sábado, 24 de março de 2012

Quem tanto nos fez rir, agora nos faz chorar

Foto: G1- Aline Massuca/AE
Chico Anysio encerrou ontem, sexta-feira, 23 de março, às 14h52, com 80 anos de idade, um espetáculo que durou ao todo, 65 anos de carreira. Certamente, se tivesse nascido nos Estados Unidos por exemplo, talvez fosse considerado o maior humorista do mundo. Para mim não importa, o mestre do humor brasileiro, entendo eu, foi, não tenho dúvida, um dos maiores do mundo. Quando nos referimos a ele (Chico Anysio), é o humor que nos remete à sua figura, porém, além de humorista, Chico foi ator, dublador, escritor, compositor, atuou no rádio, comentarista esportivo e pintor. Era um homem à frente de seu tempo. O que hoje é moda entre os novos humoristas, o stand up comedy, como resolveram assim chamar, já era feito no passado pelo grande mestre. Chico nos fazia pensar, rindo. Era dessa maneira e dentro de uma linha critica que usava o humor por muitas vezes; onde retratava o político desonesto (Justo Veríssimo), o pastor picareta (Tim Tones), o jogador de futebol enganador (Coalhada) e os vários tipos de personagens que habita nesse imenso Brasil. Junto com ele também partem, 209 personagens; todos criados por ele. Ao mestre com todo meu carinho, respeito, admiração e muita emoção, digo; muito obrigado pelo grande show que sua vida nos proporcionou até o dia de ontem, quando para nossa tristeza, o grande espetáculo chegou ao fim. O rádio, a TV, o cinema e o teatro também lhe agradecem. Você, que tanto nos fez rir por aqui, agora nos faz chorar. Mas não ligue, afinal, despedida é assim mesmo; as lágrimas são inevitáveis. Uma boa viagem Chico, muita paz e muita luz, sempre!
Contato: detudoumpoucominhaopiniao@yahoo.com.br
Comentário(s)
13 Comentário(s)

13 comentários :

  1. Paulo, querido amigo!
    Pois é... coloquei uma brevíssima homenagem a ele lá no Humoremconto. Seu texto está excelente, Paulo. Ele sempre foi referência no humor e para quem se pretende escritor na área.
    Grande abraço!

    ResponderExcluir
  2. Oi, amigo Paulo César!
    Eu também estou muito comovido com perda de nosso mestre do humor.
    Desde de minha infância que me divirto com seu trabalho.
    Seu humor-irônico é um primor: diz aquilo que todos sentem, mas não têm oportunidade de manisfestar.
    De tanto apreciar seu trabalho, imito muitos de seus personagens como Justo Veríssimo, Pantaleão, Nazareno, Coalhada, Tim Tones e outros.

    É mesmo uma perda significativa e, além do mais, era meu conterrâneo.

    Abraços, amigo e ótimo fim de semana para ti e família!

    ResponderExcluir
  3. Vi há pouco no FB. Lamento muito amigo. Em Portugal era bem conhecido e muito estimado.
    Um abraço e tudo de bom para si.

    ResponderExcluir
  4. Oi Paulo,

    Bom dia! Senti também a morte de um homem que fez a diferença na nossa cultura brasileira. Foi lutador, brilhante e talvez um dos únicos humoristas que consegui se secularizar.

    Beijos.

    Lu

    ResponderExcluir
  5. Amigo PC,eu nem sei,estou ainda em lágrimas,para mim CHICO ANYSIO,é Brasil, Nordeste, Cabra Da Peste,Humorista Sim Senhor.
    Quantos foram os grandes talentos que este humorista lançou.
    Foi um humorista de mil faces, que nos fes rir e refletir,no seu tom de irônia e de grande humor.
    Adeus, Chico Anysio,saudades.
    Amigo PC,tua homenagem a Chico,merece aplausos.
    Bjos.

    ResponderExcluir
  6. Lindo o seu texto, Paulo.

    Me emocionou.

    Tudo que o coração escreve, nos emociona.

