sábado, 28 de janeiro de 2012

No Rio Grande do Sul, vazamento de óleo pode ter sido responsável pela morte de cerca de dez animais.

Foto: Correio do Povo
Enquanto no Rio de Janeiro desabamento de prédios tirou a vida de muitas pessoas, em Tramandaí, Litoral Norte do Rio Grande do Sul, vazamento de óleo ocorrido em operação da Transpetro pode ter sido o causador da morte de cerca de dez animais. Não direi que esse caso também, assim como no desabamento dos prédios no Rio, seja omissão do poder público, pois corro o risco de ser taxado de ranzinza, chato e repetitivo. Foi mais uma fatalidade, dirão eles, os responsáveis. Entre os animais encontrados mortos, estavam peixes, siris, tartarugas e aves. Essa não é a primeira vez que esse tipo de situação ocorre e lamentavelmente não será a última. Só espero que antes que tenhamos um desastre ambiental de proporções trágicas, nossas autoridades se convençam que uma fiscalização mais atenta e rigorosa nesse sentido, evitará não só um desastre como também os abusos criminosos que por ventura possam ser cometidos contra o nosso meio ambiente. Essa é a minha opinião.
Comentário(s)
6 Comentário(s)

6 comentários :

  1. O grande problema é o seguinte: quem vai pagar por tudo isso?

    Quem vai ser responsabilizado e pagar pela morte dos animais, pela poluição do mar, pela sujeira da praia?
    Pelo prejuízo de comerciantes e donos de hoteís e restaurantes?

    Quem vai devolver o dinheiro suado que aquela família do interior pagou para alugar uma casinha por 10 dias em Tramandaí?

    É grave a coisa. É triste isso ainda acontecer por conta de omissões e descasos. Vamos ver no que vai dar.

    De imediato já sabemos: morte de indefesos e prejuísos!

    ResponderExcluir
  2. Olá estimado PC,

    O desabamento no Rio, eu vi pela TV. Que tragédia!
    Quanto ao vazamento do óleo, não tinha conhecimento. É preciso amar e cuidar do ambiente.
    Pessoas e animais são seres vivos.

    Bom fim de semana.
    Beijos de luz.

    ResponderExcluir
  3. Tem razão amigo a falta de fiscalização é terrível, quando
    não a corrupção. Aqui em Portugal é.
    Lamento o que vos está acontecendo.
    Bj.
    Irene

    ResponderExcluir
  4. Eu realmente não consigo entender como esses absurdos ambientais acontecem,e não há uma fiscalização,tão pouco uma punição;por isso vemos essas catástrofes acontecendo toda hora.No Brasil,tudo é muito permissivo.Não há comprometimento com a vida humana;o que dirá,com um ecossistema e sua respectiva fauna e flora.Muito triste!
    Beijão,PC!Um lindo final de semana.

    ResponderExcluir
  5. Paulo, tudo bem?
    Horrível issso, uma tragédia, relativamente perto aqui de casa...
    e a natureza assim parece que vai se indo embora...

    Grande abraço!

    ResponderExcluir

Gostou do blog? Volte sempre que desejar. Dúvidas, sugestões, críticas ou qualquer outro assunto, entre em contato: detudoumpoucominhaopinião@yahoo.com.br

Números telefônicos de utilidade pública no Brasil

  • Delegacias Regionais do Trabalho - 158
  • Informações sobre oferta de emprego (Sine) – 157
  • Serviço Municipal – 156
  • Serviço Estadual – 155
  • Detran – 154
  • Guarda Municipal – 153
  • Ibama – 152
  • Procon – 151
  • Vigilância Sanitária – 150
  • Justiça Eleitoral – 148
  • Governo Federal – 138
  • Transporte Público – 118
  • Energia Elétrica – 116
  • Água e Esgoto – 115
  • Serviços ofertados pelas prestadoras dos Serviços de Comunicação Eletrônica de Massa – 106
  • Serviços oferecidos por prestadoras de serviços móveis de interesse coletivo – 105
  • Serviços ofertados por prestadoras de serviço telefônico fixo – 103
  • Defesa Civil – 199
  • Polícia Rodoviária Estadual – 198
  • Polícia Civil – 197
  • Polícia Federal – 194
  • Corpo de Bombeiros – 193
  • Ambulância – 192
  • Polícia Rodoviária Federal – 191
  • Polícia Militar – 190
  • Disque- Denúncia – 181
  • Delegacias especializadas no atendimento à Mulher – 180
  • Serviços de Emergência no âmbito do Mercosul – 128
  • Secretaria dos Direitos Humanos - 100