terça-feira, 6 de dezembro de 2011

O adeus de Fátima Bernardes do Jornal Nacional

Foto: O Globo
Em 1983, uma jovem carioca do bairro de Vaz Lobo, Zona norte da capital Fluminense, apaixonada pelo seu time de coração, o Vasco da Gama, iniciava no jornal O Globo a sua carreira de jornalista. Até que em 1987 chega a televisão. Nascia ali, pelo menos a meu ver e acredito eu, para outros tantos, aquela que viria ser, a mais admirada, respeitada e reverenciada jornalista desse país, Fátima Bernardes. Os que não estão de acordo com essa opinião, talvez verão exageros nas minhas palavras. É bem possível que haja. No entanto, peço desculpas aos que assim pensam, pois aqui quem escreve é alguém com profundo respeito, admiração e declaradamente fã do trabalho dessa, que não a toa, foi eleita a musa do jornalismo brasileiro. Lembro muito bem, quando pela primeira vez, exatamente no ano de 1987, ela estreava na TV Globo, apresentando o RJTV 3ª edição (noticiário local da Globo para o Rio). Depois de passar pelo Jornal da GloboFantástico e Jornal Hoje, se torna em 1998, âncora do Jornal Nacional, principal telejornal da emissora ao lado do marido William Bonner, onde se consagraria definitivamente na carreira. A partir dai, Fátima Bernardes ganha notoriedade e notabilidade no telejornalismo brasileiro, se tornando a mais conceituada, respeitada e admirada jornalista da nossa televisão. Na profissão faz de tudo um pouco, reportagens de todos os tipos, inclusive esportivas, pois entende do assunto, além de apresentar o jornal. No dia 1º de dezembro (quinta-feira), em uma coletiva de imprensa no Rio de Janeiro, anunciou sua saída do JN, após quase 14 anos. Ontem (segunda-feira- 05/12), foi seu último dia na apresentação do telejornal mais famoso do país. Fátima sai do Jornal para apresentar um programa na emissora carioca, possivelmente nas manhãs. Como fã declarado dessa fantástica jornalista, fica aqui minha torcida para seu novo projeto de trabalho na Rede Globo de televisão. Sucesso Fátima, sempre. O Brasil te ama.
Comentário(s)
10 Comentário(s)

10 comentários :

  1. Que seja logo a estréia dessa nova atracao, nessa nova fase da vida dela. Grande Abraço.

    ResponderExcluir
  2. Olá, amigo Paulo César!
    Também sou fã do trabalho de Fátima Bernardes.
    Acredito que o que ela for fazer fará sucesso porque tem grande talento e versatilidade.
    Lamento ter saído do jornal.

    Abraços!

    ResponderExcluir
  3. Oi, Paulo.
    Eu gosto da Fátima Bernardes e do Willian Bonner, acho que os dois passam "credibilidade e são um exemplo como profissionais e como pessoas*...se não fossem bons jornalistas não estariam há tanto tempo na Emissora, os que assistem o JN, penso que são fãs desse casal; sucesso pra ela!
    beijus, Mery*
    Paz! e bons dias de dezembro, muitas alegrias pra ti*))

    ResponderExcluir
  4. Olá, Paulo! Essa é uma MULHER assim MAIÚSCULA mesmo! O que faz tem sinônimo de competência. E, mais uma vez ela se autodesafia para novas empreitadas. Será vitoriosa sim e dará à sua empresa um "up" na programação. Vamos aguardar sua reestreia! Abraço, Célia.

    ResponderExcluir
  5. Não conheço o seu trabalho, mas acredito nas
    suas palavras. Ultimamente está acontecendo
    muitas mudanças na Comunicação Social aqui
    em Portugal. É quase como com os jogadores
    de futebol.
    Bj.amigo

    ResponderExcluir
  6. Eu também a admiro. Com seu profissionalismo e carisma, conquistou inúmeros admiradores.

    Ontem li um posicionamento sobre causas outras a motivar sua saída do JN, bem como a entrada de Patrícia Poeta. Essa manifestação fazia alusões a questões políticas e disputa de interesses. Mas não alterou o que vejo como a concessão de oportunidade merecida a uma grande jornalista.

    Bjs.

    ResponderExcluir
  7. Paulo, tudo bem amigo?
    Acho ela uma boa profissional, mas já vi ser dispensada gente melhor, na minha opinião: Ana Paula Padrão, e por interesses políticos, creio, saiu da Globo, e ela é bem melhor que a Fátima, minha singela opinião, assim como a Patrícia Poeta, penso ser melhor.
    Grande abraço!

    ResponderExcluir
  8. PC ! Como é que eu nunca havia vindo aqui antes! Puxa vida!
    Seu blog é do jeito que eu gosto, simplão no design mas interessante na escrita, o que é mais importante.

    Quanto a Fátima Bernardes eu te confesso que acho ela e o Willhan meio robóticos e duros em cena. Prefiro outros jornais. Mas como a Globo é a Globo pode esperar que ela vai fazer muito sucesso.

    Um abraço!

    ResponderExcluir
  9. Oi Paulo,
    Além de excelente profissional, a Fátima Bernardes é também muito carismática. Desejo que seu novo trabalho seja coroado de sucesso e que a mudança de horário não venha prejudicar a audiência a que ela está acostumada.
    Grande abraço.

    ResponderExcluir
  10. Paulo, tô eu aqui novamente, para deixar o meu pitaco. Como sou uma fã inveterada da Globo, cara, falar de Fátima Bernardes é faltar as palavras, para uma grande profissional,até nos acostumar sem ela ao lado do maridão é assim carregado de saudade. Mas como ela já almejava outro projeto para sua vida. Vamos torcer para que ela tenha muito sucesso.
    Bjos.

    ResponderExcluir

Gostou do blog? Volte sempre que desejar. Dúvidas, sugestões, críticas ou qualquer outro assunto, entre em contato: detudoumpoucominhaopinião@yahoo.com.br

Números telefônicos de utilidade pública no Brasil

  • Delegacias Regionais do Trabalho - 158
  • Informações sobre oferta de emprego (Sine) – 157
  • Serviço Municipal – 156
  • Serviço Estadual – 155
  • Detran – 154
  • Guarda Municipal – 153
  • Ibama – 152
  • Procon – 151
  • Vigilância Sanitária – 150
  • Justiça Eleitoral – 148
  • Governo Federal – 138
  • Transporte Público – 118
  • Energia Elétrica – 116
  • Água e Esgoto – 115
  • Serviços ofertados pelas prestadoras dos Serviços de Comunicação Eletrônica de Massa – 106
  • Serviços oferecidos por prestadoras de serviços móveis de interesse coletivo – 105
  • Serviços ofertados por prestadoras de serviço telefônico fixo – 103
  • Defesa Civil – 199
  • Polícia Rodoviária Estadual – 198
  • Polícia Civil – 197
  • Polícia Federal – 194
  • Corpo de Bombeiros – 193
  • Ambulância – 192
  • Polícia Rodoviária Federal – 191
  • Polícia Militar – 190
  • Disque- Denúncia – 181
  • Delegacias especializadas no atendimento à Mulher – 180
  • Serviços de Emergência no âmbito do Mercosul – 128
  • Secretaria dos Direitos Humanos - 100