    Um beijo

    ResponderExcluir
  7. Paulinho, querido... tudo bem? Ando sumida, confesso... a correria tá de lascar aqui! Enfim, vamos ao que interessa. Sim, grande perda. Penso que Chico é o exemplo de como o humor pode acontecer de forma gostosa. Cresci assistindo Chico e sempre achei que a valorização pelo trabalho dele nunca foi como deveria ser. Ele merecia mais notoriedade.

    bjks

    ResponderExcluir
  8. O outro planeta para onde CHICO seguiu... Sim, porque o Céu é pouco pra ele e todos os demais figurantes que ele deu vida, forma e luz... está com a câmera ligada 24 horas clicando toda a sua inteligência! Sentir-se-ão enriquecidos, enquanto nós, deficitários agora também no quesito: HUMOR INTELIGENTE.
    Abraço, Célia.

    ResponderExcluir
  9. Um outro como Ele* não haverá; seus personagens ficaram aqui, Ele foi...AH! SAUDADES!
    bjusss

    ResponderExcluir
  10. Foi em PAZ com certeza ele cumpriu na terra o que veio a fazer, na minha opinião tbm ele era o maior humorista do mundo, era um humos inteligente e que realmente nos fazia pensar, se os humoristas estão em alta hoje em dia agardeça a ele, que com sua humildade nunca bateu a porta na cara de ninguém, foi um heroi, mas ficaram seus filhos, os personagens que deveras vez nos fará rir muito ainda!! Bekla homenagem!

    ResponderExcluir
  11. Foi-se um fenomenal ator que sabia fazer humor como ninguém.
    Não posso deixar de falar isso,mas se morasse nos EUA,seria muito mais valorizado.
    Espero que esse país aprenda a valorizar seus artistas em vida e não só quando morrem.
    Bravo Chico!Obrigada por engrandecer esse país com seu imensurável talento.
    Descanse em paz!
    Beijão,PC!Dani.

    ResponderExcluir
  12. Oi, Pc, muito bom seu texto. Me fez sentir cheiro de infância, quando eu adorava assistir o Chico. Um abraço, bom domingo!

    ResponderExcluir
  13. Olá Paulo!
    Está sendo um momento triste para nós...
    Vi muitos personagens do Chico e ri junto com eles. O que falta no humor hoje é voltar a se aproximar desse estilo inteligente de humor que ele nos deixou como legado.

    Tenha um bom domingo. Abraço.

    ResponderExcluir

Gostou do blog? Volte sempre que desejar. Dúvidas, sugestões, críticas ou qualquer outro assunto, entre em contato: detudoumpoucominhaopinião@yahoo.com.br

Números telefônicos de utilidade pública no Brasil

  • Delegacias Regionais do Trabalho - 158
  • Informações sobre oferta de emprego (Sine) – 157
  • Serviço Municipal – 156
  • Serviço Estadual – 155
  • Detran – 154
  • Guarda Municipal – 153
  • Ibama – 152
  • Procon – 151
  • Vigilância Sanitária – 150
  • Justiça Eleitoral – 148
  • Governo Federal – 138
  • Transporte Público – 118
  • Energia Elétrica – 116
  • Água e Esgoto – 115
  • Serviços ofertados pelas prestadoras dos Serviços de Comunicação Eletrônica de Massa – 106
  • Serviços oferecidos por prestadoras de serviços móveis de interesse coletivo – 105
  • Serviços ofertados por prestadoras de serviço telefônico fixo – 103
  • Defesa Civil – 199
  • Polícia Rodoviária Estadual – 198
  • Polícia Civil – 197
  • Polícia Federal – 194
  • Corpo de Bombeiros – 193
  • Ambulância – 192
  • Polícia Rodoviária Federal – 191
  • Polícia Militar – 190
  • Disque- Denúncia – 181
  • Delegacias especializadas no atendimento à Mulher – 180
  • Serviços de Emergência no âmbito do Mercosul – 128
  • Secretaria dos Direitos Humanos - 100