois é, acho, é minha opinião, que essa manifestação no Rio é um sinal de modernidade e abertura na democracia.
    Afinal, plebeu e famoso, que, também, é da plebe, quer ver os seus direitos satisfeitos. Claro, que não devemos nos esquecer dos deveres.
    Em conjunto e em uníssono, tudo é mais coeso e forte.

    BOM FIM DE SEMANA.

    Beijos carinhosos de luz.

    ResponderExcluir
  8. Oi PC!
    Olha eu não sei se realmente meu artigo sobre Angel Sanctuary é capaz de aguçar a curiosidade das pessoas. Disse o que eu penso sobre a obra em si...que me atraio desde o começo. Gosto de obras ousadas e polêmicas pois sempre vem carregadas de muita reflexão.
    Quanto á relação de irmãos, ouso dizer que fiquei encantada com um filme francês chamada Os Sonhadores, que trata dessa questão.
    Obrigada pelo seu bom comentário, como sempre!

    É..e quem dera se as pessoas fossem mais unidas em certas coisas né?
    Bjs e bom feriado!

    ResponderExcluir
  9. Também fico feliz em ver essa gente do meio artístico exercendo sua cidadania, mas essa história de Royalties ainda gera controvérsias, e ou outros estados que são pobres e que esse dinheiro seria tão bem vindo? Bem, ao meu ver acho que esse dinheiro deveria ser dividido de forma igualitária, mas esse tipo de ponto de vista é minoritário.

    Abração.

    ResponderExcluir
  10. Boa tarde, Paulo Cezar
    Eu estava lá e participei também contra a corrupção.
    Deveria ter mais mobilizações a favor do reforma código penal ultrapassado e medíocre .Até em Angola que morei por 6 meses, tem leis mas coerentes que a nossa e são aplicadas de forma exemplar.
    Conheci seu blog através de alguém que segue o meu blog. Ótimo, vou vir de enquanto.
    Tenha um bom final de semana!
    www.caricaturasdapati.blogspot.com

    ResponderExcluir
  11. Eu não sei por que tanta ganancia, sou contra está manifestação, sou a favor da divisão do royalties do petróleo, essa manifestação só foi assim, por que por trás dela tinha politicagem gananciosa e nem me venham falar que não por que eu acompanhei de perto essa discaradisse, será que ninguém vê que os politicos não querem dividir o dinheiro por que assim não terá mais milhões para roubar, não terá mais milhões para sonegar!! O povo pra MIM continua BURRO!! Por que não vão pra rua fazer manifestação em favor das mudanças imediatas do codigo penal brasileiro, mamar na vaca ninguém quer!!

    ResponderExcluir

Gostou do blog? Volte sempre que desejar. Dúvidas, sugestões, críticas ou qualquer outro assunto, entre em contato: detudoumpoucominhaopinião@yahoo.com.br

Números telefônicos de utilidade pública no Brasil

  • Delegacias Regionais do Trabalho - 158
  • Informações sobre oferta de emprego (Sine) – 157
  • Serviço Municipal – 156
  • Serviço Estadual – 155
  • Detran – 154
  • Guarda Municipal – 153
  • Ibama – 152
  • Procon – 151
  • Vigilância Sanitária – 150
  • Justiça Eleitoral – 148
  • Governo Federal – 138
  • Transporte Público – 118
  • Energia Elétrica – 116
  • Água e Esgoto – 115
  • Serviços ofertados pelas prestadoras dos Serviços de Comunicação Eletrônica de Massa – 106
  • Serviços oferecidos por prestadoras de serviços móveis de interesse coletivo – 105
  • Serviços ofertados por prestadoras de serviço telefônico fixo – 103
  • Defesa Civil – 199
  • Polícia Rodoviária Estadual – 198
  • Polícia Civil – 197
  • Polícia Federal – 194
  • Corpo de Bombeiros – 193
  • Ambulância – 192
  • Polícia Rodoviária Federal – 191
  • Polícia Militar – 190
  • Disque- Denúncia – 181
  • Delegacias especializadas no atendimento à Mulher – 180
  • Serviços de Emergência no âmbito do Mercosul – 128
  • Secretaria dos Direitos Humanos - 100