segunda-feira, 26 de setembro de 2011

Mulheres da Arábia Saudita conquistam direito ao voto

De alguma forma, mudanças vão acontecendo no mundo, ainda que de maneira imperceptível aos olhos, como no caso dos países árabes. Em meio à revoltas no mundo árabe, o governo anunciou que sauditas poderão concorrer e votar nas eleições municipais a partir de 2015. O rei Abdullah da Arábia Saudita comunicou, o que significa ser, uma grande conquista das mulheres. Desse modo, será a primeira vez que elas terão o direito de votar e concorrer nas próximas eleições municipais, a partir de 2015. Os ativistas que há anos pedem mais direitos para elas, celebraram essa conquista. A eleição municipal é a única realizada na Arábia Saudita, um país conservador onde as mulheres não têm permissão para dirigir ou viajar para o exterior desacompanhadas. Pensamentos arcaicos e ultrapassados não resistirão a realidade dos novos tempos, incluísse nessa minha visão, ditaduras que vigoram em muitos povos. O mundo passará por uma grande mudança a meu ver, penso até que já está acontecendo. Talvez muitos de nós não veremos acontecer na sua plenitude, mas que será a realidade dos novos tempos, não tenho dúvida em afirmar. Essa é a minha opinião.
Comentário(s)
4 Comentário(s)

4 comentários :

  1. Esta é uma ótima notícia, esta conquista prece outras que por certo virão para as mulheres árabes tão necessitadas de respeito, liberdade e voz.

    Abraços, Paulo!

    ResponderExcluir
  2. A liberdade dos novos tempos é bastante discutível.. Ainda vivemos dentro de ditaduras e subditaduras! Porém, acredito que sempre é um processo de evolução e não de regressão! Esta notícia postada aqui é muito boa!

    Parabéns pelo blog!

    Grande abraço!

    Denise

    ResponderExcluir
  3. Olá PC,

    Agradeço o seu bonito e elogioso comentário em meu blog.
    Leva tempo, mas "isto" vai.
    A mulher, vai conquistando, degrau a degrau o seu espaço.
    Ela tem, ainda, muito caminho a percorrer.
    A sociedade é e será durante mais um século, no mínmo, dominada pelos machos.
    Eu sou feminina, não sou feminista.
    Cada um no seu lugar e com o seu papel.

    Beijos de luz.

    ResponderExcluir
  4. Está mais do que na hora que alguns povos libertarem-se de vez do modelo arcaico e não menos perverso de se tratar o ser humano,em especial,a mulher.Tava mais do que na hora!Espero que a evolução da mentalidade humana não pare por aí.

    ResponderExcluir

Gostou do blog? Volte sempre que desejar. Dúvidas, sugestões, críticas ou qualquer outro assunto, entre em contato: detudoumpoucominhaopinião@yahoo.com.br

Números telefônicos de utilidade pública no Brasil

  • Delegacias Regionais do Trabalho - 158
  • Informações sobre oferta de emprego (Sine) – 157
  • Serviço Municipal – 156
  • Serviço Estadual – 155
  • Detran – 154
  • Guarda Municipal – 153
  • Ibama – 152
  • Procon – 151
  • Vigilância Sanitária – 150
  • Justiça Eleitoral – 148
  • Governo Federal – 138
  • Transporte Público – 118
  • Energia Elétrica – 116
  • Água e Esgoto – 115
  • Serviços ofertados pelas prestadoras dos Serviços de Comunicação Eletrônica de Massa – 106
  • Serviços oferecidos por prestadoras de serviços móveis de interesse coletivo – 105
  • Serviços ofertados por prestadoras de serviço telefônico fixo – 103
  • Defesa Civil – 199
  • Polícia Rodoviária Estadual – 198
  • Polícia Civil – 197
  • Polícia Federal – 194
  • Corpo de Bombeiros – 193
  • Ambulância – 192
  • Polícia Rodoviária Federal – 191
  • Polícia Militar – 190
  • Disque- Denúncia – 181
  • Delegacias especializadas no atendimento à Mulher – 180
  • Serviços de Emergência no âmbito do Mercosul – 128
  • Secretaria dos Direitos Humanos - 100