sexta-feira, 30 de setembro de 2011

No Irã, Pastor é condenado a pena de morte por se recusar a mudar de religião

Aqui no blog, na publicação do dia 16 de julho deste ano, abordei a respeito da situação desse pastor, ele que está sendo condenado  à morte no Irã, LEIA AQUI.

Retorno ao assunto para mostrar os desdobramentos dessa situação até aqui. Como sabem, o pastor Youcef Nadarkhani, de 34 anos, que deixou o islamismo para se converter ao cristianismo, foi condenado à pena de morte por recusar-se a voltar para sua antiga religião. Ele foi detido em outubro de 2009 quando tentava registrar sua igreja. Nadarkhani começou a questionar a supremacia dos muçulmanos para doutrinar as crianças, e acabou acusado de tentar evangelizar muçulmanos e de abandonar o islamismo. Foi condenado pela primeira vez em 2010. No entanto, a Suprema Corte do Irã interveio e conseguiu adiar a sentença. Só que depois de ser revisto, o processo resultou na mesma condenação. Em pleno tribunal ele afirmou que não tinha intenção de voltar ao islamismo e disse que sua crença anterior é uma blasfêmia. A defesa do pastor novamente tentará recorrer à Suprema Corte, pedindo a anulação da pena. William Hague, ministro de Relações Exteriores britânico pediu que o Irã cancele a sentença. Aqui no Brasil, o senador Marcelo Crivella- PRB-RJ também se pronunciou e pediu ao Senado Federal que faça um apelo para que o pastor Yousef Nadarkhani não seja condenado à morte. Em 1990, também por questões religiosas, o pastor da Assembleia de Deus, Hossein Soodmand, foi condenado à morte e executado depois. Muitos foram os iranianos convertidos ao cristianismo que misteriosamente foram assassinados nos últimos anos. Triste é entender que tal fato tem amparo legal naquele país. A ignorância humana é tão desmedida, que é capaz de criar leis que não só matam, como também assassinam a liberdade de um povo.
Comentário(s)
10 Comentário(s)

10 comentários :

  1. Eu não consigo perceber estes regimes e como
    o povo (na maioria se silencia). Aqueles que
    têm coragem de querer ser livres pagam com
    a própria vida.É horrível.
    Fico revoltada, sem palavras. Sou totalmente
    contra a pena de morte.
    Tenha um bom fim de semana amigo.
    Bj

    ResponderExcluir
  2. Nossa,que historias escabrosa!Que absurdo!A gente tem ideia do que acontece por lá,mas não podia imaginar que chegasse a esse ponto.Só aqui mesmo no teu blog para me inteirar de assuntos tão sérios como esse.A humanidade está doente sim,PC,disso não resta duvidas.
    Vim te agradecer pelas palavras no Paulo,obrigada!
    De coração!
    Ótimo fds pra vc e tua família
    Bjka

    ResponderExcluir
  3. A ignorância "humana" não tem limites.É algo tão sem nexo.Você é um ser livre,sua vida é algo divino.Não há lógica e muito menos fundamentos para esses tipos de loucuras que esses fundamentalistas(terroristas)arrogantes,covardes e assassinos cometem pelo mundo afora,e o pior em nome de Deus que um Deus da vida,tolerância e benevolência.
    Cadê a ONU,os direitos humanos,as potências mundiais nessa hora?
    Beijão,PC!Uma linda sexta para ti.Dani.

    ResponderExcluir
  4. Acho um abuso de poder, enventar lei como essa.Porque matar pela religião... O ser humano é livre, e tem direito a escolher seu proprio destino. Eu acredito que é o egoísmo que causa a ignorância, e esse descontrole todo, é que dá origem a tantos problemas no mundo, principalmente nessa divisão entre as religiões... A Biblia sagrada mostra que nos finais dos tempos muitos pastores, sacerdotes iriam ser condenados e mortos pela lei dos homens. A humanidade adoeceu a muito tempo, esses são os resultados da sua doença. Obrigada amigo pela presença. Estarei sempre aqui lendo. Um abraço!
    Smareis

    ResponderExcluir
  5. Oi Paulo,
    Isso é resultado de um fanatismo religioso inconcebível. Utilizam do próprio nome de Deus
    para justificar os crimes. Parece que essa história nunca encontrará um fim.
    Admiro o pastor, que mesmo na iminência da morte
    sustenta sua posição.
    Espero que os apelos em prol do pastor obtenham sucesso.
    Grande abraço.

    ResponderExcluir
  6. Esse é o lado nefasto do Islamismo, e esse é um caso isolado, mas diariamente muitos cristãos são perseguidos, torturados, presos, mortos em países árabes, é uma religião nefasta, dizem que adoram a "Alá", que pra nós é Deus, mas onde está o amor dessa gente, NÃO HÁ, é só intolerância e imposição, algo reprovável para Deus. E caso esse pastor seja condenado, será mais um glorioso martir em nome da causa de Cristo.

    Abração pra ti.

    ResponderExcluir
  7. gostaria de sabe se fosse a filha dele se ele ia condena-la
    de uma maneira ou de outra se ele for condenado ou ñ e o nome do senhor que esta sendo glorificado
    morre por jessus e lucro.pois ele vai para o braço do pai sim e uma pena que esse que esta desejando a morte dele ja esta em vida no lago de fogo(inferno)/tudo que vema contece com ele epor permição de deus
    que jessus tenha misericordia da alma dele

    ResponderExcluir
  8. a palavra de deus diz (se ñ tivermos amor por nossos procimos somos uns mais terriveis miseraveis

    ResponderExcluir
  9. olha pois crê que o senho pode investi o quadro de um dos seus filho passar por algu que medico nenhu possa descobri e que a unica solução seja deus na vida do pastor para cura e da livramento que deus tenha misericordia da tua alma que deus alcanse vc tambem

    ResponderExcluir
  10. Eu creio no poder do nosso Deus vivo, sei que o pastor e sua familia vão sair dessa em paz. Só o senhor Jesus tem a palavra final pra tudo neste mundo.

    ResponderExcluir

Gostou do blog? Volte sempre que desejar. Dúvidas, sugestões, críticas ou qualquer outro assunto, entre em contato: detudoumpoucominhaopinião@yahoo.com.br

Números telefônicos de utilidade pública no Brasil

  • Delegacias Regionais do Trabalho - 158
  • Informações sobre oferta de emprego (Sine) – 157
  • Serviço Municipal – 156
  • Serviço Estadual – 155
  • Detran – 154
  • Guarda Municipal – 153
  • Ibama – 152
  • Procon – 151
  • Vigilância Sanitária – 150
  • Justiça Eleitoral – 148
  • Governo Federal – 138
  • Transporte Público – 118
  • Energia Elétrica – 116
  • Água e Esgoto – 115
  • Serviços ofertados pelas prestadoras dos Serviços de Comunicação Eletrônica de Massa – 106
  • Serviços oferecidos por prestadoras de serviços móveis de interesse coletivo – 105
  • Serviços ofertados por prestadoras de serviço telefônico fixo – 103
  • Defesa Civil – 199
  • Polícia Rodoviária Estadual – 198
  • Polícia Civil – 197
  • Polícia Federal – 194
  • Corpo de Bombeiros – 193
  • Ambulância – 192
  • Polícia Rodoviária Federal – 191
  • Polícia Militar – 190
  • Disque- Denúncia – 181
  • Delegacias especializadas no atendimento à Mulher – 180
  • Serviços de Emergência no âmbito do Mercosul – 128
  • Secretaria dos Direitos Humanos - 100