sábado, 19 de novembro de 2011

Em seu blog, egípcia posa nua e provoca indignação

Foto: Reprodução blog
Aliaa Magda Elmahdy, uma jovem egípcia de 20 anos, estudante universitária, segundo informações da Associated Press, usou o seu blog para protestar contra restrições à liberdade de expressão e provocou indignação no Egito, sendo condenada tanto por conservadores como por liberais. Para chamar atenção no seu protesto, Elmahdy foi ousada e determinante na forma de fazer, postou em seu blog, fotos de si mesma nua. Para quem não sabe, a nudez é extremamente rejeitada pela sociedade egípcia, mesmo como uma forma de arte. As fotos, que mostram a ativista de pé usando apenas meias, são, segundo palavras dela, "gritos contra uma sociedade de violência, racismo, sexismo, assédio sexual e hipocrisia". Até aqui, Elmahdy recebeu em seu blog mais de 1,5 milhão de acessos. Vejam vocês como as redes sociais tem sido a grande ferramenta da Internet, quebrando até mesmo as barreiras do silêncio e da subserviência, impostas por muitos países que usam do autoritarismo  e de suas posições ditatoriais para escravizarem uma nação.
Comentário(s)
12 Comentário(s)

12 comentários :

  1. Oi, Paulo César!
    Realmente é uma importante ferramenta para derrotar esses regimes fechados e não precisa ser uma pessoa importante nem um herói para fazer uma façanha.
    Sou sempre a favor de protesto desta natureza.

    Notícia inusitada! Você realmente está sempre antenado para nos trazer essas maravilhas.

    Abraços!

    ResponderExcluir
  2. Querido amigo Paulo, tudo bem?
    Que notícia diferente, não tinha sabido nada disso não! Interessante este protesto, é o meio virtual despontando!
    Será que essa moda pega na nossa blogosfera rsrs
    Bem, isso foi uma brincadeira rsrs

    Meu amigo, você sempre me emocionando por lá. Te expressa muito bem, e no 1 ano do Humoremconto em especial, seu carinho por lá foi muito bonito. Muitíssimo obrigada, querido amigo.
    Grande beijo e excelente fim de semana:)

    ResponderExcluir
  3. Um protesto bem original e que surtiu efeito na hipocrisia dessa sociedade, essas sociedades onde o Islamismo é associado com o poder político só gerou ao longo dos anos ditaduras, misérias, perseguições e cegueira espiritual, é uma religião sem escrúpulos, sem misericórdia, sem amor, sem Deus.

    O bom é que essas sociedades já chegaram no seu limite e estão protestando contra essa situação, e torço para que eles possam respirar como uma sociedade democrática, livre de fato.

    Abração PC.

    ResponderExcluir
  4. No Egito... tudo bem que isso ainda cause indignação! Eles têm muito a amadurecer no quesito consciência político-libertária!! Agora, no Brasil causa espanto uma pessoa hermeticamente vestida!! Em breve,a Playboy oferecerá bela recompensa à Aliaa Magda Elmahdy! Essa garota vai longe!
    Abraço, Célia.

    ResponderExcluir
  5. Pode não ser a melhor maneira de protestar, mas que parece ter surtido efeito é um facto. Logo para a jovem os fins justificaram os meios.
    Um abraço e bom fim de semana

    ResponderExcluir
  6. É a ferramenta que ela tinha em mãos, talvez usar a nudez fosse a única forma de obter a atenção desejada e conseguiu, não tirou a roupa para fazer graça e sim como forma de protesto.

    Grande abraço

    ResponderExcluir
  7. A melhor forma de protesto é justamente atingir o conservadorismo(muitas vezes hipócrita) vigente na sociedade.
    Como alguém que protesta contra a violência pode causar indignação até nos liberais? Natural que considerem o ato dela extremo, mas é melhor do que sair por aí destruindo patrimônio alheio e promovendo mais violência. E a internet é sem dúvida um meio eficaz de se ganhar voz no mundo de hoje.

    ResponderExcluir
  8. Acho que ela conseguiu se destacar....ta ai o protesto, teve polemica !

    Se fosse no Brasil, talves fosse chamada para uma revista masculina.

    Naqueles paises ainda rola muita coisa errada....

    ResponderExcluir
  9. Olá! Esse protesto teve repercursão por lá, não só no sentido de se sentirem ofendidos com a atitude da moça. Mas, mexeu com muitas outras mulheres, que se colocaram em posição de total apoio à garota e protestaram contra essa retaliação. 40 garotas foram fotografadas nuas, em p solidariedade à Aliaa Magda Elmahdy... Sim, as redes sociais estão mostrando que podem ser ferramentas poderosíssimas!
    Abraços e ótimo domingo

    ResponderExcluir
  10. Oi! Cada um usa as armas que tem, e no caso dela serviu e chamou ateção.Cada um protesta da sua maneira e do seu geito e viva as ferramentas das redes.
    Tenha uma linda semana.
    Abraços.

    ResponderExcluir
  11. Nós mulheres temos direitos a liberdade, essa estoria de rotular mulher não tá com nada e o povo arabe sabe bem fazer isso, não pode mostrar o cabelo, não pode isso e aquilo, agora homem pode tudo, pode andar de mão dada com outro homem, pode casar com varias muheres e tal, eu não serviria pra morar por lá, sou livre demais pra isso!!

    ResponderExcluir
  12. Ela é uma delicia gostosa!

    ResponderExcluir

Gostou do blog? Volte sempre que desejar. Dúvidas, sugestões, críticas ou qualquer outro assunto, entre em contato: detudoumpoucominhaopinião@yahoo.com.br

Números telefônicos de utilidade pública no Brasil

  • Delegacias Regionais do Trabalho - 158
  • Informações sobre oferta de emprego (Sine) – 157
  • Serviço Municipal – 156
  • Serviço Estadual – 155
  • Detran – 154
  • Guarda Municipal – 153
  • Ibama – 152
  • Procon – 151
  • Vigilância Sanitária – 150
  • Justiça Eleitoral – 148
  • Governo Federal – 138
  • Transporte Público – 118
  • Energia Elétrica – 116
  • Água e Esgoto – 115
  • Serviços ofertados pelas prestadoras dos Serviços de Comunicação Eletrônica de Massa – 106
  • Serviços oferecidos por prestadoras de serviços móveis de interesse coletivo – 105
  • Serviços ofertados por prestadoras de serviço telefônico fixo – 103
  • Defesa Civil – 199
  • Polícia Rodoviária Estadual – 198
  • Polícia Civil – 197
  • Polícia Federal – 194
  • Corpo de Bombeiros – 193
  • Ambulância – 192
  • Polícia Rodoviária Federal – 191
  • Polícia Militar – 190
  • Disque- Denúncia – 181
  • Delegacias especializadas no atendimento à Mulher – 180
  • Serviços de Emergência no âmbito do Mercosul – 128
  • Secretaria dos Direitos Humanos - 100